sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Alpha Esportes: Pneus de chuva e intermediários foram usados no primeiro treino da F1 no Japão




Clima deve ficar menos chuvoso no treino classificatório e corrida deve ocorrer com pista seca

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

Pela segunda etapa consecutiva, Daniil Kvyat foi o mais rápido no combinado dos tempos das duas sessões de Treinos Livres realizados nesta sexta-feira. O piloto da Red Bull fez a sua melhor passagem em 1min48s277, mesmo com o dia todo em Suzuka tendo sido afetado pela chuva que variou de leve a pesada na região do circuito. 

Por isso, todos os pilotos usaram apenas os compostos Cinturato Azul de chuva e o Cinturato Verde intermediário, resultando em tempos de volta que são, geralmente, 15 segundos mais lentos do que os obtidos com os pneus usados para pista seca. Na sessão de treinos livres da manhã, Carlos Sainz, da Toro Rosso, foi o mais rápido pela primeira vez em sua carreira na Fórmula 1.

A expectativa, agora, é que a pista esteja um pouco mais seca para o restante do fim de semana – embora a ameaça de chuva permaneça. Tanta água acabou tornando o trabalho das equipes extremamente difícil hoje, deixando-as sem condições de avaliar precisamente as melhores estratégias para a corrida, que é o que os times normalmente fazem com as avaliações e os dados obtidos nos dois primeiros treinos livres.

Muitas das equipes limitaram muito as saídas de seus carros para a pista, de modo a evitar riscos desnecessários. Este é um procedimento padrão, adotado em períodos de chuva muito intensa. No entanto, os times foram capazes de obter algumas informações úteis sobre o potencial do circuito e de seus carros em condições de pista molhada, no caso de os pneus intermediários ou de chuva ainda serem necessários nas sessões restantes.

Paul Hembery, diretor de motorsport da Pirelli falou que "para os pilotos e fãs foi um dia um pouco frustrante e inconclusivo das sessões de treinos livres, embora o clima não tenha diminuído o entusiasmo do público japonês. Os pilotos tiveram a oportunidade de usar os dois tipos de pneus, intermediários e de chuva, o que significa que as equipes puderam avaliar aquilo que chamamos de ‘pontos de passagem’: em outras palavras, o momento ideal em que a pista muda e deve-se trocar os pneus intermediários para os de chuva, ou vice-versa. O fato de as sessões de hoje terem sido bastante interrompidas significa que o Treino Livre 3, de amanhã cedo, terá uma importância muito maior, com as equipes tentando definir as melhores estratégias para a corrida, ou mesmo o acerto ideal para o Treino Classificatório.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!