quinta-feira, 23 de junho de 2016

Alpha Notícias: Honda Civic Type R bate recordes na Europa




Modelo registra melhores tempos de volta em cinco lendários autódromos no continente

A Honda levou o Civic Type R para os míticos autódromos de Silverstone, Spa-Francorchamps, Monza, Estoril e Hungaroring para quebrar novos recordes de volta para carros de produção com tração dianteira. 

Inspirados pela volta recordista do Type R em Nürburgring Nordschleife, em maio de 2014, dentre os carros de tração dianteira, o time da Honda promoveu esse desafio europeu para reforçar o hatchback como o líder em performance em sua categoria. 

A campanha teve início em um dia chuvoso de abril, em Silverstone, a “casa” do Grand Prix Britânico. Matt Neal, vencedor por três vezes do Campeonato Britânico de Turismo (BTCC), assumiu a direção para registrar o tempo de volta de 2 minutos e 44,45 segundos. Não contente com esse resultado, Matt e o time retornaram ao circuito um mês depois para registrar novo tempo, desta vez em pista seca, de 2 minutos e 31,85 segundos. 

No início de maio, a atenção foi desviada para o icônico circuito belga de Spa-Francorchamps. O autódromo, aclamado por competidores de todas as nacionalidades e que traz a famosa curva Eau Rouge, foi enfrentado pelo jovem Rob Huff, que completou o trajeto em 2 minutos e 56,91 segundos. 

Com dois recordes batidos, o histórico autódromo de Monza, na Itália, foi o próximo alvo. Outro membro do esquadrão da Honda no Campeonato Mundial de Turismo (WTCC), o húngaro Norbert Michelisz, assumiu o volante e conduziu o Type R pela famosa curva Parabolica para chegar ao tempo de 2 minutos e 15,16 segundos. 

O clima do desafio estava sendo construído para a sessão final em Hungaroring, mas, primeiro, uma viagem até a clássica Estoril com o piloto português Tiago Monteiro para tomar as rédeas nas pistas. No entanto, um grave acidente durante a etapa alemã do WTCC colocou o ás da Honda fora de ação. Com isso, ficou a cargo do piloto português do safety car da WTCC, Bruno Correia, o desafio. Apenas 24 horas após ser chamado, e com apenas um dia de experiência com o carro, Bruno fez o tempo de 2 minutos e 4,08 segundos, quebrando mais um recorde. 

Finalmente, o time desembarcou para a última sessão na Hungria, dia 6 de junho. O piloto ideal para essa missão foi, novamente, Norbert Michelisz, por conta de sua vitória no mesmo circuito com um Civic Type R de WTCC pela Zengõ Motorsports. Durante dois dias, Norbert levou o Type R de produção em seu limite para registrar o recorde de 2 minutos e 10,85 segundos, fechando a sequência de melhores voltas nos cinco circuitos. 

O vice-presidente da Honda Motor Europa, Phillip Ross, comentou: “Esse desafio reafirma a posição do Civic Type R como líder em desempenho dentre os automóveis de tração dianteira. Com o suporte de nossos pilotos do campeonato de turismo, confirmamos que o Type R foi desenvolvido para ser o definitivo carro de corrida para as ruas”. 

Tempos de volta do Civic Type R

Data
Autódromo
Tempo de Volta
Piloto
4 de abril de 2016
Silverstone, Reino Unido
2’44.45(chuva)
Matt Neal (GBR)
26 de abril de 2016
Silverstone, Reino Unido
2’31.85 (seco)
Matt Neal (GBR)
10 de maio de 2016
Circuit de Spa-Francorchamps, Bélgica
2’56.91
Rob Huff
(GBR)

23 de maio de 2016
Autodromo Nazionale Monza, Itália
2’15.16
Nobert Michelisz
(HUN)

31 de maio de 2016
Autódromo do Estoril, Portugal
2’04.08
Bruno Correia (POR)
6 de junho de 2016
Hungaroring, Hungria
2’10.85
Nobert Michelisz
(HUN)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!