segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Coluna "Mecânica Online": Motocicletas cada vez mais eficientes




Tarcisio Dias*

Recentemente a Honda apresentou cinco novidades para o mercado brasileiro de motocicletas. E o melhor em acompanhar esses lançamentos é ver o ganho em eficiência que os novos modelos estão recebendo, mostrando que a engenharia sempre busca o melhor resultado em diversas áreas de um projeto. Esse deve sempre ser o objetivo. Nessa linha, destaco na coluna o trabalho aplicado na nova 750X, modelo de alta cilindrada produzida em Manaus (AM), que inaugura os 3 anos de garantia para seu segmento sem limite de quilometragem.

Entre as novidades introduzidas destaque para o design totalmente renovado, com novas carenagens de desenho mais agressivo, nova iluminação em LED e novo formato esportivo do escapamento.

Até mesmo o painel foi modificado e conta com LCD maior para melhor visualização em situações de baixa luminosidade durante os deslocamentos. O para-brisa frontal foi ampliado para garantir um menor impacto do vento.

Um diferencial do modelo é o compartimento de bagagens e pequenos volumes, localizado onde normalmente está o tanque de combustível em outros modelos. Item exclusivo da Honda na categoria, esse espaço foi ampliado para 22 litros e representa o ápice em conforto e conveniência para os motociclistas que precisam de um porta-volumes para guardar objetos pessoais ou até mesmo um capacete fechado.

A preocupação na melhoria chegou ao ponto de permitir a possibilidade de customização das cores emitidas pelas luzes do painel de instrumentos, uma inovação que promete agradar aos que procuram dar um toque mais pessoal ao visual do conjunto. Completo e digital, o visor é amplo e traz informações dos alertas luminosos da parte elétrica e mecânica do modelo, além de conta-giros, indicador de combustível, relógio e hodômetro duplo (total e parcial).

Desde o seu lançamento em 2012 (originalmente com o motor de 700 cm³), a crossover NC750X se tornou um verdadeiro sucesso no mercado, não só no Brasil – onde tem a liderança de seu segmento - como também na Europa, onde hoje é uma das dez motocicletas mais vendidas.

Versátil, econômica, confortável e de ótima dirigibilidade, mantém o já consagrado motor bicilíndrico em linha de 745cm³, OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, arrefecimento a líquido e injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). Com ótimo desempenho e rápidas respostas, o motor a gasolina da NC750X tem potência máxima de 54,5 cv a 6.250 rpm e torque de 6,94 kgfm a 4.750 rpm.

Ajustes no mapeamento da injeção eletrônica e a adoção de um novo sistema de escape em formato esportivo, mais curto e leve, com catalisador incorporado, garantiram total conformidade do modelo com a segunda fase do PROMOT 4, (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares).

A suspensão dianteira possui garfo telescópico e ganhou novos ajustes e componentes. Conta agora com novo amortecedor, com curso de 153,5 mm. Já a traseira do tipo Pró-link, tem curso de 150 mm e possibilidade de novos ajustes na pré-carga da mola.

A distância entre eixos é de 1.534 mm, o que e privilegia a pilotagem em curvas. A NC750X versão 2016 ganhou pneus Dunlop 120/70 ZR17M/C (dianteira) e 160/60 ZR17M/C (traseira), que também garantem uma pilotagem com total conforto e segurança no rodar.

O modelo será oferecido em versão única equipada com freios ABS (antitravamento), que propicia maior segurança em condições adversas de pilotagem, como pistas em desnível, escorregadias ou mesmo frenagens bruscas em situações de emergência. Um disco simples de 320 mm na dianteira e outro com 240mm na traseira garantem total segurança ao motociclista nestas condições.

Rápidas

Sozinho - A Volvo Cars realizou o lançamento oficial do projeto de condução autônoma pública mais avançado e ambicioso do mundo, ao produzir o primeiro veículo com essa tecnologia para o Drive Me, em Gotemburgo, na Suécia. O XC90 autônomo é o primeiro, de uma série de carros autônomos, que serão entregues a famílias para serem dirigidos em estradas públicas e que vão acrescentar a capacidade plena que libera os motoristas de usarem as mãos e os pés em zonas de condução especiais, movidos pelo que a Volvo chama de seu Cérebro de Condução Autônomo.

Emoções - A famosa valsa “Danúbio Azul” ganha uma nova versão e conduz a narrativa do filme, mostrando a emoção de quem dirige o novo Civic Geração 10. A sensação de estar ao volante do carro é comparada a grandes emoções que podemos viver em nossas vidas. O modelo possui duas opções de motorização – 2.0 FlexOne, para as versões Sport, EX e EXL e 1.5 Turbo para a Touring.

Unicamente turbo - A partir de agora a Citroën passa a oferecer no Citroën C4 Lounge o motor THP Turbo FLEX em todas as versões, assegurando um comportamento dinâmico de referência mesmo na versão de entrada, Origine. O modelo também ganha uma nova caixa de câmbio manual, agora de 6 marchas, garantindo mais dinamismo e uma economia de combustível 17% superior se comparada à versão anterior.

*Tarcisio Dias éprofissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.

Coluna Mecânica Online® - Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuída gratuitamente todos os dias 10, 20 e 30 do mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!