quinta-feira, 18 de junho de 2015

Coluna “Mecânica Online”: BMW i8 conquista Motor Internacional do Ano 2015


O Mecânica Online, através de Tarcisio Dias, integra esse seleto grupo de jurados Tarcisio Dias*

Texto:  Tarcisio Dias
Foto: Assessoria de Imprensa

Um dos prêmios mais concorridos pela indústria automotiva mundial chega em sua 17ª edição ainda mais forte e importante. O Motor Internacional do Ano 2015 escolhe em 11 categorias os melhores motores por meio de votos de um seleto grupo de 65 jurados de 31 nacionalidades, o que poderíamos considerar como os mais especialistas quando o assunto é automóvel, tecnologia e motores ao redor do mundo. O Mecânica Online, através de Tarcisio Dias, integra esse seleto grupo de jurados, juntamente com mais quatro representantes brasileiros.

Ao longo dos últimos anos a conquista do prêmio vem se tornando uma importante ferramenta de marketing para os fabricantes vencedores, que utilizam sua conquista nas campanhas de mídias de seus produtos, como já fizeram Ford, Fiat, Ferrari, Volkswagen, BMW, Audi e PSA Peugeot Citroën, entre outras.

Sobre os vencedores da edição 2015 observamos a combinação de desempenho com tecnologias avançadas que reduzem as emissões de poluentes e buscam melhorar substancialmente a economia de combustível, literalmente, a busca pela melhor eficiência energética do motor.

Os motores turbos e aspirados ficaram mais uma vez em evidência em várias categorias, mas os juízes também consideraram motorizações que tiveram reduções de peso em seu processo construtivo.

Continuando uma tendência dos últimos cinco anos, os motores com pequenos deslocamentos (e menos cilindros - especialmente os triplos!) novamente ampliam sua popularidade, principalmente pelo fenômeno do downsizing.

A eletrificação dos sistemas powetrain acontece a nível mundial. Temos os totalmente elétricos, plug-in e híbridos, com recursos tecnológicos vindo de BMW, Tesla, Kia, VW, Audi, Mercedes-Benz e BYD.
A caminhar nesses passos, tão logo teremos uma motorização totalmente elétrica a vencer o “Engine of The Year”.

O que realmente faz a diferença no mundo atual é a inovação. E o leitor deve ficar atento ao vencedor do Novo Motor do Ano (New Engine), pois essa categoria representa o destaque principal desenvolvido nos últimos 12 meses, onde observamos o desenvolvimento do PHEV progressivo no sistema powertrain do BMW i8; toda força e dinamismo do biturbo de 4 litros no Mercedes-AMG GT; e o coração batendo mais forte por meio do V8 na Ferrari Califórnia T.

E para quem ainda tem dúvidas da disputa acirrada que temos por aqui, apenas 7 pontos foi a diferença que estabeleceu o Motor Internacional do Ano 2015 - Engine of the Year 2015 – frente ao segundo colocado na classificação final. 

BMW 1.5 litro, três cilindros, motorização híbrida elétrica e gasolina

Será que a realidade atual do BMW i8 é realmente o que todos aclamam como o futuro do supercarro? A que se deve esse título? A resposta pode até parecer simples, mas a BMW trabalhou muito para combinar um sistema inteligente de gerenciamento de propulsão híbrida com desenvolvimentos estruturais de chassis impressionantes.

O BMW i8 simboliza a verdadeira visão de um esportivo moderno e sustentável, com o seu fascinante conceito.

O design altamente emocional revela proporções dinâmicas que permitem “acelerar” o BMW i8 mesmo com o veículo parado. O que visualizamos é a combinação da estética com a aerodinâmica, que se traduz na máxima eficiência e absoluta performance. 

Um coeficiente aerodinâmico de 0,26 cx não deixa a menor dúvida quanto ao caráter esportivo do BMW i8, que exibe um inédito design aerodinâmico em forma de cunha.

A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive produz, além do gerenciamento de energia inteligente, a potência máxima de 362 hp, que proporciona ao modelo as características de desempenho de um autêntico carro esportivo, atingindo de 0 a 100 km/h em 4,4 segundos, porém com consumo de combustível e emissão de dióxido de carbono comparáveis aos carros compactos mais eficientes do mercado.

