quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Alpha Notícias: Tecnologia da Digicon muda perfil do trânsito em cidades gaúchas

 
Parquímetros e controladores de trânsito facilitam a mobilidade urbana em cinco municípios

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

O crescimento das cidades gaúchas tem impacto direto no trânsito e os moradores e motoristas começam a enfrentar os mesmos problemas de mobilidade vivenciados pelas metrópoles. Alinhada aos projetos de Engenharia de Tráfego das prefeituras de Pelotas, Santa Cruz do Sul, Bento Gonçalves, Lajeado e Santa Maria, a Digicon está implantando soluções de trânsito nessas cidades.

A sua tecnologia de parquímetros e controladores de tráfego organizam o vai-e-vem nas vias urbanas e melhoram as relações de uso do espaço público para estacionamento. Nesses municípios foram instalados 60 controladores de tráfego e 62 parquímetros solares, o que representa um investimento na ordem de R$ 3 milhões.
No Brasil, a Digicon já implantou mais de 3,3 mil Parquímetros Street e mais de 15 mil controladores em cerca de 500 cidades do Brasil e América Latina. Entre as capitais brasileiras, Florianópolis, Vitória e Rio Branco adotaram a solução dos parquímetros. Somente no Rio Grande do Sul são mais de 1,2 mil controladores de tráfego e mais de 700 parquímetros da Digicon em operação.

A tecnologia do Parquímetro Street permite que o equipamento funcione por energia solar para o controle inteligente da disponibilidade de vagas. Em Lajeado, por exemplo, as 20 unidades destes equipamentos estão configuradas com teclado alfanumérico, painéis de captação de luz solar e como diferencial, a comunicação das máquinas por meio de rede Wi-Fi. Segundo informa Tarciso Locatelli, gerente da Stacione Rotativo (operadora do sistema), são cerca de 1,3 mil vagas de estacionamento na área central que passam a ser gerenciadas.

O gerente destaca que Lajeado tem quase um veículo para cada dois habitantes, o que aumenta a necessidade de adoção de medidas e tecnologias para harmonizar a convivência no trânsito. Na cidade de Santa Maria houve a renovação do parque de máquinas instaladas por 42 novos equipamentos dotados também dos teclados alfanuméricos e painéis de captação de luz solar. São cerca de mil vagas na área azul e, entre as inovações, o usuário do sistema poderá, a curto prazo, adquirir créditos por telefone.

Em outros três municípios gaúchos estão em fase de implantação o Sistema de Controle Centralizado de Tráfego (Traffic Vision II). Esta tecnologia permite o monitoramento remoto dos equipamentos, possibilitando alterações de tempos de verdes, monitoramento de alarmes e eventuais falhas nos equipamentos.

Como é o caso de Pelotas, aonde foi feito um projeto de renovação total de 48 cruzamentos semaforizados. Este projeto faz parte de uma licitação pública a qual envolveu também troca de postes, grupos semafóricos, fiação elétrica e controladores. Em Santa Cruz do Sul a central semafórica inicialmente realizará a comunicação com 15 controladores, todos dotados de GPS/GPRS.

O mesmo sistema está em caráter experimental na Serra Gaúcha, em Bento Gonçalves, com 25 equipamentos. A central permite a monitoração e controle de falhas dos controladores, o que dá mais agilidade ao sistema que antes dependia da comunicação dos usuários sobre os problemas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!