quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Alpha Notícias: Porsche apresenta um renovado Cayenne




Terceira geração chega com novos motores, novo chassi, conceito de controle inovador e mais conectividade

A Porsche apresentou a terceira geração do Cayenne, modelo que agora conta com potentes motores turbo, uma nova caixa de câmbio Tiptronic S com oito velocidades, novos sistemas de chassi e um inovador conceito de display com total conectividade. 


No Brasil a terceira geração do Porsche Cayenne também será comercializada e a previsão de chegada no mercado brasileiro é o segundo semestre de 2018 e, preços e pacotes, ainda não foram definidos.


No lançamento internacional ao mercado, há dois motores de seis cilindros redesenvolvidos à escolha dos clientes: o motor turbo com três litros e 340 cv (250 kW) do Cayenne desenvolve 40 cv (29 kW) a mais do que o modelo anterior. Já o motor V6 biturbo de 2,9 litros do Cayenne S, que alcança uma velocidade de até 265 km/h, tem potência de 440 cv (324 kW) - um acréscimo de 20 cv (15 kW). Equipado com o Pacote Sport Chrono opcional, o novo Cayenne S acelera de 0 a 100 km/h em menos de cinco segundos.

O Cayenne é baseado intimamente no icônico carro esportivo, o 911: a terceira edição do SUV, que também foi aprimorado visualmente, traz agora pela primeira vez pneus com tamanhos diferentes na frente e atrás e eixo traseiro direcional. Além desses itens típicos de um esportivo, o comportamento na estrada foi aperfeiçoado ainda mais pela tração ativa nas quatro rodas, o sistema Porsche 4D Chassis Control, a suspensão pneumática de três câmaras e o sistema eletrônico de estabilização de rolagem Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC)* Apesar do equipamento de série ter sido significativamente ampliado, o novo Cayenne pesa até 65 quilos menos que seu antecessor e continua perfeitamente adequado ao uso fora de estrada.

Esportivo e preciso, com um design clean, novo e ainda assim familiar: a aparência do Cayenne foi aprimorada de acordo com o DNA de Design da Porsche. As entradas de ar aumentadas na dianteira são claros indicadores do maior desempenho. As novas linhas horizontais mais leves fazem com que agora o SUV pareça mais largo e mais atlético, mesmo quando estacionado. Com comprimento externo aumentado em 63 milímetros sem nenhuma mudança na distância entre eixos (2.895 milímetros) e a altura do teto reduzida em nove milímetros compara à de seu antecessor, o elegante e fluído visual do Cayenne, que tem 4.918 milímetros de comprimento e 1.983 milímetros de largura (excluindo os espelhos), foi claramente aperfeiçoado. O volume do compartimento de bagagem agora é de 770 litros - um aumento de 100 litros. As rodas são uma polegada maiores no diâmetro, com pneus e rodas maiores no eixo traseiro pela primeira vez ressaltando a melhoria da dinâmica de condução. O logotipo tridimensional da Porsche une as lanternas traseiras recriadas com um design luminoso tridimensional e uma estreita faixa de LEDs de ponta a ponta.

Internacionalmente a Porsche oferece um novo conceito para os faróis, com três estágios: todos os Cayennes são equipados de série com faróis de LED. No próximo nível, o sistema Porsche Dynamic Light (PDLS) pode ser escolhido como opcional, disponibilizando uma série de modos de iluminação, tais como luzes de curva e de estrada. Os novos faróis principais em LED com facho em matriz incluindo o PDLS Plus se constituem no melhor sistema disponível. A distribuição e intensidade de luz totalmente variáveis é possibilitada por 84 diodos emissores de luz ativados individualmente. Isto significa que o Cayenne pode oferecer novas funções como o facho alto que não ofusca o tráfego em direção contrária, assim como controle adaptativo de sinal luminoso.


O novo SUV da Porsche está sendo lançado em duas versões: O Cayenne, com motor turbo de seis cilindros e três litros de deslocamento tem potência de 340 cv (250 kW) e desenvolve 450 Nm de torque. Isto quer dizer que mesmo o modelo standard alcança um marcante desempenho: ele acelera de 0 a 100 km/h em 6,2 segundos (5,9 segundos com o pacote Sport Chrono). A velocidade máxima é 245 km/h. O segundo modelo lançado é o Cayenne S. Ele é movimentado por um motor V6 2,9 litros com dois turbocompressores. Esse motor, que também passou por novo desenvolvimento, desenvolve 440 cv (324 kW), alcançando um torque de 550 Nm. Ou seja, tem 20 cv (15 kW) mais que seu antecessor. Desta forma, o veículo acelera de 0 a 100 km/h em apenas 5,2 segundos (4,9 segundos com o pacote Sport Chrono). A velocidade máxima é 265 km/h.

O desempenho maior do Cayenne, com melhorias tanto na esportividade como no conforto, se deve em boa parte à nova caixa de câmbio Tiptronic S de oito marchas. Tempos de resposta menores e relações mais esportivas nas marchas mais baixas melhoram tanto o desempenho na estrada como a capacidade para todo terreno. Lado a lado com a maior integração entre conforto e esportividade, a oitava marcha alongada garante, consumo de combustível otimizado e uma condução mais tranquila.

Mesmo em terrenos difíceis, o Cayenne proporciona um claro prazer ao dirigir. Modos de condução off-road programados facilitam ao motorista selecionar a regulagem correta para cada situação. O acerto padrão é o programa on-road. Quatro outros modos condicionam o carro para enfrentar terrenos off-road moderados: Mud (lama), Gravel (cascalho), Sand (areia) ou Rocks (pedras). A tração, chassi e travamento dos diferenciais podem ser selecionados para adaptar-se ao cenário correspondente. Para distribuição de força, a Porsche utiliza tração integral ativa em todos os modelos do Cayenne. O sistema Porsche Traction Management (PTM - gerenciamento de tração) inteligente e totalmente variável distribui a força de tração entre os dois eixos. Esse conceito de aderência é um princípio chave para o excelente desempenho esportivo do Cayenne. Ao mesmo tempo, ele atende a todas as exigências para uma tração abrangente em terrenos difíceis.

