quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Alpha Pesados: Motor FPT Industrial N67 traz soluções inovadoras para a Iveco Bus


Mais torque em rotações mais baixas reduz a necessidade de trocas de marchas e garante o menor consumo de combustível

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

A FPT Industrial comemora o fornecimento do motor N67 de seis cilindros para o chassi 170S28 da Iveco Bus, divisão de ônibus da CNH Industrial. A fabricante trabalhou com alguns dos maiores fornecedores de veículos comerciais em todo o mundo nos últimos 35 anos para desenvolver soluções inovadoras e eficientes e o fruto desse trabalho são os diferenciais técnicos do motor N67. 

Ao longo deste processo na busca pela excelência, os engenheiros da FPT Industrial dedicaram 7.000 horas para o desenvolvimento deste motor, incluindo 400 horas exclusivas em atividades de calibração e homologação em dinamômetro, complementadas com todos os testes de validação em condições reais feitos pela montadora. O motor N67, aplicado ao chassi 170S28, foi desenvolvido exclusivamente para o mercado brasileiro.

“Possui maior cilindrada, garantindo mais torque em rotações mais baixas, que se estende até as mais altas, reduzindo a necessidade de trocas de marcha no caso de uma subida, por exemplo, além da redução do consumo de combustível. Acreditamos que esta é a principal receita do sucesso desta aplicação”, afirma Alexandre Xavier, Diretor de Engenharia da FPT Industrial na América Latina.

Downspeeding

Neste projeto, a FPT Industrial adotou o conceito de downspeeding para o motor N67. O objetivo é através da otimização da curva de desempenho do motor, identificar o ponto de maior eficiência a baixa rotação.

O resultado é um motor com melhor desempenho em termos de torque e consumo de combustível. Trata-se de uma estratégia diferente do downsizing, que se resume em motores menores com potências elevadas.

O downspeeding, além do melhor desempenho na aplicação, traz a vantagem de reduzir as perdas de eficiência interna dos componentes do motor, devido à diminuição do atrito entre as peças, que é alcançada com a baixa rotação.

O conjunto de soluções propicia ainda maior vida útil ao motor. “Trabalhamos com um novo turbocompressor e desenvolvemos peças específicas como tomadas de ar, tubulações de água e novo compressor para freio, adotado pela Iveco Bus. A calibração otimizada do motor para a aplicação real do veículo, garante disponibilidade de torque em todas as condições de operação, além de consumo reduzido”, explica Xavier.

Desenvolvido para veículos urbanos de alta capacidade e interurbanos de médias e longas distâncias de até 17 toneladas, o motor N67 oferece potências de 280 cv a 2300 rpm e torque máximo de 950 Nm, a partir de 1250 à 1950 rpm. O motor está em conformidade com a legislação de emissão Proconve P7 com sistema de Redução Catalítica Seletiva (SCR).

Outro destaque do N67 está no baixo índice de ruídos e vibrações que proporciona maior conforto ao motorista e aos passageiros. Para o Presidente da FPT Industrial na América Latina, Marco Aurélio Rangel, 

“O mercado brasileiro de ônibus representa uma importante oportunidade de crescimento para a FPT Industrial. Fortalecemos a cada dia o desenvolvimento deste mercado no País ao fornecermos motores inovadores e ecológicos. Apesar do cenário econômico desafiador, projetamos reação positiva do setor de ônibus no Brasil para os próximos anos”, conclui Rangel.

Dados Técnicos do N67
Nº de cilindros: 6 
Combustível: Diesel 
Potência máxima: 280 cv @ 2.500 rpm
Torque máximo (Nm @rpm): 950 Nm @ 1250 -1950 rpm 
Diâmetro x Curso (mm): 104 mm x 132 mm 
Admissão de ar: Turbocharger Aftercooler
Taxa de compressão: 17:1
Sistema de injeção: Common Rail Emissões: Proconve P7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!