domingo, 19 de junho de 2016

Alpha Notícias: Ford Fusion 2017 ganha nota máxima de segurança




Modelo recebeu classificação “Top Safety Pick+” nos Estados Unidos 

Texto e Foto: Assessoria de Imprensa

O Ford Fusion 2017 recebeu a classificação máxima de segurança do IIHS (Insurance Institute for Highway Safety), instituto que serve de referência para as companhias de seguros no mercado norte-americano quanto ao nível de proteção oferecido pelos veículos. 

O modelo alcançou as notas mais altas nos cinco testes de impacto realizados, o que lhe garantiu o prêmio “Top Safety Pick+”, distinção concedida somente a carros com excepcional desempenho.

"O Ford Fusion 2017 é o nosso carro mais avançado e estamos orgulhosos de vê-lo reconhecido também pela NHTSA e pelo IIHS pelo desempenho em segurança", diz Bill Strickland, engenheiro-chefe de programas da Ford. "Seus novos recursos incluem um sistema de detecção de pedestres e estacionamento automático em vagas paralelas e perpendiculares, ao lado de outros já existentes, como o sistema de manutenção na faixa e o alerta de pontos cegos e tráfego cruzado."

Para receber a classificação “Top Safety Pick+” do IIHS o veículo precisa somar notas altas em todos os cinco testes de resistência a impacto. Além desse rigor, precisa contar com um sistema de prevenção de colisão dianteira com nível de proteção avançado ou superior.

Resultado do teste

A estrutura dianteira modificada e o novo sistema de frenagem ativa ajudaram o sedã de luxo da Ford a atingir a classificação máxima em impacto dianteiro. Como os modelos anteriores da linha, também se saiu bem nos outros quatro testes de impacto: sobreposição dianteira moderada, resistência lateral, do teto e apoios de cabeça.

A classificação do carro quanto à prevenção de impacto frontal também chegou ao nível superior com a introdução do sistema de frenagem ativa. Nos testes de pista conduzidos a 19 km/h e 40 km/h, o equipamento mostrou ser capaz de evitar a colisão. O sistema, opcional, inclui ainda um alerta de colisão dianteira que atende aos padrões da National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), órgão regulador de segurança do trânsito nos Estados Unidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!