segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Alpha Notícias: Implementos rodoviários podem ser adquiridos nos programas de agricultura familiar

Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários e o Ministério do Desenvolvimento Agrário assinaram Acordo de Cooperação Técnica

Texto: Assessoria de Imprensa

A Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, ANFIR, assinou Acordo de Cooperação Técnica com o Ministério do Desenvolvimento Agrário. O documento vai permitir que implementos rodoviários sejam adquiridos por agricultores cadastrados nos programas de agricultura familiar.

O acordo prevê a disponibilização de tecnologia apropriada aos agricultores familiares, por intermédio do Programa Nacional da Agricultura Familiar – PRONAF Mais Alimentos, na forma de: equipamentos e implementos, destinados a produção e/ou beneficiamento agropecuário de mercadorias, fruto da atividade agrícola, pecuária, pesqueira e aquícola, de fabricação nacional.

O PRONAF foi criado em 1996 com a finalidade de promover o desenvolvimento sustentável do meio rural, por intermédio de ações destinadas a implementar o aumento da capacidade produtiva, a geração de empregos e a elevação da renda.

O Mais Alimentos constitui uma das linhas de crédito de investimento do Pronaf, para apoio ao financiamento da construção, reforma ou ampliação de benfeitorias e instalações permanentes, aquisição de máquinas, equipamentos, implementos agropecuários, estruturas de armazenagem, embarcações de pesca comercial artesanal, bens destinados ao transporte da produção e animais para reprodução, recriação e engorda. A agricultura familiar no Brasil, de acordo com dados do MDA, é composta por 4,3 milhões de famílias que produzem 70% dos alimentos do Pais.

O segmento responde por 33% do valor bruto da produção agropecuária e emprega 74% dos trabalhadores do campo. Para a safra 2015/2016 o governo federal destinou R$ 28,9 bilhões sendo R$ 26 bilhões diretamente às linhas do PRONAF.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!