sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Alpha Esportes: Rodrigo Baptista quer melhorar performance na Toyota Racing Series




Brasileiro teve diversos percalços na primeira rodada tripla 

A Toyota Racing Series prossegue neste final de semana com a realização de sua segunda rodada tripla, desta vez em Invercargill, a cidade mais ao sudoeste da Nova Zelândia. 

Os brasileiros Pedro Piquet, sétimo, Bruno Baptista, 13º, e Rodrigo Baptista, 17º colocado pretendem reagir para subir na tabela de classificação do campeonato composto de 15 etapas, que prossegue até meados de fevereiro.

"Estou entusiasmado para fazer estas três corridas, pois sei que terei possibilidade de me recuperar dos percalços que tivemos na rodada tripla inicial. Se tudo correr bem desta vez e as provas forem com piso seco, quero fazer boas corridas e ficar entre os oito primeiros colocados, mesmo sabendo dos desafios desta pista", pretende Rodrigo Baptista (HTPro Nutrition).

O circuito de Teretonga é a pista de corrida mais austral do mundo, com asfalto sempre frio por causa das baixas temperaturas médias e sofre com a forte brisa do mar na grande reta, que muitas vezes obriga constantes mudanças no ângulo das asas e até de relação de marchas. Tem sentido anti-horário, com apenas seis curvas e 2,57 quilômetros de extensão, mas de extrema dificuldade por causa da alta média horária, e de uma curva (5) muito rápida com várias tangências.

"Se as corridas forem novamente na chuva, como é a previsão inicial, será melhor, porque tive poucos treinos e corridas com piso molhado no Brasil e será um ótimo aprendizado. Afinal, vim para este lado do mundo para ganhar quilometragem, experiência", completou o menos experiente dos brasileiros, que fez sua primeira temporada no automobilismo brasileiro em 2015. 

O Toyota Racing Series utiliza monopostos com chassi do Fórmula 3 italiano Tatuus, com motor Toyota de 1.800 cc, produzindo 215 hp de potência, câmbio sequencial de seis marchas e pneus Michelin. Os motores e sistemas de gerenciamento de computador são selados, e os 19 pilotos estão divididos em apenas quatro equipes, o que provoca um equilíbrio e competitividade muito grandes. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!