domingo, 16 de outubro de 2016

Alpha Pesados: DAF Caminhões segue crescendo após três anos de produção no Brasil




Com capacidade para até dez, produção passará para quatro caminhões por dia 

A DAF Caminhões Brasil comemora três anos de operação na fábrica de Ponta Grossa, Paraná. Neste período, foram mais de 1.400 caminhões vendidos, sendo 436 unidades no acumulado de janeiro até julho de 2016. Essa quantidade garante crescimento de 59% nas vendas em relação ao mesmo período do ano anterior.


“Completamos três anos de operações no Brasil colhendo os resultados de uma estratégia assertiva e de um trabalho excepcional de todo o time DAF. Temos a certeza de estar criando uma base sólida para, em pouco tempo, estarmos entre as maiores fabricantes de caminhões pesados do Brasil, com produtos de alta qualidade e ideais para os negócios dos nossos clientes”, celebra Michael Kuester, Presidente da DAF Caminhões Brasil.

A linha de produção, com capacidade de produzir até dez caminhões por dia, está em constante evolução. A partir deste mês, a fábrica passa a produzir quatro caminhões por dia. Na mesma data, em 2015, eram registrados dois veículos por dia. A linha de motores, inaugurada no final do ano passado, acompanha o aumento na produção diária.

O executivo reconhece que boa parte das conquistas no Brasil é devido ao esforço de todo o time DAF, incluindo os colaboradores da fábrica e as equipes das concessionárias. Ambos têm recebido constantes treinamentos relacionados aos produtos e serviços da marca, assim como do mercado de pesados. O investimento nas equipes também inclui a ampliação do time comercial, com profissionais qualificados e atualizados com o setor.


Produto

Atualmente, são produzidos na fábrica de Ponta Grossa todas as versões dos caminhões XF105 e do CF85. O primeiro é o pioneiro da marca no Brasil e o responsável pela celebração de três anos do primeiro caminhão DAF na linha nacional.

O XF105 é comercializado nas versões 6x2 e 6x4, com três opções de motorização: 410 cv, 460 cv e 510 cv. O veículo é indicado para o transporte rodoviário de longas distâncias, até 74 toneladas.

O CF85 chegou ao mercado em 2015. O modelo versátil é indicado para diversos tipos de operações em curtas distâncias, até 56 toneladas. O CF é vendido nas versões 4x2 e 6x2 e possui duas opções de motor, 360 cv e 410 cv.


Testes de validação

Desde a chegada da DAF ao país, foram contabilizados quase 6 milhões de quilômetros de ambos os caminhões em testes. Essa quantidade é devido ao rigoroso ciclo de avaliação da marca, aproximadamente três vezes maior que o praticado no mercado.

Os testes acontecem em campo, em atividades severas e com diversos tipos de climas e topografia de todas as regiões do Brasil. Para isso, a DAF conta com todo o time de engenharia e de transportadoras e clientes parceiros. O objetivo é atender bem a demanda do mercado brasileiro, com ofertas cada vez mais assertivas.

“O principal objetivo do teste é nos anteciparmos de qualquer imprevisto que os caminhões possam ter. Se nosso produto pode apresentar alguma falha, queremos ser os primeiros a saber e solucionar, evitando qualquer prejuízo para nossos clientes. Também, por isso, é interessante avaliarmos diversas aplicações em diferentes climas e regiões”, explica Ricardo Coelho, Diretor de Desenvolvimento de Produto.

Mais de 500 mil km rodados

O primeiro caminhão fabricado no país foi entregue em janeiro de 2014 para a Transportes Begnini, que atua nos segmentos de transporte de carga seca e viva, contêiner e têxtil e possui sede em Carambeí, no Paraná. A negociação foi feita pela concessionária MacPonta, de Ponta Grossa.

Atualmente, o caminhão já ultrapassou 500 mil quilômetros e, de acordo com Daniel Begnini, proprietário da transportadora, após quase três anos de operação, o veículo está inteiro e precisou apenas de pequenos reparos. Begnini também afirma que o custo de manutenção é muito baixo e que os gastos que teve com o XF105 estão abaixo da metade dos valores utilizados em outros caminhões da frota.

“Nós compramos o primeiro caminhão que a DAF vendeu no Brasil. Atualmente, esse XF105 já ultrapassou 500 mil quilômetros e está inteiro, com poucos reparos e baixo custo de manutenção. O diferencial do caminhão DAF é a robustez. Ele é forte e tem um desempenho formidável. Os motoristas brigam para ter o caminhão DAF com ele. Outra vantagem é o custo de manutenção muito baixo. Os gastos que temos com o caminhão estão abaixo da metade do que atingimos com os outros caminhões da nossa frota. Além disso, o DAF nunca perdeu 1 hora de trabalho, estamos muito contentes com ele justamente por isso. O resumo dos caminhões XF e CF em três palavras são: conforto, segurança e trabalho. Aproveitando a data comemorativa, queremos parabenizar a DAF p elos 3 anos e desejar que continue nesse caminho, e assim, será a marca do Brasil”, completa Begnini.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!