terça-feira, 6 de outubro de 2015

Alpha Notícias: Ford lança cadeira infantil certificada pelo Inmetro




Fabricante mostra as vantagens do sistema Isofix no modelo EcoSport

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa 

A Ford adota em seus veículos o sistema Isofix de fixação de cadeiras infantis e o EcoSport foi o primeiro utilitário esportivo nacional a ter de série este componente de proteção para o transporte de crianças. 

Agora, a empresa inova outra vez e lança um conjunto de cadeira infantil e bebê conforto, certificado pelo Inmetro - Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial.

"O EcoSport foi o primeiro carro fabricado no Brasil com classificação cinco estrelas de segurança do Latin NCAP e também o primeiro do segmento a adotar o sistema Isofix para fixação de cadeiras infantis. Esse sistema foi criado na Europa e hoje está disseminado pelo mundo, mas poucos consumidores brasileiros ainda o conhecem", diz Marcus Romaro, engenheiro de segurança veicular da Ford, na série Palavra do Especialista do EcoSport.

Mundialmente, o sistema Isofix é reconhecido como o mais eficiente porque é preso diretamente na estrutura do veículo, que precisa vir de fábrica com os ganchos para a sua fixação. Marcus Romaro, que, além de participar da criação e revisão da norma de cadeirinhas infantis, também atua como consultor do Inmetro, explica no vídeo os quatro grupos existentes de cadeirinhas Isofix, com montagem voltada para frente ou para a traseira do veículo. Mostra também as características construtivas e a facilidade de instalação, que é uma de suas principais vantagens.

Primeira certificação

Este ano, o Inmetro estabeleceu critérios para a certificação das cadeirinhas Isofix no Brasil. A Ford foi a primeira a patrocinar junto ao órgão os testes para a certificação das cadeirinhas marca Britax, produzidas na Europa, e trouxe um lote para venda exclusiva nos distribuidores da marca.

Isso dá às famílias a tranquilidade de adquirir cadeiras infantis certificadas com o selo do Inmetro, sem ter de procurar o acessório em sites de busca do Brasil ou do exterior. "É importante para o consumidor adquirir somente esse acessório de segurança que tenha o selo do Inmetro, que garante a sua qualidade", destaca Marcus Romaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!