quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Alpha Serviços: Franquia faz limpeza automotiva sem gastar uma gota de água

 
Freewet utiliza tecnologia nacional para criar produtos 100% a seco

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

Desde a crise hídrica no ano passado, a necessidade de economizar água tornou primordial a cultura do não desperdício.

A Freewet (www.freewettv.com.br), franquia brasileira de limpeza automotiva, se ajusta a essa nova realidade com um modelo que dispensa completamente o uso do recurso natural e, além disso, oferece uma oportunidade de negócio acessível. A empresa trabalha como franquia nano, que não tem taxa de publicidade e franchising e cujo franqueado exerce atividades essencialmente a domicílio.

Sempre inovando, a Freewet desenvolveu uma tecnologia própria para sua linha de produtos de limpeza de carros, voltados para todas as etapas do processo, desde a lataria até a hidratação de bancos de couro e cristalização dos para-brisas. Biodegradáveis e aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), as fórmulas não só retiram as partículas de sujeira, mas também as encapsulam para evitar danificar o veículo ao passar pano.

Para exemplificar a redução de consumo gerada com a Freewet, o diretor da franquia, Miguel Martins, cita dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), segundo os quais lavar um carro com jato de água de pressão consome 200 litros do líquido e, com mangueira, 400 litros.

“Não dá para comparar, pois a aplicação dos nossos produtos não gasta nem uma gota”, explica. “Mesmo os nossos concorrentes gastam quantidades pequenas do recurso, enquanto nós trabalhamos 100% a seco.” A operação da franquia é simples e não requer experiência prévia – a franqueadora oferece treinamento.

Os franqueados recebem todos os produtos, suficientes para a limpeza de 150 veículos, e uma bolsa para transportá-los, podendo trabalhar de onde quiserem. “É possível parar em pontos diferentes a cada dia, e até mesmo ir até o cliente de moto ou ônibus”, diz o diretor. Também há a opção de loja física. Não é preciso pagar taxa de publicidade ou franchising, e o investimento inicial parte de R$ 3.990 com o kit básico.

O faturamento mensal é estimado em até R$ 17 mil. “É uma opção acessível em uma época em que a economia do país está instável, e ainda ajuda a difundir a economia de água”, afirma Martins. Hoje, já são 148 franqueados ao redor do Brasil, e a empresa espera aumentar esse número para 300 até o fim de 2015.

Mais informações
Capital inicial: R$ 3.990
Capital de giro: R$ 500 reais
Taxa de royalties: R$ 125,00
Prazo para retorno do investimento: 4 meses
Previsão de faturamento mensal: R$ 17 mil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!