quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Alpha Esportes: Rodrigo Varela vence no Rally Serra Azul


Piloto dispara na liderança do Brasileiro de Baja

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

Depois de superar temperaturas baixas e muita lama no primeiro dia e condições de clima e piso um pouco melhores no domingo (13/9), Rodrigo Varela (Can-Am/Blindarte) saiu vencedor do Rally Serra Azul na classe Pró de UTV.

Com vitórias na nona e décima etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja, o piloto disparou na classificação do certame nacional, passando a somar 245 pontos, 48 de vantagem sobre Leandro Torres, segundo colocado nos dois dias. 
"Fomos bem novamente. Tive um furo de pneu no segundo dia, mas mesmo assim consegui a minha nona vitória em dez etapas na Pró. Estou satisfeitíssimo com o resultado, com o meu Can-Am Maverick Turbo, que foi excelente para as condições que enfrentamos. A equipe Divino Fogão Rally Team está de parabéns e vamos manter este ritmo para assegurar o título", comemorou Rodrigo, que nesta temporada está com um desempenho irrepreensível. Na única prova (terceira etapa) em que não venceu, terminou em terceiro.

Se os seus irmãos não tiveram o mesmo resultado, pelo menos conseguiram se manter na briga pelo título nacional em suas respectivas classes. Bruno Varela (Polaris One/Blindarte) foi décimo no sábado (12/9) e sétimo no fechamento da prova na classe Production. Mesmo não alcançando o desempenho que esperava nas trilhas da região de Itupeva e Indaiatuba, interior paulista, o caçula da "Família da Poeira" manteve a vice-liderança do Brasileiro com 166 pontos, apenas cinco de desvantagem para Wander Garcez Ribeiro, que atingiu os 171 pontos.

"Tivemos alguns probleminhas nas duas etapas, mas todo o pessoal que está brigando ali na frente pelo título também passou por apuros. A categoria está muito equilibrada e competitiva. Agora vamos revisar o nosso Polaris RZR XP 1000 pra deixá-lo cada vez mais confiável para as outras etapas, pois acredito que o título da Production será decidido apenas na última prova", prevê Bruno.

Os competidores enfrentaram cerca de 450 quilômetros de percurso entre especiais cronometradas e deslocamentos, em dois dias de evento, e tiveram que superar muitas poças d’água, lama, erosões e outros obstáculos naturais, que acabaram surpreendendo os mais de 30 concorrentes de UTV.

"Tivemos uma prova dura, difícil pra esquecer. No primeiro dia o meu Can-Am Maverick 1000 XRs estava bom e fiz muito bem as duas voltas, mas no Super Prime passei numa poça d’água e fiquei sem visão. Acabei caindo numa valeta e depois fiquei preso em um atoleiro", justificou Gabriel Varela (Can-Am/Blindarte) sobre a sétima posição na classe Super Production. 


"No domingo estava andando bem novamente e enfrentei outros problemas, mas não foi fácil pra ninguém", relatou o filho do meio do ralizeiro Reinaldo Varela. "Vamos acelera nas próximas em busca da vice-liderança". O líder da classe é o catarinense Aristides Mafra Junior, com 247 pontos, seguido de Zé Hélio Rodrigues Filho, com 203, e Gabriel Varela, que computa 173.

A próxima etapa do Brasileiro de Rally Baja será o Rally Rota SC, nos dias 03 e 04 de outubro em Araquari, Santa Catarina.
Pontuação (Extra-oficial) do Campeonato Brasileiro de Rally Baja - UTV após as 10 primeiras etapas:


Pro:
1) Rodrigo Varela, 245;
2) Leandro Torres, 197;
3) Marcelo Gastaldi, 101;
4) André Sawaia, 98;
5) Rafael Braga Pinho, 92.

Super Production:
1) Aristides Mafra Junior, 247;
2) José Hélio Rodrigues F., 203;
3) Gabriel Varela, 173;
4) Richard James Carida, 148;
5) Gilberto Mayorga Jr., 132.

Production:
1) Wander Garcez Ribeiro, 171;
2) Bruno Varela, 166;
3) Roberto Sampaio, 159;
4) André Macedo Corrêa, 157;
5) MaurícioPena Rocha, 150.

Curta www.facebook.com/DivinoFogaoRallyTeam

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!