domingo, 24 de julho de 2016

Alpha Esportes: Fórmula Inter é apresentada com preço de R$13.990,00 por etapa




Primeira categoria de monopostos nacionais com sistema "seat and drive" tem extenso pacote promocional, de entretenimento e de mídia 

A Fórmula Inter foi apresentada. A categoria realizou o seu primeiro teste coletivo com etanol, combustível que vai movimentar os monopostos. O valor da locação por prova para a temporada é de R$ 13.990,00 por etapa, para o pacote de 11 etapas.

"Para nós é motivo de muito orgulho ter chegado até aqui, afinal somos hoje uma excelente opção de desenvolvimento profissional para pilotos e novos profissionais que desejam se dedicar ao automobilismo profissional e que muitas vezes encontram um mercado cada vez mais proibitivo a sua frente. Além disso, iniciamos nossa trajetória apoiados por importantes parceiros estratégicos, que sem dúvida irão somar esforços e valores para que venhamos a ser a maior categoria de fórmula do país", comemora Marcos Galassi, Diretor Geral da categoria. 

O Fórmula Inter foi totalmente projetado e construído no Brasil. Seu projeto de engenharia foi testado, validado e certificado em testes por meio de softwares de simulação, que asseguram o atendimento às melhores normas de segurança, resistência e eficiência torcional. Trata-se de um trabalho combinado, que envolveu as experiências de um dos mais tradicionais construtores de carros de corrida do Brasil, o Sr. José Minelli, somada a dos estudantes de engenharia da FEI, responsáveis pelos projetos dos Fórmula SAE desenvolvidos por aquela instituição, e vencedores de competições internacionais.

Cerca de 95% dos componentes do carro foram desenvolvidos e são produzidos na fábrica da Formula Inter em São Paulo, adotando soluções sustentáveis como combustível etanol e pintura com tinta a base de água.

O carro tem um desenho inovador de grandes dimensões, e sua aerodinâmica foi projetada utilizando os mesmos softwares (Computer Fluid Design) utilizados por uma das principais equipes de Fórmula 1. A carenagem e as asas foram produzidas pioneiramente no Brasil por controle numérico computadorizado (CNC), o que garante qualidade e elevado padrão de acabamento. 

Além de ter crash box dianteiro e traseiro, os destaques para a segurança vão para os side pods estruturais em plano inclinado - que evitam que o piloto seja atingido por impacto lateral -, e pelo habitáculo em fibra de carbono e anel de segurança para a cabeça do piloto. O volante é com painel eletrônico "on-board".

O Fórmula Inter vai utilizar rodas de fabricação própria em magnésio de aro 13 polegadas, com tala 8" na dianteira e 11" na traseira, que recebem pneus Pirelli PZero Slick, 225/40 VR13 dianteiros e 265/540 VR13 traseiros.

O Power train é composto por motor 2.0, quatro cilindros, 16 válvulas, injeção direta, que gera 191 hp e torque máximo de 21 kgfm a 6.000 rpm, acoplado a caixa de câmbio produzida pela própria F.Inter com 5 marchas em "h". A velocidade máxima projetada em Interlagos aproxima-se dos 250 km/h 

"Segurança, desempenho, competitividade, aprendizado, profissionalismo e baixos custos são os pilares que nos motivam a criar uma categoria completamente nova, com ideias novas, que refletem todo o potencial que nosso país tem no desenvolvimento do esporte a motor", enaltece o executivo.

O modelo de participação será o de locação, através de uma organização única, e compreende uma série de entregáveis que vão muito além da disponibilidade do carro propriamente, e serão oferecidos imediatamente no fechamento do contrato para toda a temporada. Trata-se de uma oferta completa para quem quer começar ou permanecer no automobilismo.

Inclusos no pacote estão pneus e combustível necessários ao cumprimento dos treinos oficiais, classificações e corridas, de acordo com o regulamento técnico e desportivo a ser publicado em breve. 

A Incubadora de pilotos Fórmula Inter, iniciativa inédita no Brasil, é um programa que visa formar jovens que sonham em ser piloto de automobilismo através de um programa subsidiado. 

A primeira turma da Incubadora Fórmula Inter é formada por Daniel Mageste (RJ), Thiago Izequiel (RJ), João Bedin (SC), André Giotto (SC), Silvano Fernandes (RS), Nikolas Gaigalas (SP), Leandro Montalvão (SP), Luiz Júnior (SP) e Luan Giraldi (SP).

Muito mais que pilotar, o profissional do automobilismo deve estar preparado para todos os desafios de uma carreira extremamente competitiva. A missão da Formula Inter é oferecer os meios e a experiência de quem já chegou lá para criar oportunidade de capacitação profissional dos pilotos.

Por isso, a categoria oferece a todos os seus pilotos acesso à Academia F.Inter, que irá ministrar aulas de mecânica, tecnologia de dados, técnicas de pilotagem, media training, marketing e vendas, entre outras disciplinas complementares para quem deseja se aprimorar na profissão, tudo sob a supervisão do ‘reitor’ Roberto Pupo Moreno, ex-piloto de Fórmula 1 e Fórmula Indy. 

"Temos a experiência de todos os profissionais competentes que fazem parte da Fórmula Inter, e que estarão envolvidos em todas as etapas durante a passagem do piloto por ela e certamente vão contribuir para seu crescimento e para sua realização pessoal. Por isso foi formada a Academia Fórmula Inter, uma universidade para os nossos jovens talentos e futuros campeões", anuncia Marcos Galassi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!