segunda-feira, 6 de julho de 2015

Alpha Esportes: Boessio Competições e Clay Truck Racing anunciam fusão na F-Truck

Equipe gaúcha celebra acordo de cooperação para evolução do caminhão Volvo do piloto Régis Boessio

Texto: Assessoria de Imprensa

Quando voltou a disputar o Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck em 2015, Régis Boessio assumiu a missão de buscar competitividade pilotando um caminhão Volvo, mesmo ciente da necessidade de que, para as circunstâncias de competição da categoria, os caminhões da marca teriam de ser submetidos a um trabalho árduo de desenvolvimento.

Foi a busca por competitividade que levou o piloto gaúcho a uma mudança de estratégia.

A partir da quinta etapa da temporada, que será disputada domingo (12) no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia, a Boessio Competições estará no grid da Fórmula Truck consolidando uma fusão técnica com a Clay Truck Racing, equipe paranaense coordenada pelo piloto João Maistro, e que também utiliza caminhão Volvo. “Fechamos a parceria a título de cooperação de desenvolvimento dos dois caminhões”, resume Boessio.

O caminhão número 83 da Boessio Competições, que exibe as cores e logos de Suspentech, Rodrigotto, BorgWarner e Aesa Molas, passa a absorver o trabalho de revisão e preparação em Maringá, na sede da Clay Truck Racing. “Os integrantes da nossa equipe vão passar uma semana por mês trabalhando diretamente com o pessoal do Maistro na sede deles. Com isso, vamos reduzir o tempo de amadurecimento e evolução dos caminhões”, acredita.

A parceria entre Boessio e Maistro não é inédita. “Já havíamos feito esse intercâmbio em 2008, quando nós dois corríamos de Volvo. O João é um ótimo profissional, um sujeito que tem minha especial simpatia, e também um ótimo conhecedor do Volvo, tem muita experiência com a marca. Corri de Mercedes-Benz por alguns anos e isso nos rendeu uma boa dose de conhecimento em outras questões, que serão bastante úteis agora”, diz o gaúcho.

A etapa goiana vai marcar o início da parceria entre as duas equipes. “O pessoal da Boessio Competições teve pouco tempo para trabalhar sob o novo sistema, foi uma parceria que discutimos e definimos durante a etapa passada no Velopark, mas tenho bons motivos para esperar que haja reflexos já nessa prova em Goiânia”, pondera Boessio. “Acredito que teremos uma boa condição de terminar a corrida entre os dez primeiros colocados”, ele estipula.

Passadas quatro das dez etapas que compõem o calendário da F-Truck, Boessio está em 19º lugar na classificação do campeonato. Em duas etapas, as de Caruaru e Londrina, avançou ao Top Qualifying classificatório – obteve o sétimo lugar no grid de ambas. Nas demais, em Campo Grande e Velopark, foi 13º no grid. Na corrida de 14 de junho, no Velopark, conseguiu levar o Volvo ao fim da corrida pela primeira vez no ano, terminando em 13º.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!