quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Alpha Notícias: GM inaugura novo prédio do Centro Logístico Chevrolet em Sorocaba (SP)



Empresa investiu R$ 15 milhões no projeto

Texto e Imagem: Assessoria de Imprensa

A General Motors do Brasil inaugurou oficialmente nesta quinta-feira (29/09/2011), uma nova área do Centro Logístico Chevrolet – novo nome do então Centro Distribuidor de Peças, localizado em Sorocaba (SP) – a 100 quilômetros da capital paulista -, que completou 15 anos de existência no último dia cinco de março.

Os investimentos na expansão chegam a R$ 15 milhões e as obras foram iniciadas em janeiro de 2011, tendo durado oito meses. Com o novo aporte de recursos, o ciclo total de investimentos desde a implantação da unidade, chega a R$ 150 milhões.

A ampliação incluiu a construção de um novo prédio com 9,3 mil m² de área coberta, totalizando 88 mil m². Já a área descoberta contou com um aumento de 19,3 mil m². Considerando as áreas coberta e descoberta juntas, estas atingem 146 mil m².

Estiveram presentes pela GM do Brasil ao evento de inauguração da nova expansão, Grace Lieblein, presidente da empresa, além de Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais, Isela Costantini, diretora geral de Pós-Vendas, Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais, e, Renato Costa, diretor da Cadeia de Suprimentos de Pós-Vendas, além de outros diretores. O prefeito de Sorocaba, Vitor Lippi, e outras autoridades também compareceram.

A diretoria da GM ressalta os benefícios econômicos desta expansão para a região. Na área de mão-de-obra o efetivo aumentou para 700 empregados.

Grace Lieblein, presidente da GM do Brasil, enfatiza que a "GM tem uma visão clara de futuro e o Brasil, como um dos maiores mercados do mundo, merece a nossa atenção especial. Por isso investimos em novos produtos e na ampliação de nossas fábricas, valorizando as pessoas, apoiando as comunidades e respeitando o meio ambiente".

"Também trabalhamos no desenvolvimento de novas tecnologias e de novos veículos para expandir o portifólio da Chevrolet no país e estamos trazendo novos e extraordinários modelos aos clientes brasileiros", acrescenta ela.

"O mercado brasileiro permanece importante no contexto global como um dos cinco grandes mercados do mundo e com possibilidade de registro de novo recorde histórico anual em 2011. Este cenário, sem dúvida alguma, é que nos impulsiona à ampliação de nossas atividades nas unidades da empresa no país, incluindo esta unidade de Sorocaba", destaca Marcos Munhoz, vice-presidente de Comunicação, Relações Públicas e Governamentais da GM do Brasil.

"O plano qüinquenal da GM prevê investimentos de mais de R$ 5 bilhões no período de 2008 a 2012, para renovação da linha de veículos Chevrolet, modernização das fábricas e aumento da capacidade produtiva – incluindo a construção de uma nova unidade em Joinville (SC), para a produção de motores e componentes automotivos -, além da nacionalização de peças com fornecedores brasileiros e também em linha com o Plano Brasil Maior do governo federal", comenta Luiz Moan, diretor de Assuntos Institucionais da GM do Brasil.

Isela Costantini, diretora geral de Pós-Vendas da Chevrolet / GM do Brasil, assinala a importância da unidade de Sorocaba, que exerce o papel de um verdadeiro "pulmão logístico", para suprir a demanda tanto do mercado interno brasileiro como das exportações já feitas regularmente para países como Argentina, Uruguai e Paraguai e também para Chile, Colômbia, Equador e Venezuela, para onde os embarques serão ampliados.

"Estamos nos expandindo para atender o crescimento do setor automobilístico brasileiro, incluindo os novos lançamentos da marca Chevrolet, e também das exportações. O Centro Logístico Chevrolet tem grande responsabilidade em toda esta logística no suprimento, garantindo o atendimento aos clientes por um período de 10 anos, de acordo com a política de nossa empresa", acrescenta a executiva.

Expansão da unidade de Sorocaba

Inaugurado em cinco de março de 1996, o Centro Logístico Chevrolet é reconhecido internacionalmente no âmbito da General Motors Company, como um centro de excelência na área de logística. Seu sistema operacional é também utilizado pela Austrália e alguns países da Europa.

O Centro Logístico Chevrolet é moderno e conta, por exemplo, com o sistema 'Catalyst' e a leitura por código de barras, que permite um eficiente gerenciamento de estoque em tempo real. Sai uma peça deste estoque e, imediatamente, o inventário é atualizado. Ali as peças são armazenadas, embaladas e distribuídas para o suprimento dos modelos Chevrolet do Brasil e também do exterior.

O faturamento bruto da unidade da GM em Sorocaba, atualmente de R$ 1,3 bilhão por ano, pode chegar a R$ 1,6 bilhão, com a maior capacidade e movimentação de peças no local. A estimativa é que a movimentação de 32 milhões de peças por ano passe para 48 milhões, para atender o mercado brasileiro e as exportações, que ocorrem para alguns países das Américas do Sul, Latina e Norte, representando cinco por cento do faturamento da unidade.

Em 2010, para se ter uma idéia dos números do Centro Logístico Chevrolet, foram movimentados 8.500 caminhões com as peças para os mercados interno e externo. Com a expansão, esse número poderá ser ampliado para 11,3 mil caminhões envolvidos no trabalho.

