quarta-feira, 16 de março de 2016

Alpha Esportes: Ford pronta para as 24 Horas de Le Mans




Equipe Ford Chip Ganassi Racing quer reeditar a história do modelo GT na competição 

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

A Ford aposta na reedição das vitórias do GT nas pistas e montou uma estrutura altamente competitiva formada por uma verdadeira legião estrangeira de pilotos. 

Para o retorno às 24 Horas de Le Mans, comemorando os 50 anos da vitória histórica na maior corrida de resistência do mundo, a equipe Ford Chip Ganassi Racing acaba de confirmar a contratação de Sébastien Bourdais, Scott Dixon, Billy Johnson e Harry Tincknell, fechando a lista de 12 pilotos da equipe que estarão no cockpit dos quatro Ford GT.

Todos pertencem à elite do automobilismo mundial e representam nada menos que oito nacionalidades, com a missão de levar o supercarro de volta ao pódio. O Ford GT número 66 terá o alemão Stefan Mücke, o francês Olivier Pla e o americano Billy Johnson, enquanto o escocês Marino Franchitti, o britânico Andy Priaulx (da Ilha Guernsey) e o inglês Harry Tincknell comandam o carro número 67. 

No Ford GT número 68 estarão o americano Joey Hand, o alemão Dirk Müller e o francês Sébastien Bourdais. Já o carro 69 terá o neozelandês Scott Dixon, o inglês Richard Westbrook e o australiano Ryan Briscoe.

"Estamos satisfeitos por ter uma equipe de pilotos muito forte para o nosso retorno às 24 Horas de Le Mans", diz Raj Nair, vice-presidente de Desenvolvimento do Produto Global da Ford. "Montamos uma equipe talentosa e experiente em todas as frentes para criar um novo capítulo na história da Ford em Le Mans."

Expectativa

"Aos 24 anos, estar dirigindo um Ford GT em Le Mans exatamente 50 anos após o famoso triplo pódio é incrivelmente especial para mim", diz Harry Tincknell, que já venceu em Le Mans na categoria LMP2 em 2014. "A Ford tem uma história incrível em Le Mans, vamos retomar essa batalha feroz com a Ferrari e todos os fabricantes. Há uma unidade incrível dentro da equipe e estou muito orgulhoso de fazer parte de tudo isso."

“Como o original, o novo Ford GT foi construído para vencer Le Mans, é um carro fantástico de dirigir. É realmente uma honra competir na volta histórica da Ford a Le Mans”, destaca Billy Johnson, que participou do desenvolvimento do Ford GT e atualmente compete na IMSA Continental Tire SportsCar Challenge com o Ford Mustang Shelby GT350R-C.

“Le Mans faz parte do meu coração", diz Sébastien Bourdais. "Eu nasci lá, por isso é muito especial voltar como o garoto local, como já fiz 10 vezes. As pessoas não se esqueceram da história da Ford em Le Mans, apesar de ter sido há muito tempo, o que torna essa corrida ainda mais especial para nós."

"Pela primeira vez eu sou o novato, já que será minha estreia em Le Mans", completa Scott Dixon. "Já testei o Ford GT algumas vezes e sei que temos um grande carro de corrida. Como qualquer piloto, para mim é realizar um sonho correr em Le Mans."

"Pessoalmente e como equipe, estamos entusiasmados em correr em Le Mans este ano", diz Chip Ganassi. "Eu corri lá uma vez como piloto em 1987 e desde então penso em voltar. Estar com a Ford e o novo GT torna tudo mais especial e o talento reunido neste time de pilotos só aumenta a expectativa."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!