quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Alpha Notícias: S63 BRABUS 760 chega ao Brasil por US$640 mil

 
Modelo tem motor V8 biturbo com 760 cavalos de potência e faz de 0 a 100km/h em 3,7 segundos

Texto e Fotos: Assessoria de Imprensa

A importadora STRASSE apresenta nesse mês de agosto a primeira S63 BRABUS 760, que chega ao país por US$640 mil. O modelo é equipado com motor V8 biturbo com 760 cavalos de potência e 1100Nm de torque, limitados eletronicamente - o torque real do motor passa dos 1200Nm, fazendo assim este “monstro" ir de 0 a 100km/h em 3,7 segundos.

A velocidade máxima é 325Km/h, limitada eletronicamente, pois existe potência de sobra para passar dos 350km/h , diz Julico Simões, que representa a Brabus no Brasil. O carro vem de série com suspensão regulável, rodas 20" ou 21” forjadas e mais resistentes, pneus mais largos, de perfil mais baixo, para melhorar a dirigibilidade, sistema de exaustão valve-controled que faz com que, ao toque de um botão, seja possível abrir ou fechar válvulas internas no duto do escapamento, deixando o ronco do motor mais esportivo ou mais discreto.

Spoiler dianteiro, entradas de ar, difusor traseiro, aerofólio, saias laterais, tudo feito com fibra de carbono, nobre e leve material são de série e fazem parte do pacote aerodinâmico conferindo belíssimo e exclusivo visual do exterior. No interior, detalhes que vão desde os pinos de porta Brabus até os pedais de alumínio, soleiras iluminadas, tapetes e paddle shifts Brabus Race completam o pacote.


Tudo fica muito mais interessante quando se abre o capô. Imediatamente são visíveis os dutos banhados a ouro no motor, os dutos de fibra de carbono e a capa do motor toda em carbono. O ouro, que ja foi utilizado pela Mc Laren em um carro de rua do inicio da década de 90, e hoje é utilizado em linha somente pela Brabus em seus motores, não é mera extravagância. Apesar de seu altíssimo custo, nenhum outro material dissipa melhor o calor.






Portanto, o uso do ouro passa a ser de extrema funcionalidade, considerando a alta potência do motor. Os dutos e outras partes de carbono, por sua vez, completam o pacote dando mais leveza ao conjunto. O primeiro modelo a circular por aqui, com entrega prevista para agosto de 2015 é preto.



Todos os componentes são manufaturados em OEM Quality, enquanto os motores têm garantia de dois anos ou 100.000 km. Clientes que já tenham um Mercedes de até 12 meses também pode levar para a Brabus fazer conversão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!