quinta-feira, 5 de maio de 2016

Alpha Notícias: A importância do uso do cinto de segurança




A utilização do dispositivo de segurança é obrigatória para o condutor e para todos os passageiros do veículo

Texto: Assessoria de Imprensa

O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) faz um alerta sobre a importância do uso do cinto de segurança a todos os ocupantes de veículos, tanto em perímetro urbano quanto nas rodovias. O cinto pode salvar vidas e é equipamento de uso obrigatório no banco dianteiro e no banco traseiro. 

Conforme prevê o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a utilização do cinto de segurança é exigida a todos os motoristas e passageiros de automóveis. Ele é dispensável somente nos veículos em que é permitido o transporte de pessoas em pé, como os ônibus urbanos e micro-ônibus produzidos até 1º de janeiro de 1999. 

“O uso do cinto de segurança evita sequelas e mortes em acidentes de trânsito. É fundamental a conscientização dos cidadãos em relação ao uso do equipamento”, afirma Neiva Aparecida Doretto, diretora-vice-presidente do Detran.SP. 

Deixar de utilizar o cinto é infração grave, com multa de R$ 127,69, além de cinco pontos na habilitação do condutor. 

Em 2015, o Detran.SP aplicou um total de 150.102 multas no perímetro urbano pela falta do uso de cinto de segurança, tanto por condutores quanto por passageiros. No ano de 2014, 153.465 multas foram aplicadas pela mesma infração só pelo Departamento de Trânsito. 

Além do Detran.SP, por meio da Polícia Militar, as prefeituras e órgãos de trânsito rodoviários, como o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Polícia Rodoviária Federal (PRF) também fiscalizam e multam pelo não uso do cinto de segurança. 

Cinto no banco traseiro – Em pesquisa realizada no segundo semestre de 2015, a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (ARTESP) diagnosticou que 38% dos passageiros não utilizam o dispositivo de segurança no banco de trás. 

O levantamento revela ainda que 11% dos passageiros no banco da frente também não usam o cinto e 9% dos motoristas trafegam sem utilizar o equipamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!