sábado, 6 de maio de 2017

Alpha Notícias: Air France e Porsche juntas em recorde mundial




Cayenne com 385 cavalos reboca Airbus A380 de 285 toneladas 

A busca por um recorde mundial colocou duas grandes marcas lado a lado. Um Porsche Cayenne rebocou com êxito um Airbus A380 da Air France. O modelo rebocou a aeronave de 285 toneladas por uma distância de 42 metros no H6, hangar de manutenção da Air France, no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, superando o recorde mundial anterior de 115 toneladas.


"Conseguimos, estou tão aliviado! Normalmente não chegamos a esse ponto para a testar os limites de nossos carros, mas acho que ficamos bem próximos. Posso dizer que foi um trabalho difícil, mas a Cayenne não falhou e funcionou muito bem. Meus espelhos retrovisores refletiam Airbus, o que foi interessante”, afirmou Richard Payne, técnico da Porsche. 

"Nossos carros podem ir além do que nossos clientes esperam, eles são projetados para serem resistentes. Mas mesmo assim, o que a Cayenne fez foi notável. Nós dirigimos o carro de Londres até aqui e eu planejo levá-lo para casa novamente, depois de ter rebocado um A380. O crédito deve ir para a equipe em Stuttgart que desenvolveu o carro, eles fizeram um trabalho completo. Também estou muito grato à Air France e aos seus engenheiros pela generosidade ao me permitir rebocar a bela aeronave", finalizou o técnico. 

A Air France disponibilizou ao projeto o seu hangar de engenharia de última geração e uma das 10 aeronaves Airbus A380 de sua frota. O hangar de 60.000 metros quadrados, especialmente concebido para hospedar a aeronave, é habitualmente o local que concentra toda a atividade de engenharia e manutenção da frota da Air France. O contraste entre as duas máquinas era impressionante. A Porsche Cayenne (4,8 metros de comprimento) estava ligada ao maior avião de passageiros do mundo, o Airbus A380 (73 metros de comprimento) por meio de um acessório especial na barra de reboque padrão da Cayenne. 

O título foi alcançado por uma Cayenne S Diesel, produzindo 385 cavalos e 850 Nm de torque. O feito foi então repetido utilizando uma Porsche Cayenne Turbo S. 

Gery Mortreux, vice-presidente executivo da Air France Industries acrescentou: "Como a Porsche, a KLM Engineering & Maintenance da Air France Industries prospera na excelência e empurra fronteiras da engenharia. Foi uma honra acolher o Porsche no nosso hangar no Charles de Gaulle, que é habitualmente o lar dos engenheiros que trabalham na nossa frota de 10 Airbus A380 - um dos aviões mais sofisticados do mundo. Esta conquista é uma nova ilustração da maneira como a AFI KLM E & M é capaz de se adaptar a requisitos específicos, e a paixão que colocamos em cada desafio que assumimos. Foi divertido e emocionante ver as duas máquinas juntas - nossos engenheiros ficaram intrigados e impressionados. Parabéns à Porsche pelo feito notável. 

"Eu verifiquei algumas tentativas de registro incríveis durante meu tempo no Guinness World Records, mas assistir uma Porsche Cayenne rebocar um dos maiores aviões no mundo definitivamente classifica como entre os mais espetaculares. Meus parabéns para todos os envolvidos na realização deste feito incrível." Afirmou Pravin Patel, do Guinness World Records.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!