quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Alpha Notícias: Ford mostra em vídeo funcionamento do motor EcoBoost




Motorização equipa no Brasil os modelos Fusion 2.0 EcoBoost e New Fiesta 1.0 EcoBoost

A Ford equipa vários modelos de sua linha com os motores da família EcoBoost, um novo conceito de turbo. Com muita eficiência energética, a linha adota a chamada tecnologia de "downswing", ou seja, com menos cilindrada e mais potência. Presente no Brasil no Ford Fusion 2.0 EcoBoost e no Ford New Fiesta 1.0 EcoBoost, a linha é considerada um marco de inovação.

video

Os novos motores utilizam três tecnologias principais para entregar um nível inédito de potência e economia, que são explicadas de forma simples. O seu funcionamento é controlado por um software exclusivo para otimizar o rendimento em qualquer condição de rodagem. Comparado aos motores convencionais, o EcoBoost conta com uma estrutura pequena e compacta, economizando peso e espaço para aumentar a eficiência. 

Tecnologias-chave

A primeira tecnologia é a injeção direta de combustível, que permite dosar quantidades precisas de combustível diretamente nos cilindros. Feita com eletroinjetores de alta pressão com múltiplas injeções por ciclo, elimina o desperdício de combustível nos dutos de admissão e garante uma combinação perfeita de alta potência e eficiência.

A segunda tecnologia é o turbo, dando uma dose extra de potência para o motor quando necessário. Entre outras inovações, ele trabalha com alta pressão e baixa inércia em altíssimas rotações, de até 248.000 rpm.

A terceira tecnologia é o duplo comando independente e variável de válvulas, que garante a quantidade correta de ar para a queima. Funcionando tanto na admissão como no escape, ele otimiza a eficiência do motor sob todas as condições de operação. Entre outras vantagens, permite a abertura tardia das válvulas de escape para melhorar o consumo de combustível e o cruzamento de válvulas para aumentar o torque em baixa rotação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!