Alguns números adicionais a respeito das atividades do Centro Logístico Chevrolet:

- Recebe, armazena e despacha por mês quatro milhões de peças
- Recebe, por ano, 12.000 veículos (peças, embalagens e materiais em geral)
- Total de carretas e contêineres despachados por ano chega a 8.400
- Peso despachado por ano ultrapassa 20.000 toneladas
- Notas fiscais emitidas por ano chegam a 1.500.000
- Exportação para mais de 50 países.

GM une logística com sustentabilidade

A GM do Brasil, que completou 86 anos de atividades no país em 26 de janeiro de 2011, tem conquistado a confiança dos consumidores brasileiros, oferecendo uma linha de 19 modelos diferentes, além de ser a fabricante a disponibilizar a maior linha de veículos 'flex fuel' do mercado e também a mais ampla rede de atendimento aos clientes, com quase 600 pontos de vendas e de serviços de assistência técnica.

E a GM tem como fator determinante nestes resultados buscar o desenvolvimento sustentável em todas as suas atividades. Para se ter uma idéia da atuação da GM no campo da sustentabilidade, todas as suas unidades, no Brasil, adotam medidas efetivas de preservação do meio ambiente.

Todas as unidades da GM destinaram, em 2010, cerca de 700 toneladas de resíduos orgânicos dos restaurantes para compostagem (geração de adubo), contribuindo assim para a manutenção dos recursos naturais. Por meio da gestão hídrica dos processos produtivos, de 2003 a 2010, a GM obteve uma redução de 66% no consumo de água – em metro cúbico por veículo produzido. A empresa também reduziu em 68%, no período de 2005 a 2010, a geração de resíduos não recicláveis – em quilo por veículo produzido.

Especificamente na unidade de Sorocaba, que é certificada pela ISO 14.001 desde 2001, várias iniciativas de sustentabilidade foram adotadas, como a redução em 4,5% no consumo de energia no período de 2008 para 2009, compostagem de resíduos orgânicos dos restaurantes, eliminando o envio para aterros industriais. Por exemplo, em 2010, a unidade de Sorocaba reutilizou 110 toneladas – 100% dos resíduos como adubo orgânico.

Também em Sorocaba desde 2006 foram reciclados mais de 420 toneladas de metal, 2.500 toneladas de madeira, 90 toneladas de plástico e 960 toneladas de papelão. A utilização de embalagens retornáveis no transporte de peças contribui diretamente na redução de resíduos, evitando o descarte de embalagens descartáveis.

Na nova área do Centro Logístico Chevrolet a GM implantou um sistema de automação por PLC (Controlador Lógico Programável) para controle de toda a iluminação do prédio, contribuindo na redução de desperdícios, custos e aumento da eficiência energética da planta. As entradas de ar natural do prédio, localizadas na face superior do telhado (lanternim), favorecem a renovação de ar do ambiente, proporcionando o aumento da qualidade interna do ambiente para todos os ocupantes.

E também a nova área já conta com a implantação de um sistema de captação e armazenamento da água de chuva para reuso em operações de limpeza e manutenção das áreas externas da planta.

Projeto social em Sorocaba

Em Sorocaba, por meio do Instituto General Motors – o braço social da empresa, também é realizado com muito sucesso o programa chamado de "Fábrica de Cabides" - ou 'Empreendedores do Futuro' e ainda 'Jovens Empreendedores'. Por meio dele, os alunos aprendem a constituir e administrar uma empresa, e também como produzir e vender um produto, no caso, cabides para roupas.

Este projeto tem parceria com a ONG Junior Achievement e suporte da Prefeitura e da Secretaria Municipal de Educação de Sorocaba, a quem cabe a escolha das escolas participantes. Ele é realizado também nas cidades de São Caetano do Sul, São José dos Campos e Mogi das Cruzes, todas no interior do estado de São Paulo, e ainda em Gravataí (RS) e Rosario, na Argentina.

O programa oferece a alunos de escolas da rede pública de Sorocaba, entre 14 e 16 anos, a oportunidade de conhecer, na teoria e na prática, como se constitui uma empresa e como é o seu dia-a-dia. Dentro de instalações existentes nas fábricas da GM, os alunos e jovens empresários administram, durante um período médio de quatro meses, uma fábrica de cabides de alumínio para roupas.

Para viabilizá-la, os participantes distribuem-se nas áreas de suprimentos, manufatura, finanças, armazenagem e vendas, cobrindo todas as áreas de uma verdadeira empresa industrial. Além das instalações, maquinários e móveis, a GM também fornece o suporte técnico por meio de conselheiros do programa, o transporte e a alimentação dos estudantes.

A dinâmica do projeto contempla duas turmas anuais, de 25 miniempresários cada, uma no primeiro semestre e outra no segundo semestre de cada ano. Em Sorocaba a iniciativa começou no primeiro semestre de 2008.

Neste município já participaram do programa as seguintes escolas públicas municipais: Professsor Achilles de Almeida, Professor Flávio de Souza Nogueira e Getúlio Vargas, sempre com revezamento destas escolas em todos os semestres. O projeto já teve a participação de cerca de 200 jovens de Sorocaba até o final do primeiro semestre de 2011.

Parceria com universidades da região

O Centro Logístico Chevrolet possui parceria com as três maiores faculdades da região – Federal de São Carlos (UFSCAR), Universidade de Sorocaba (UNISO) e Faculdade de Engenharia de Sorocaba (FACENS) –, para a realização de intercâmbio entre alunos e funcionários da empresa, com o objetivo de transmitir conhecimento e aprimoramento dos futuros profissionais.

A GM recebe periodicamente os alunos naquela unidade para apresentar as instalações da unidade, oferecer palestras e dinâmicas de grupo que inserem os alunos ao método de fabricação de um carro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!