quarta-feira, 29 de julho de 2015

Alpha Notícias: Jaguar intensifica testes com o crossover F-PACE




O veículo percorreu locais com temperaturas que variam entre -40°C a +50°C, que permitiram sua otimização dinâmica e de performance

Texto e Fotos: Assessoria de Imprensa

Desde o calor escaldante e empoeirado do deserto de Dubai até as temperaturas congelantes do norte da Suécia, o Jaguar F-PACE, novo crossover da marca britânica, foi testado no lugares mais inóspitos e desafiadores do planeta. 

O veículo é o primeiro do gênero produzido em toda a história da Jaguar e foi projetado para oferecer uma combinação inigualável de desempenho, design e praticidade e estará à venda em todo o mundo a partir de 2016.


Para garantir que todos os seus sistemas e tecnologias funcionem mesmo sob as condições mais extremas, o F-PACE foi submetido a um dos mais exigentes programas de testes já implementados pela Jaguar Land Rover.

Para o diretor de programação de veículos da Jaguar Land Rover, Andrew Whyman, “nós desenvolvemos o F-PACE para oferecer a seus proprietários uma excepcional dirigibilidade e um altíssimo nível de requinte, como se espera de um legítimo Jaguar. Agora, tais níveis são entregues em um veículo capaz de trafegar com desenvoltura em diversas condições de terreno”.

“Assim como nós sempre damos uma atenção quase que obsessiva aos detalhes de engenharia e aos componentes que farão parte do modelo, nós estamos mantendo essa postura ao testar esse novo crossover exaustivamente, nas condições mais desafiadoras, tudo para garantir que ele irá superar as expectativas dos nossos clientes ao redor do mundo”, complementa o executivo.


No centro de testes da Jaguar Land Rover localizado em Arjeplog, cidade ao norte da Suécia, as temperaturas médias durante o inverno raramente ficam acima dos -15°C, podendo atingir picos de 40°C negativos. O local abriga uma pista de 60km construída com diversos obstáculos como subidas de montanha, inclinações, retas para testes em alta velocidade e situações off-road. Os obstáculos são ideais para se chegar ao ajuste perfeito de sistemas como tração nas quatro rodas, controle dinâmico de estabilidade e do revolucionário programa All Surface Progress Control. 

O trabalho realizado em Arjeplog visa garantir que o F-PACE ofereça uma experiência ao volante tão ágil e dinâmica como qualquer outro Jaguar, seja no asfalto, na neve ou no gelo. 

Já no deserto de Dubai, as temperaturas podem facilmente ultrapassar os 50°C na sombra. Com a luz solar atingindo diretamente o veículo, as temperaturas da cabine podem chegar perto dos 70°C em situações extremas. Mesmo nessas condições, todos os sistemas de entretenimento, as telas sensíveis ao toque e os controles de temperatura funcionarão perfeitamente, em condições de calor e humidade.


Em Dubai, o ciclo de testes com o Jaguar F-PACE tem o objetivo de aprimorar os sistemas de refrigeração do veículo sob carga muito alta, por meio de uma combinação de alta temperatura ambiente e baixo fluxo de ar.

O F-PACE também foi testado em estradas montanhosas e de cascalho. Essa é a primeira vez que um veículo da Jaguar é submetido à essas condições extremamente desafiadoras. É exatamente essa atenção ao detalhe que fará do crossover da Jaguar uma referência dentro de seu segmento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!