terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Alpha Serviços: Confira dicas para uma viagem segura no Carnaval




Segundo especialista da CESVI BRASIL, ações simples podem garantir um feriado sem acidentes

Texto: Assessoria de Imprensa

Faltando poucos dias para o Carnaval 2016, muitos se preparam para cair na estrada e aproveitar os dias de folia. 

No entanto, alguns cuidados simples, que não envolvem somente a revisão de itens básicos do carro mas o bem-estar de todos, podem evitar que o passeio se transforme em dor de cabeça. Para ajudar a elaborar a lista de recomendações, Emerson Feliciano, superintendente técnico do Centro, dá dicas importantes para a segurança no trânsito.

“A maioria pensa que, para uma primeira inspeção no veículo, é preciso levá-lo até uma oficina. Mas algo simples de se fazer e que pode evitar acidentes na estrada é a inspeção visual. E não é preciso nenhum conhecimento técnico avançado para fazê-la. O conjunto de iluminação e sinalização, por exemplo, são itens simples que podem ser avaliados na própria residência. Basta acionar os faróis, lanternas, luzes de freio e setas e observar se as lâmpadas estão funcionando normalmente. Caso apresente algum item inoperante, o manual do proprietário pode ajudar com mais informações. Se não se sentir confiante de realizar a manutenção, é bom procurar uma oficina para realizá-la com profissionais qualificados. Outra verificação importante e fácil é a análise dos níveis de fluidos em geral do veículo, como do óleo do motor, de arrefecimento, dos freios e do limpador de para-brisas”, reforça Feliciano.

A falta de verificação do estado dos pneus às vezes fica de fora da inspeção antes da viagem e não pode ser ignorada. “Checar o estado de desgaste dos pneus e a pressão dos mesmos é muito importante. A mesma dica vale para o estepe, esquecido por boa parte dos motoristas. Pneus carecas, vale lembrar, perdem aderência ao solo e trazem riscos para a segurança de quem está no veículo. Por fim, cheque se a chave de roda, o macaco e os triângulos de sinalização estão no carro”, alerta.

Durante o Carnaval, é comum que o motorista dirija por um longo período e tenha que enfrentar, além do cansaço, distrações ao volante durante todo o percurso. “Boa parte de quem pega a estrada no Carnaval é porque vai festejar longe de casa, em outras cidades ou em locais que exijam deslocamento. Todos sabem, mas é importante reforçar que bebida e direção não combinam. Se ingerir bebidas alcóolicas ou estiver muito cansado, opte por transportes públicos. E claro, o uso de cinto de segurança pelos ocupantes do veículo, inclusive os que viajam nos bancos de trás, é obrigatório, segundo o Código de Trânsito Brasileiro. A infração é considerada grave se descumprida e a multa é de R$ 127,69*. Respeitar estas regras básicas significa considerar a vida do próximo na estrada, sem dúvidas.”, finaliza o especialista.

Confira a lista de recomendações do CESVI BRASIL para um Carnaval seguro:

Uso de celular: o telefone celular só pode ser usado quando o veículo estiver estacionado. Então, enquanto o carro estiver em deslocamento, o aparelho pode ser utilizado somente na função GPS e deve estar devidamente fixado. Dirigir utilizando aparelho celular ou fones de ouvido é proibido. Esta é considerada uma infração média, com multa de R$ 85,14, além de custar 4 pontos na CNH*.

Bebida, fadiga e distrações: em caso de ingestão de bebidas ou de cansaço, prefira aguardar ou descansar até que passem os efeitos. O sono é uma condição perigosa para a direção e deve ser evitada. 

Limites de velocidade: quanto mais rápido estiver o carro, menores as chances de prevenção de acidentes. Ficar atento aos limites de velocidade e respeitá-los é uma boa pedida. A 100 km/h, por exemplo, um carro percorre 28 metros, o que equivale a sete carros populares enfileirados. Qualquer manobra nesta velocidade se torna muito difícil.

Ultrapassagem: em regra, a ultrapassagem deve ser feita pela esquerda, sendo obrigatório que o condutor siga alguns passos, como certificar-se de que não há condutor ultrapassando o seu próprio veículo no momento da manobra e indicar, com antecedência, mediante uso das setas o que fará. 

Cuidados nas rodovias: ao dirigir nas estradas, é bom os condutores respeitarem os limites de velocidade de cada uma e obedecer às sinalizações das vias. Verificar o melhor horário de viagem é uma boa alternativa para evitar tráfegos intensos. Se possível, é preferível viajar pela manhã, em que a visibilidade é melhor. 

Transporte de crianças: o condutor deve estar atento aos equipamentos de segurança adequados à cada idade, peso e altura da criança. O uso de cadeirinhas é obrigatório desde 2008 para os pequeninos com até 7 anos e meio de idade. Mas vale lembrar que não basta colocar a criança na cadeirinha sem o cinto de segurança. Sem ele, a criança fica solta e pode ser arremessada para frente caso ocorra algum impacto.

Cuidado com os blocos de rua: durante o Carnaval, é comum a realização dos chamados blocos de rua, em que há a aglomeração de pessoas. E o pior, geralmente distraídas. Os motoristas devem dirigir com cautela e prestar atenção nos limites de velocidade em vias de bairro. Já aos pedestres, é recomendável que utilizem as faixas para travessia e que evitem ficar isolados em vias de grande circulação de carros. O índice de sobrevivência a um atropelamento com velocidade superior a 80 km/h é praticamente nulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!