sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

Alpha Notícias: Ford utilizar a tecnologia de drones para emergências




Fabricante convida desenvolvedores de softwares para operar o equipamento

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

A Ford apresentou uma tecnologia de comunicação de veículos com drones projetada para permitir uma ação rápida das Nações Unidas em zonas de emergência atingidas por desastres. 

Ao mesmo tempo, convidou desenvolvedores de todo o mundo a criar o software operacional do equipamento, tendo como base a picape Ford F-150 e o seu sistema multimídia SYNC AppLink, ou a plataforma aberta Open XC.

O desafio, chamado “DJI Developer Challenge”, foi lançado na abertura da CES 2016, maior feira de inovação do mundo, em Las Vegas. Ele é promovido em parceria com a DJI, empresa líder global em drones profissionais, e dará ao vencedor um prêmio de 100 mil dólares. 

O objetivo é criar um sistema de inspeção de zonas de emergência inacessíveis a veículos para uso no Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas. A tecnologia permitiria aos socorristas enviar drones rapidamente às áreas mais atingidas por terremotos ou tsunamis para levantamento e mapeamento, tendo como base uma F-150.

“Na Ford, estamos buscando a inovação em todas as áreas do nosso negócio para tornar a vida das pessoas melhor”, diz Ken Washington, vice-presidente de Pesquisa e Engenharia Avançada da Ford. “Trabalhar com a DJI e as Nações Unidas é uma oportunidade de fazer uma grande diferença, com veículos e drones trabalhando juntos para o bem comum.”

O desafio faz parte do Ford Smart Mobility, plano desenvolvido pela empresa para atingir um novo nível em conectividade, mobilidade, veículos autônomos, experiência do consumidor e análise de dados.

Ford F-150 como base para drones

O desafio para os desenvolvedores é criar um software que permita a comunicação entre a F-150 e o drone em tempo real. O sistema de levantamento rápido em emergências das Nações Unidas funcionaria dessa forma: 

* Em um desastre, uma equipe de emergência iria com uma F-150 o mais perto possível da zona de emergência causada por um terremoto ou tsunami. 

* Usando a tela sensível ao toque do Ford SYNC, o motorista poderia identificar uma área alvo e lançar um drone, acessando um aplicativo através do Ford SYNC AppLink. O drone seguiria um plano de voo sobre a área, gravando vídeo e criando um mapa de sobreviventes, com imagens ampliadas de cada um. 

* Usando o smartphone do motorista, a F-150 estabeleceria uma ligação em tempo real entre o drone, a picape e a nuvem, para as informações poderem ser compartilhadas. O drone poderia receber instruções para retornar à picape em um novo destino, permitindo a sua mobilidade. 

Os desenvolvedores poderão usar dados do veículo disponíveis no SYNC AppLink ou na plataforma OpenXC para criar uma experiência integrada de comunicação entre o drone e o veículo. Embora o desafio tenha um foco específico, o software também poderá ser aplicado na agricultura, conservação florestal, construção, inspeção de pontes, busca e salvamento e outros ambientes de trabalho em que haja limitações de espaço, altura ou terreno para os veículos. Mais informações estão disponíveis no site http://developer.dji.com/challenge2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!