quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Alpha Motos: Airfence amplia atuação no Brasil a partir do Salão Duas Rodas




Fabricante lança novo equipamento de segurança durante o evento

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

A empresa Airfence Safety System, especializada na produção, comercialização e locação de barreiras infláveis para competições, track days, cursos de pilotagem e demais eventos esportivos que priorizam a segurança dos pilotos, está ampliando a sua atuação no mercado brasileiro. 

No Salão Duas Rodas a empresa lança um novo produto, não inflável: a barreira Airfence Bike EVO High. No local a empresa está presente no test-ride “Duas Rodas Experience”, que acontece do lado de fora do Anhembi, numa pista especialmente preparada para motocicletas de alta cilindrada e na qual o público terá o prazer de pilotar máquinas de marcas premium como Triumph, BMW, KTM, Ducati e Kawasaki. 

Cerca de 18 barreiras infláveis Airfence IIs estarão garantindo a segurança de motociclistas e motocicletas no trajeto. Além disso, a empresa também estará expondo para o público sua nova barreira não inflável Airfence Bike EVO High.

O Airfence é um “soft wall”, em tradução livre, uma parede macia, que minimiza o choque da motocicleta e do piloto contra o muro de contenção. Ela evita que todo o impacto termine em barreiras de pneus, nos guard rails e paredes de concreto que circundam as pistas. O equipamento tem como princípio básico a prevenção, especialmente quanto à gravidade de lesões e traumas em caso de acidente. Em diversas ocasiões, o impacto contra as barreiras de proteção causam muito mais danos do que o tombo em si. Graças às características e grande capacidade de absorção, ao colidir com o Airfence, piloto e motocicleta ficam junto à parede, evitando que seja “catapultado” de volta para a pista, o que colocaria em risco não só o condutor como os demais competidores. “Esse efeito trampolim é comum em barreiras de pneus, devido ao material ser adaptado ao uso e impróprio para tais fins”, explica Léo Pereira, executivo da Airfence Safety System responsável pelas operações da empresa nas Américas. Além do Brasil, a marca já atua em países como Estados Unidos, México e Canadá.

Produzida desde 1998, a Airfence Bike EVO High é a barreira não inflável mais segura do mundo. Trata-se de um sistema de segurança totalmente projetado com recursos avançados para maximizar a desaceleração segura do piloto em caso de choques. Graças a toda esta tecnologia, é totalmente aprovada como tipo “A” pela Federação Internacional de Motociclismo (FIM), maior órgão regulador de esporte a motor em duas rodas do mundo, e pode ser utilizada com eficiência em autódromos, kartódromos e qualquer outro tipo de pista onde estejam sendo realizados testes ou competições envolvendo motocicletas. “Com este equipamento, torna-se cada vez mais provável que o piloto escape de um acidente sem se machucar”, explica Léo Pereira. “Outra vantagem deste produto é que, após ser instalado, ele não requer qualquer tipo de manutenção durante o dia”, acrescenta o executivo.

As barreiras Airfence Bike EVO High são leves e fáceis de ser transportadas e instaladas. São fornecidas em módulos individuais - com 2 metros de comprimento, 1,2 metro de largura e 1,25 metro de altura – e são produzidas com um “chassi” de espuma interna uma capa de tecido reforçado extremamente resistente de tecido de PVC. O produto pode proteger áreas com qualquer dimensão, pois os módulos podem ser fixados entre si, por meio de um sistema composto por cinco cintos de segurança que conta com anéis de aço inoxidável. “Elas podem ser conectadas e desconectadas muito facilmente. Assim,podem ser rapidamente relocadas para a parte traseira do guard-rail ou barreira de pneus, caso o autódromo tenha, por exemplo, um evento com carros logo após um evento de motocicleta”, acrescenta Pereira. O produto pode ser deixado no tempo, armazenado ou empilhado, o que melhor se adaptar às necessidades do cliente. As novas barreiras Airfence Bike EVO High já estão à venda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!