terça-feira, 1 de março de 2016

Alpha Notícias: Genebra é o palco de estreia da Maserati Levante




Primeiro SUV da marca italiana é um dos destaques do salão suíço

Texto e Fotos: Assessoria de Imprensa

A Maserati apresenta no Salão de Genebrao primeiro SUV de sua história centenária: o Levante. Assim como vários outros modelos da marca, o nome deste carro também foi inspirado por um vento. 

O Levante é um vento quente do Mediterrâneo que pode mudar de uma leve brisa para uma força natural irresistível em um instante, refletindo o caráter do primeiro Maserati SUV.


Com a chegada deste SUV, a Maserati agora cobre todos os segmentos do mercado de automóveis de luxo. O Levante se une aos sedãs Quattroporte e Ghibli, e aos superesportivos Granturismo e Grancabrio na linha da marca. 

Design, exclusividade e desempenho são as características chave para descrever este novo Maserati. Um puro italiano em estilo, com traços icônicos da marca. O interior do carro foi desenvolvido com os melhores materiais, requinte ao olhar e ao tato. Desde o couro até a possibilidade de seda Ermenegildo Zegna - feita na fábrica da Zegna em Trivero, na Itália, sob um processo de produção patenteado. O Levante combina um interior espaçoso, marcado pelo teto solar panorâmico, à silhueta de um coupé para quem o vê de fora. Sua eficiência aerodinâmica é a melhor da categoria, com um coeficiente Cx de apenas 0.31. 

O SUV é baseado na arquitetura dos sedãs Quattroporte e Ghibli, com evoluções e refinamentos para superar as expectativas deste segmento de mercado. A tecnologia embarcada foi desenvolvida para oferecer um desempenho excepcional tanto no uso urbano, quanto na utilização off-road. Uma sofisticada suspensão a ar, controlada eletronicamente e ajustável em cinco níveis, é um dos fatores essenciais para a dirigibilidade do carro. 

A Maserati ainda desenvolveu o SUV com menor centro de gravidade do segmento e com uma distribuição de peso perfeita entre dianteira e traseira: 50-50. Altos níveis de torção e rigidez à flexão, além do diferencial traseiro autoblocante mecânico, fazem o Levante oferecer o desempenho e a emoção de pilotar no asfalto típicos de um Maserati. 

A possibilidade de ajustar a altura da suspensão é particularmente útil no uso fora de estrada, garantindo conforto único na categoria. Ao mesmo tempo, em sua configuração mais baixa, permite que o lado esportivo do Levante seja usado em seu melhor potencial. 

Serão três opções de motorização: V6 biturbo à gasolina com 350 ou 430 cv; e um V6 turbo à diesel. Em todas as versões, o Levante será equipado com o sistema de tração integral Q4, câmbio automático de oito velocidades e sistema Start&Stop. 

Em termos de desempenho, o Levante S (430 cv) acelera de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos, e atinge uma velocidade máxima de 264 km/h. A versão Levante (350 cv) vai de 0 a 100 km/h em 6,0 segundos, com velocidade máxima de 251 km/h. Já o motor a diesel (275 cv) leva 6,9 segundos para acelerar de 0 a 100 km/h e chega aos 230 km/h de velocidade máxima. 

A interface entre homem e máquina a bordo do carro é baseada em uma evolução do sistema Touch Control da Maserati. A tela de 8,4” é sensível ao toque e pode ser operada, também, por um novo controle rotatório integrado ao túnel central. 

Os sistemas de assistência ao motorista incluem: controle de velocidade cruzeiro com função Start&Stop; alerta para risco de colisão dianteira; assistência automática dos freios e alerta para mudança de faixa. 

O Maserati Levante está sendo produzido em uma planta dedicada, redesenhada e modernizada em Mirafiori, Turim (Itália). As primeiras unidades já saíram da linha de produção e devem chegar aos concessionários europeus ainda na primavera do hemisfério norte. No Brasil, onde a Maserati é representada oficialmente pelo Grupo Via Italia, o carro será lançado em 2016. Mas ainda sem data, versões e preços definidos. 

Confira as especificações técnicas de cada versão do Levante apresentada em Genebra:

Maserati Levante 350 cv

Motor: 2,9L V6 biturbo a gasolina
Potência: 350 cv a 5.750 rpm
Torque máximo: 500 Nm entre 4.500 e 5.000 rpm
0 a 100 km/h em 6s
Velocidade máxima: 251 km/h
Câmbio: ZF AT8 - HP70 de 8 velocidades
Transmissão: Q4 / Tração integral
Comprimento: 5.003 mm
Largura: 1.968 mm
Altura: 1.679 mm
Entre-eixos: 3.004 mm
Pneus: 255/60 ZR18

Maserati Levante 430 cv

Motor: 2,9L V6 biturbo a gasolina
Potência: 430 cv a 5.750 rpm
Torque máximo: 580 Nm entre 4.500 e 5.000 rpm
0 a 100 km/h em 5,2s
Velocidade máxima: 264 km/h
Câmbio: ZF AT8 - HP70 de 8 velocidades
Transmissão: Q4 / Tração integral
Comprimento: 5.003 mm
Largura: 1.968 mm
Altura: 1.679 mm
Entre-eixos: 3.004 mm
Pneus: 265/50 ZR 19 (dianteira) / 295/45 ZR19 (traseira)

Maserati Levante Diesel 275 cv

Motor: Turbodiesel V6 de 2,9L
Potência: 275 cv a 4.000 rpm
Torque máximo: 600 Nm entre 2.000 e 2.600 rpm
0 a 100 km/h em 6,9s
Velocidade máxima: 230 km/h
Câmbio: ZF AT8 - HP70 de 8 velocidades
Transmissão: Q4 / Tração integral
Comprimento: 5.003 mm
Largura: 1.968 mm
Altura: 1.679 mm
Entre-eixos: 3.004 mm
Pneus: 255/60 ZR18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!