domingo, 8 de novembro de 2015

Alpha Notícias: Associação quer a obrigatoriedade do controle de estabilidade nos carros



Teste feito com veículos com e sem o sistema de segurança comprovaram a importância dele para redução de acidentes

Texto: Assessoria de Imprensa

Após realização de teste prático com dois veículos do mesmo modelo, um com o controle eletrônico de estabilidade e outro sem o sistema, a PROTESTE Associação de Consumidores comprovou a importância de esse item constar como obrigatório nos carros brasileiros para redução de acidentes. 

E está lançando campanha em: www.proteste.org.br/carrosobcontrole, que coletará assinaturas para pressionar o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para que todos os carros saiam de fábrica com esse sistema a partir do segundo semestre de 2017.

No primeiro teste, um piloto profissional fez um desvio de emergência a 70 quilômetros por hora e no veículo sem o controle eletrônico de estabilidade, ele teve dificuldade para controlá-lo e por no chão, após levantar a roda. Ou seja, se não fosse um profissional, teria capotado. Já o modelo com o sistema permitiu que assumisse o carro no momento da ocorrência dos movimentos de descontrole, evitando a derrapagem.

No segundo teste, um slalom, em que é provocada uma instabilidade no carro para avaliar o seu comportamento, o controle de estabilidade também se mostrou essencial. Ele perde somente para o cinto de segurança quanto a item mais importante de segurança. 

O resultado do teste comprovou que é importante o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) se sensibilizar, assim como aconteceu com o freio ABS e com o airbag e dar um prazo até o segundo semestre de 2017 para que todos os carros tenham este item de segurança como obrigatório e não atrelado a um pacote de conforto e de luxo, como ocorre hoje. 

Nos Estados Unidos e na União Europeia, este item já é obrigatório, o que pode evitar mais de 50% dos acidentes fatais. E na Argentina, será item de série em 2018. "No Brasil, já avançamos na segurança veicular, mas centenas de pessoas ainda morrem todos os dias no trânsito, porque o Controle Eletrônico de Estabilidade só equipa carros de luxo", destaca Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da PROTESTE. "Vamos juntos lutar por mais este direito do consumidor", completa.

O Controle Eletrônico de Estabilidade recupera a trajetória do veículo em caso de perda de estabilidade por falta de aderência. Esse sistema passará a ser item obrigatório, a partir de janeiro, para que o veículo ganhe quatro ou cinco estrelas nos testes feitos pelo Programa de Avaliação de Carros Novos (Latin NCAP), do qual a PROTESTE é parceira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!