segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Alpha Notícias: O prazer de dirigir o Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex




Câmbio manual deixa o carro mais ágil no dia a dia

Texto e Fotos: Sérgio Dias

Para toda regra existe uma exceção e essa máxima vale para o Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex. Com preço a partir de R$71.290,00, seus concorrentes oferecem o câmbio automático e ele vem com o manual com cinco velocidades. Mas, ele é tão bom e até mais prazeroso de dirigir que qualquer automático.

A versão pode ser considerada intermediária, pois abaixo temos a versão Allure 1.6 Flex com as opções de câmbio manual e automático e acima a versão Griffe 1.6 Flex com câmbio automático e a Griffe THP 1.6 Flex 16V, que já foi avaliada por nós.


O Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex é o segundo modelo global a ser fabricado no Centro de Produção de Porto Real, estado do Rio de Janeiro. Ele foi o primeiro veículo da marca a ter equipes de diferentes partes do mundo envolvidas na concepção do projeto: Brasil, França com a produção em Mulhouse e China, onde também é fabricado, na planta de Wuhan. 

O modelo tem design sofisticado e contemporâneo; alia com equilíbrio a esportividade e a dirigibilidade dos hatchbacks, e se apropria da imagem de robustez e segurança dos SUVs ao unir força, vigor e estabilidade (ESP com Grip Control). Isso faz com que a utilização do veículo se dê com tranquilidade nos grandes centros urbanos, atendendo igualmente ao uso fora da cidade.


Sua dianteira possui elementos ajustados com exatidão, livres de qualquer excesso. Esculpido, o capô expressa a proteção e a robustez do Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex. A “grade flutuante” parece entalhada na carroceria e se mostra de maneira refinada. 

O Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex oferece um teto de vidro panorâmico de 0,60 m2 de área útil, que proporciona aos ocupantes ótima luminosidade interna e uma ampla dimensão de espaço. É possível regular a entrada de luz no interior do veículo graças ao fechamento/abertura da cortina do teto, por meio de um comando elétrico no console central. 


O Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex é equipado com motor 1.6l 16V FlexStart, que dispõe do sistema que elimina o reservatório de gasolina para realizar a partida a frio. Ele tem a classificação “A” no programa de etiquetagem do INMETRO, desenvolve 122 cavalos de potência a 5.800 rpm quando abastecido com etanol, e torque máximo de 16,4 kgfm a 4.000 rpm. Ao utilizar gasolina, a potência é de 115 cavalos a 6.000 rpm e 15,5 kgfm de torque. O Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex avaliado por nós conta com câmbio manual de cinco velocidades. 

Todas as versões do Peugeot 2008 estão equipadas de série com: 

• Cinco cintos de segurança com três pontos de fixação: alerta sonoro e visual de afivelamento do cinto do condutor; na frente, os cintos têm pré-tensionadores e bloqueio de folga e atrás os cintos laterais e central têm bloqueio de folga; 

• Os dois airbags frontais protegem, em caso de choque frontal violento, o condutor e o passageiro dianteiro, a fim de limitar os riscos de traumatismo na cabeça e tórax. Para o motorista, ele está integrado no centro do volante; para o passageiro dianteiro, ele está dentro do painel de bordo acima do porta-luvas; 

• Os dois airbags laterais, em caso de forte choque lateral, são ativados com o objetivo de limitar os riscos de traumatismo entre a bacia e o ombro. Cada um deles está localizado dentro da armação do banco, voltado para a porta. 

• Freios a disco nas quatro rodas com ABS. 

E o Peugeot 2008 Griffe 1.6 Flex ainda há os dois airbags de cortina (totalizando 6 airbags), que em caso de forte choque lateral, limitam o risco de traumatismo na lateral da cabeça do motorista e passageiros. Cada um deles está localizado entre a coluna A e a parte superior do habitáculo.

Veja mais fotos












Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!