quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Linha Sprinter 2011 da Mercedes-Benz traz airbag e ABS/ASR de série


Componentes equipam toda a linha de vans, furgões e chassis com cabina

Texto e Foto: Imprensa Mercedes-Benz

Referência de mercado em satisfação do cliente, rentabilidade e excelência, os veículos comerciais leves Sprinter da Mercedes-Benz passam a oferecer ainda mais segurança e conforto para o transporte de cargas e de passageiros. Com a linha 2011, todas as versões de van, furgão e chassi com cabina passam a ser equipadas, de série, com airbag para o motorista e sistema de freios ABS/ASR.

Além disso, todas as versões da linha 2011 da van Sprinter passam a contar, também de série, com vidros elétricos, retrovisores externos elétricos com aquecimento e travamento de portas centralizado com controle remoto.

"Com a inclusão desses componentes como itens de série, agregamos ainda mais valor ao Sprinter, um veículo já reconhecido pelos clientes por sua tecnologia avançada e pela alta performance, o que assegura elevados níveis de qualidade, conforto, confiabilidade e segurança", diz Sérgio Galhardo, gerente de Vendas da linha Sprinter da Mercedes-Benz do Brasil.

Os números de venda também atestam a excelente aceitação dessa família de veículos comerciais leves Mercedes-Benz no País. Já são cerca de 80.000 unidades Sprinter comercializadas no mercado brasileiro, desde que foi lançada, em 1997.

Atendimento antecipado à legislação

Segundo Sérgio Galhardo, com a introdução de airbag e freio ABS/ASR como itens de série na linha Sprinter, a Mercedes-Benz antecipa-se às Resoluções 311 e 312 do CONTRAN – Conselho Nacional de Trânsito.

Essas resoluções determinam que até 2014 esses equipamentos devem ser oferecidos como série nos veículos. "Independentemente disso, já a partir de agora, toda a produção do Sprinter sai de fábrica com esses componentes, o que demonstra o compromisso da Empresa com a evolução tecnológica dos produtos e com o atendimento à legislação", destaca o executivo.

Alto nível de segurança

Além de já contar com airbag para o motorista, os clientes do Sprinter podem solicitar, opcionalmente, airbag também para o acompanhante. Essa bolsa de ar inflável amplia notavelmente o nível de segurança passiva para o motorista, oferecendo maior proteção em caso de desaceleração brusca em eventuais colisões.

O freio ABS evita o travamento das rodas, enquanto o ASR impede o seu patinamento. A atuação conjunta desses sistemas de segurança ativa contribui para maior controle direcional do veículo pelo motorista.

O excelente padrão de segurança do Sprinter inclui ainda freios a disco nas 4 rodas, cintos de segurança com regulagem de altura, imobilizador eletrônico, farois de neblina e regulagem de alcance dos farois com comando no painel de instrumentos.

Conforto superior para o motorista e os passageiros

Além dos novos itens de série da linha 2011 (vidros elétricos, retrovisores externos elétricos com aquecimento e travamento de portas centralizado com controle remoto), as vans Sprinter oferecem diversos outros itens de comodidade e conforto, tanto para motoristas, quanto para os passageiros. Entre eles, destacam-se bancos individuais com encosto de cabeça integrados (reclináveis, conforme a escolha do cliente), CD player e ar condicionado (opcional).

Os furgões e chassis com cabina contam com assento duplo para acompanhantes. Os furgões saem de fábrica com porta lateral corrediça e porta traseira com abertura de 180 graus. Sob encomenda, podem receber porta lateral corrediça nos dois lados e porta traseira com abertura de 270 graus, conforme a configuração desejada pelo cliente.

Único com tomada de força de fábrica

Os furgões, chassis e vans da linha Sprinter são os únicos do mercado brasileiro que podem ser equipados, de fábrica, com tomada de força no câmbio. Esse componente segue o padrão de qualidade, durabilidade e confiabilidade típico do trem-de-força dos veículos da marca.

A tomada de força é indicada para acionamento de sistemas hidráulicos de equipamentos destinados a diversas atividades de prestação de serviços, como manutenção da rede elétrica, acionamento de plataformas de autossocorro, plataformas pantográficas, plataformas elevatórias de carga, guindaste hidráulico e plataformas elevatórias para facilitar o acesso de cadeirantes nas vans.

O mais completo suporte de pós-venda

Os clientes do Sprinter, como de toda a linha de veículos comerciais da Mercedes-Benz, contam com os serviços especializados da maior Rede de Concessionários do País, com mais de 200 pontos de atendimento em todo o território nacional, e com o suporte da Central de Atendimento ao Cliente, premiada por nove anos consecutivos como a melhor do setor.

Por meio dos concessionários, os clientes têm acesso a serviços como o Mercedes Assistance, que presta socorro de emergência durante 24 horas por dia em todos os dias do ano; ampla oferta e rápida reposição de peças genuínas; motores e câmbios remanufaturados da linha RENOV; contratos de manutenção e treinamento de motoristas e mecânicos.

Sprinter assegura rentabilidade e agilidade no transporte

Os veículos Sprinter destacam-se no mercado por sua rentabilidade, graças a vantagens como baixo consumo de combustível, reduzido custo operacional e excelente valor de revenda. Além disso, conquistou uma imagem muito positiva também por sua agilidade no trânsito, vantagem especialmente importante no tráfego intenso dos grandes centros urbanos.

A Mercedes-Benz oferece ao mercado a mais completa linha de veículos comerciais leves do País, na faixa de 3,5 a 4,6 toneladas de peso bruto total - PBT, assegurando ampla flexibilidade de escolha para os clientes.

Esta linha é formada pelos modelos 413 CDI (4.600 kg de peso bruto total - PBT), 313 CDI (3.550 kg de PBT) e 311 CDI Street (3.500 kg de PBT). São 12 versões de van para transporte de passageiros, 16 de furgão e 5 de chassi com cabina para transporte de cargas.

Os veículos Sprinter são equipados com o motor eletrônico OM 611 LA com tecnologia CDI (Common Rail Direct Injection), que oferece 129 cv de potência a 3.800 rpm e 31 mkgf de torque entre 1.600 e 2.400 rpm (413 CDI e 313 CDI) ou 109 cv de potência a 3.800 rpm e 28 mkgf de torque entre 1.400 e 2.400 rpm (311 CDI Street). Com isso, assegura força e ótima capacidade de aceleração, subidas e retomadas, fatores essenciais no tráfego intenso das grandes metrópoles.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!