terça-feira, 30 de junho de 2015

Alpha Notícias: Ford implementa projetos do Smart Mobility


 
Eles deixam de ser pesquisas para se tornarem realidade

Texto e Fotos: Assessoria de Imprensa 

A Ford anunciou a próxima fase do plano Ford Smart Mobility, passando da pesquisa para a implementação, incluindo novas áreas estratégicas de atuação, novos programas-piloto e novos protótipos de produtos relacionados à mobilidade urbana. 

O Ford Smart Mobility é o plano da empresa que busca soluções inovadoras em termos de conectividade, mobilidade, veículos autônomos, experiência do cliente e Big Data. A Ford apresentou o plano em janeiro, quando foram anunciados 25 experimentos com o objetivo de compreender em maior profundidade as necessidades de mobilidade dos consumidores ao redor do mundo. 

“Meu bisavô ajudou a colocar o mundo sobre rodas, assim todos puderam aproveitar os benefícios da mobilidade. Hoje, queremos expandir essa ideia usando tecnologias avançadas e novos modelos de negócios, endereçando os desafios de mobilidade que as pessoas enfrentam ao redor do mundo”, afirma Bill Ford, Presidente do Conselho da Ford. 

Após seis meses de coleta de dados e de percepções dos consumidores, a Ford está apostando em duas áreas estratégicas – uso e propriedade flexíveis de veículos e soluções de mobilidade urbana multimodais. "Nós aprendemos muito nos últimos seis meses, e agora estamos prontos para colocar nossas ideias em ação. Nosso objetivo é fazer com que a vida das pessoas seja melhor, ajudando-as a se moverem mais facilmente no dia a dia, tratar de questões sociais e, ao longo do tempo, mudar a maneira como o mundo se move. Exatamente como Henry Ford fez há mais de 100 anos atrás”, disse Mark Fields, presidente mundial da Ford. 

Uso e Propriedade flexíveis
 
Dentro do tema uso e propriedade flexíveis, o destaque fica para o compartilhamento de carros Peer-2-Peer (ponto a ponto) - um programa piloto que vai selecionar clientes em seis cidades dos Estados Unidos e em Londres. 

A Ford Credit está convidando 14 mil clientes norte-americanos e outros 12 mil londrinos que tenham financiado seus carros por meio da instituição para se inscreverem no programa, que funciona da seguinte forma: eles podem alugar seus carros para terceiros, enquanto não os estiverem utilizando, para compensar custos de manutenção mensais dos veículos. Nos Estados Unidos, a plataforma utilizada será o software Getaround, enquanto os motoristas de Londres poderão conectar-se através de um sistema semelhante ao da EasyCar Club. 

Novas descobertas da Penn Schoen Berland 
 
• Um terço da geração Millennials, nos Estados Unidos, está interessada em alugar produtos de sua propriedade, como forma de complementar sua renda; 

• Os jovens americanos classificam o deslocamento de carro uma das coisas que eles estão mais abertos a compartilhar, atrás apenas do compartilhamento de livros; 

• Mais da metade dos Millennials está aberta a compartilhar seus deslocamentos de carro; 

• Metade dos consumidores Milllenials e da Geração Z aponta que a maior vantagem de compartilhar produtos e serviços é a economia de dinheiro. Para 40%, é a oportunidade de experimentar novos produtos, enquanto que para 33% trata-se de ter acesso a mais opções destes produtos/serviços. As cidades norte-americanas que fazem parte do programa são Berkeley, Oakland, São Francisco, Portland, no estado de Oregon, Chicago e Washington, D.C. 

Soluções de mobilidade multimodal
 
Em muitos lugares, se deslocar até o trabalho de carro se torna inviável por conta do trânsito. Por esse motivo, a Ford está à procura de soluções para enfrentar os desafios de mobilidade no mundo inteiro e, como parte de suas iniciativas, a montadora apresenta uma nova bicicleta elétrica e um protótipo de aplicativo para smartphone que torna o uso da eBike ainda mais fácil em centros urbanos. 

A MoDe:Flex é a terceira eBike da Ford, ainda mais versátil, e é reconfigurável para diferentes tipos de clientes. Os motores e rodas da bicicleta podem ser configurados para a percursos na estrada, montanha ou cidade. Essa bicicleta é dobrável, pode ser carregada em qualquer veículo da Ford, onde pode ser recarregada. 

Graças ao aplicativo MoDe:Link, a MoDE:Flex se conecta perfeitamente ao smartphone do usuário, possibilitando o acesso a informações sobre o clima, condições do trânsito, preços de estacionamentos e informações sobre saúde e exercícios fitness. Além disso, ele ajuda a identificar o modo mais eficaz em termos de custo de transporte para uma viagem. 

Uma nova extensão do MoDe:Link para o smartwatch é que ele traz todos os dados em tempo real e funcionalidade ao pulso do piloto. Isto inclui o modo "sem suor", que aumenta o pedal elétrico com base na frequência cardíaca. O dispositivo também fornece notificações de segurança: ele avisa sobre buracos e lombadas a sua frente na rua – o condutor pode ser alertado por um aviso sonoro ou vibração do guidão. 

Aprendizados obtidos em experiências de mobilidade
 
A Ford também compartilha alguns resultados de seus mais de 25 experimentos de mobilidade: 

• Dynamic Shuttle: O serviço de compartilhamento de caronas em Nova York e Londres estudou como uma Transit Van deve ser modificada para ser mais confortáveis para os clientes. E descobriu que as pessoas querem: · Tarifas e tempo de viagem transparentes; 

· Espaço suficiente para se acomodar confortavelmente; 
· Comodidades a bordo – como Wi-Fi, por exemplo; 
· Menos de 5 minutos de caminhada de ou para seu destino final, a partir do ponto de ingresso ou partida do veículo. 

 InfoCycle: Pesquisa sobre como as bicicletas podem ser utilizados em cenários urbanos
 
· Consumidores e a cidade podem utilizar dados provenientes dos sensores da bicicleta; 

· Os dados de sensor da bicicleta podem fornecer informações sobre padrões de tráfego da cidade, pedestres e condições da rodovia que são difíceis de obter por meio dos sensores de veículos; 

· No futuro, esses dados podem ser cruzados com dados de carro para analisar a qualidade das rodovias; Seguro de carro personalizado: Criar o perfil dos motoristas a partir do comportamento dos mesmos no volante e compartilhar as informações com as seguradoras e empresas de aluguel de carros para um seguro mais personalizado e possíveis taxas de desconto. 

· Os clientes gostam de receber uma pontuação, pois podem observar o seu progresso na direção e melhorar seu desempenho nas pistas. 

· Os clientes não querem que lhes digam como devem dirigir. 

· O sistema funciona melhor se os motoristas ganharem benefícios e forem recompensados pela mudança de seu comportamento no trânsito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!