A vantagem do híbrido Plug-in reside na perfeita sincronização entre o motor elétrico e o motor a combustão, que se manifesta na estrada por meio da mais elevada eficiência e comportamento dinâmico. Uma visão transforma-se em realidade. O BMW i8 é o primeiro automóvel esportivo do futuro.

O motor elétrico do BMW i8 foi desenvolvido e produzido pelo BMW Group para este projeto específico. A unidade desenvolve potência de 131 hp e entrega seu torque máximo de 250 Nm ao primeiro toque no acelerador.

O motor também pode impulsionar o veículo sozinho – a velocidade máxima, neste caso, é de 120 km/h e a autonomia é de 35 quilômetros. O motor recebe a potência da bateria de íons de lítio, que foi instalada na parte central do carro, embaixo do assoalho.

Além dela, o modelo também traz um inédito motor movido a gasolina de três cilindros e injeção direta BMW TwinPower Turbo 1.5L, excepcionalmente compacto e de alto desempenho, gerando uma potência de 231 hp, com torque máximo de 320 Nm. Os quatro modos de condução COMFORT, ECO PRO, SPORT e o botão eDrive permitem otimizar a performance do BMW i8, em função da situação de condução.

A inovadora tecnologia BMW eDrive é o resultado de muitos anos de investigação e desenvolvimento, no âmbito do programa tecnológico BMW EfficientDynamics. Três importantes características do avançado sistema são responsáveis pelo incomparável prazer de dirigir livre de emissões: o ágil motor elétrico disponibiliza o torque máximo quase a partir do arranque, circulando o veículo sem interrupção de potência até atingir a velocidade máxima. Os inovadores acumuladores energéticos permitem combinar a bateria de alta tensão com o sistema de arrefecimento, que mantém sempre a bateria a uma temperatura ótima, aumentando a performance e sua vida útil.

A interação entre o motor elétrico e a bateria e entre o motor elétrico e o motor de combustão é coordenada por uma gestão energética inteligente, garantindo sempre a máxima performance com um baixo consumo. O sistema de regeneração da energia de frenagem permite aumentar eficientemente a autonomia elétrica do veículo.

Para compensar o peso extra da bateria, o BMW i8 recorre eficazmente a materiais inovadores de baixo peso, incluindo parafusos em alumínio. Na construção da célula de passageiros foram utilizados inovadores materiais compostos em fibras de carbono, que são 50% mais leves do que o aço e 30% mais leves do que o alumínio, oferecendo contudo uma elevada rigidez torcional e uma enorme segurança, em caso de acidente.

Uma parte essencial da inovadora arquitetura LiveDrive que permite mudar tudo no BMW i8, até mesmo o futuro da condução esportiva.

As proporções típicas de um veículo esportivo pressupõem um extraordinário conceito de construção de baixo peso. A arquitetura LifeDrive é constituída por duas unidades funcionais separadas, exatamente adaptadas às exigências da construção inteligente de baixo peso.

O módulo Drive integra a carroceria em alumínio, a bateria de alta tensão e os componentes propulsores integrados à frente e atrás. O módulo Life consiste em uma célula de passageiros altamente resistente e ultraleve feita de plástico reforçado com fibras de carbono (CFRP), para compensar o peso extra do motor elétrico e da bateria de alta tensão.

Com o conceito LifeDrive o BMW i8 é o precursor da geração híbrida. O conceito de construção de baixo peso pressupõe a máxima perfeição, para garantir a máxima esportividade, sustentabilidade e eficiência na condução em estrada.

À frente o motor elétrico, atrás o motor de combustão – o túnel de energia, onde se encontram integradas as células com o acumulador de alta tensão, que se estende ao longo do console central. A tecnologia híbrida, com a bateria de íons de lítio inserida no túnel de energia, em combinação com o leve módulo de carbono, permite ótima distribuição do peso, contribuindo para o baixo centro de gravidade do BMW i8 e oferecendo extraordinária agilidade, tração e máxima precisão direcional, em todas as situações.

*Tarcisio Dias – Profissional e Técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânica com habilitação em Mecatrônica e Radialista, é gerente de conteúdo do Portal Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) e desenvolve a Coleção AutoMecânica. E-mail: redacao@mecanicaonline.com.br.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!