quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Alpha Notícias: Motorcraft premia o melhor reparador independente do Brasil




Vencedor foi Cláudio de Oliveira Carvalho, de Vacaria, Rio Grande do Sul

Texto e Fotos: Assessoria de Imprensa

A Ford promoveu a grande final do GP Motorcraft 2015, que teve como vencedor Cláudio de Oliveira Carvalho, de Vacaria, Rio Grande do Sul. Este é o maior programa voltado aos reparadores independentes de automóveis do Brasil, que este ano teve o recorde de mais de 9.400 inscritos de todo o País. 

O evento reuniu centenas de profissionais do setor. A Motorcraft é a divisão de peças originais da Ford, com mais de 40 anos de existência no mundo.


No teste prático, o vencedor realizou em menor tempo o reparo de um veículo, entre dez finalistas, e ganhou um New Fiesta Hatch 0 km. Este é o segundo ano do programa criado pela Ford em parceria com o Sindicato da Indústria de Reparação de Veículos e Acessórios – Sindirepa, SENAI, Bosch e Grupo Oficina Brasil para a valorização dos reparadores independentes, um segmento importante do mercado automotivo que conta com cerca de 200 mil profissionais. 

“O objetivo do GP Motorcraft é reconhecer a importância do profissional independente no mercado. Com essa e outras ações, queremos também facilitar o acesso a peças originais de reposição, por meio da linha Motorcraft, e principalmente contribuir para a capacitação técnica desses profissionais”, disse Rodolfo Possuelo, gerente de Serviço ao Cliente da Ford. “O crescimento de mais de 68% no número de participantes comparado à primeira edição do GP Motorcraft prova o sucesso dessa iniciativa.”

Além de reconhecer e valorizar os reparadores independentes, a Ford busca um relacionamento contínuo com esse público. Mensalmente, também promove a divulgação de dicas técnicas Motorcraft no site www.reparadormotorcraft.com.br para auxiliar no trabalho desses profissionais. 


Finalistas

Cláudio de Oliveira Carvalho, vencedor do GP Motorcraft 2015, também foi finalista da prova no ano passado. “Percebi que se quisesse ganhar tinha de estudar muito. Foi o que fiz este ano e venci”, diz Cláudio, que terminou a prova em 1h31, dez minutos à frente do segundo colocado.

Segundo ele, os carros evoluíram muito, a tecnologia avançou e os reparadores têm de seguir essa tendência. “Temos de estudar e conhecer cada vez mais sobre o assunto. A Motorcraft é uma marca de qualidade e a única que vem fazendo esse trabalho de aproximação com os mecânicos”, completou.

Dos dez finalistas, apenas três conseguiram identificar e reparar as falhas introduzidas nos veículos dentro do prazo determinado: Flávio Terenciani dos Santos, de São Paulo, e Robinson Bensi Paulino, do Paraná, além do vencedor. Os demais finalistas foram: Daniel Henrique Pereira e Ari de Fátima Pereira, de Minas Gerais; Orlando Bursteinas e Rodrigo Kersting, do Rio Grande do Sul; Maurício Orlando, Jorge Tutomu Ishikawa e Marcelo Menaldo Pedro, de São Paulo.

Ari e Daniel Pereira, pai e filho da cidade de Oliveira, MG, foram exemplo de uma disputa saudável em família. “Ficar entre os dez melhores do Brasil entre quase 10.000 inscritos é mais que um prêmio”, disse Ari, de 64 anos, sendo 50 deles na profissão. O jovem Daniel, de 28 anos, também foi muito bem na prova. “O ano que vem tem mais. Vamos estudar, trabalhar e tentar novamente. Participar de uma competição como essa com o meu pai não tem preço”, destacou.

Ricardo Cramer, vencedor do GP Motorcraft 2014, também participou do evento e disse que o prêmio deu um novo impulso ao negócio da família, a oficina Aires e Filhos, em Santos, SP. “Sou a segunda geração da empresa e os filhos dos nossos clientes não nos procuravam. Com a conquista e a divulgação na cidade isso mudou, pois as marcas Ford, Motorcraft e SENAI dão credibilidade”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!