domingo, 23 de agosto de 2015

Coluna "Mecânica Online": Curiosidades sobre o automóvel




Hora de você mostrar que também entende de automóvel

Tarcisio Dias* 

De médico e mecânico todo mundo tem um pouco. Bem que a frase original pode não ser assim, mas poderia. Todo mundo sabe que brasileiro é apaixonado por carro e consequentemente por mecânica, então não adianta, tem sempre aquele amigo, colega, que entende de automóvel mais que todo mundo, mas será que ele realmente é o “sabe tudo”?

Preparamos um verdadeiro e falso onde até mesmo quem sabe tudo sobre carros vai se surpreender com algumas respostas. Hora de você mostrar que também entende de automóvel!

Veículo com rodas maiores aumentam a velocidade? Começamos fácil hein? Isso parece lógico. Carros com uma circunferência maior de pneu devem ser mais rápidos com a mesma quantidade de rotações do eixo, mas não é verdade. Testes revelam que numa arrancada para atingir 100 km/h, os pneus maiores até levam vantagem porém, ao percorrerem 400 metros, o veículo com rodas de 15 polegadas chega primeiro quando comparado a um mesmo veículo com rodas de 19 polegadas.

Frequentemente mais caros, os carros com tração nas quatro rodas normalmente são mais seguro? Nem sempre, mas frequentemente – portanto, verdadeiro. Acontece que veículos com tração nas quatro rodas oferecem melhor segurança ativa e tração mais confiável em quase todas as situações. Mas quando o assunto é frenagem, todos os carros são iguais, então, nada de fazer aquela curva com o dobro da velocidade em seu veículo com tração nas quatro rodas. Isso por ser muito perigoso!

A próxima você vai acertar! É muito comum a afirmação que a transmissão automática consome mais combustível, principalmente para os veículos com dez, doze anos de existência. Quando verificamos as mais atuais com transmissão de dupla embreagem, sem interferência na força de tração e melhor eficiência na troca das marchas por meio de seus dispositivos eletrônicos, o que era verdadeiro no passado agora é falso no presente.

Talvez o preço seja um bom indicativo na afirmação que um litro de gasolina seja mais pesado que um litro de água. Mas na verdade... a gasolina, apesar de seu alto poder calorífico é mais leve e tem densidade menor que a da água, o que a faz flutuar em poças sobre a água. Considerando a temperatura de 15ºC, um litro de gasolina pesa entre 720 g e 775 g. Um litro de diesel pesa entre 820 g e 845 g. Por outro lado, a água pesa quase 1 kg.

Já estou vendo que domingo vai ter muita gente mostrando que sabe muito mais sobre automóvel e mecânica durante o almoço familiar! Isso é muito bom. Vamos para mais algumas?

Não vá ficar tirando onda do seu primo que chegou suado dirigindo seu carro simplesmente pela razão do modelo ter a cor preta. Será que realmente os carros pretos ficam mais quentes no calor? Podemos afirmar que sim, mas o aumento da temperatura no interior de veículos escuros expostos ao sol é somente um pouco maior do que em carros de cor clara. Variando entre um ou dois graus. Quando consideramos as pinturas mais modernas, a diferença é quase imperceptível. A área de superfície geral, o ângulo, a tonalidade e a qualidade dos vidros, assim como os encaixes no interior, são muito mais importantes.

Começou a chover e na sua frente vai um veículo com pneus largos, o que remete logo ao aspecto de melhor segurança, certo? Errado! Como temos uma maior área de contato, os pneus largos oferecem melhor controle de tração, mas na hora da chuva, considerando a distribuição do peso do carro por toda área do pneu maior, há um risco de se perder a aderência mais rapidamente em ruas molhadas. Mas também não é algo tão falso assim, pois com a alta tecnologia aplicada nos pneus atuais, essa diferença é mínima.

Fique atento! O tanque de combustível já está na reserva e como a chuva não parou ainda, será que você precisa se preocupar com o aumento do consumo de combustível, simplesmente pela razão de dirigir na chuva? Claro que sim! A chuva tem um impacto enorme na física de dirigir e, portanto, no consumo de combustível. O motivo? Os pneus precisam deslocar a camada de água na rua, exigindo mais potência do motor.

E como agora tudo que se fala é crise, observei que existe um anúncio de venda do seu veículo nos vidros laterais. Quer saber de algo mais? Ao chegar na sua casa aproveite o banho de chuva que seu carro levou e complete a limpeza. Pesquisas comprovam que veículos em boas condições são vendidos mais rapidamente e por um valor maior do que os sujinhos. Preste atenção no polimento da pintura, conserto de pequenas avarias e limpeza do estofamento.

Mas se você fuma, não adianta colocar café ou mesmo arroz para combater o cheiro de cigarro. Eles não vão solucionar o seu problema no interior do veículo. Profissionais utilizam ozônio. O serviço consiste em vedar completamente o automóvel e através de um dispositivo especial é introduzido o ozônio. Durante o período de 24 horas o gás remove odores de longo prazo.

Então é isso, fique esperto na hora de conhecer mais sobre seu automóvel e mecânica. Nunca aceite sugestões de frentistas de postos falando que seu veículo precisa desse ou daquele produto, que é necessário completar o nível de qualquer fluido. Na dúvida, procure a assistência técnica e o manual do proprietário com as especificações do fabricante. Até a próxima!

*Tarcisio Dias – Profissional e Técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânica com habilitação em Mecatrônica e Radialista, é gerente de conteúdo do Portal Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) e desenvolve a Coleção AutoMecânica. E-mail: redacao@mecanicaonline.com.br.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!