O novo Cayenne combina três conceitos de chassi em um novo design: carro esportivo, off-road e veículo de uso diário. Isto implicou no desenvolvimento de um novo chassi de baixo peso com eixo dianteiro trazendo um design de braços separados e um eixo traseiro multibraços. Um item típico dos esportivos são os novos pneus mistos (com tamanhos diferentes) na frente e na traseira. Os pneus com porte diferente aumentam a estabilidade e a dinâmica de condução em curvas fechadas. A Porsche oferece rodas com até 21 polegadas de diâmetro como opção para o Cayenne.

Esse formato garante uma base ótima para os sistemas de chassis ativos, que são analisados e sincronizados pelo sistema Porsche 4D Chassi Control. O sistema funciona em tempo real, otimizando ainda mais a dirigibilidade. Com exceção do sistema de amortecimento ativo PASM (de série no Cayenne S), todos os outros sistemas de chassis são desenvolvimentos novos. Pela primeira vez, o Cayenne é oferecido com eixo traseiro direcional elétrico. Esse sistema, experimentado e testado tanto no 911 como no Panamera, aumenta a agilidade nas curvas fechadas e a estabilidade nas mudanças de faixas em alta velocidade. O diâmetro de giro menor também torna a condução do SUV mais fácil no dia-a-dia. 

A suspensão pneumática adaptativa opcional com uma nova tecnologia de três câmaras aumenta a margem entre um comportamento firme e esportivo e o conforto de rodagem esperado de um carro de passeio. Como anteriormente, o sistema permite regular a distância livre do solo em terrenos irregulares. Com a estabilização de rolagem através do sistema opcional Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC - sistema eletrônico de estabilização de rolagem), condutores com o comportamento esportivo ganham com a troca de um sistema hidráulico para um elétrico. Essa mudança foi possibilitada por um poderoso sistema elétrico veicular de 48 volts. Tempos de resposta menores levam a uma dinâmica de condução ainda mais precisa e até mesmo a um maior conforto em velocidades moderadas.

Com o inovador Porsche Surface Coated Brake (PSCB - freio com superfície revestida), a fabricante de carros esportivos mais uma vez assume um papel pioneiro no desenvolvimento de freios de alto desempenho. Esta novidade mundial é disponibilizada como opcional para todos os modelos Cayenne e consiste de um disco de ferro fundido com revestimento de carboneto de tungstênio. Esse acabamento superficial aumenta o coeficiente de fricção e reduz o desgaste e a consequente poeira dos freios. Uma exclusividade da Porsche, o novo freio também impressiona visualmente: as pinças são pintadas de branco, enquanto a superfície dos discos desenvolve um brilho especial após o assentamento das pastilhas. O PSCB só é oferecido em combinação com as rodas de 20 e 21 polegadas. Os freios de cerâmica PCCB continuam a ser o sistema mais avançado da gama.

O novo Cayenne proporciona um potencial ainda maior quanto à performance esportiva. A Porsche redesenvolveu o Pacote Sport Chrono com base nos seus veículos esportivos. O seletor de modos de condução no volante é uma clara indicação desse enfoque. Assim como os modos de direção Normal, Sport e Sport Plus, o condutor pode selecionar um modo de configuração individual. O botão Sport Response, ao centro, ativa novos mapas de controle do motor e da transmissão, que são calibrados para máximo desempenho. O Pacote Sport Chrono também inclui um modo PSM Sport separado, no qual o motorista pode desfrutar totalmente o dinamismo de condução do novo Cayenne, graças às intervenções mais tardias dos sistemas de frenagem.

Carros esportivos precisam ter uma construção leve. Assim como o 911 e o Panamera, a nova carroceria do Cayenne também utiliza uma combinação inteligente de ligas leves e aço. O exterior é feito completamente em alumínio. O conjunto do assoalho, seção dianteira e praticamente todos os componentes do chassi também são feitos de liga. Um destaque técnico especial é a inovadora bateria de partida de polímero de íons de lítio, responsável por uma redução de peso de 10 quilos em relação ao modelo anterior. No total, o peso do Cayenne vazio foi diminuído de 2.040 para 1.985 quilogramas - mesmo contando com um equipamento de série significativamente maior. 

Com sua nova geração, o Cayenne está escrevendo um novo capítulo na relação entre o motorista e o veículo: o Porsche Advanced Cockpit é totalmente integrado à atmosfera esportiva e luxuosa do interior. No coração do novo conceito de display e controle da Porsche está a tela de toque de 12,3 polegadas full-HD da última geração do sistema Porsche Communication Management (PCM - gerenciamento de comunicação) lançado no ano passado com o novo Panamera. Uma variedade de funções digitais pode ser operada de forma intuitiva, inclusive por controle vocal. Os controles analógicos no novo console central são focados nas principais funções do veículo. Outros botões são integrados harmoniosamente à superfície de toque com aparência de vidro, semelhante à de um smartfone, que dá retorno acústico e tátil quando operada. No típico estilo Porsche, o condutor conta com um conta giros analógico central. Ele é ladeado por dois mostradores de 7 polegadas full-HD que exibem todos os outros dados importantes, além de informações adicionais selecionadas através do volante multifuncional. O sistema Night Vision Assist (assistente de visão noturna) com uma câmera de imagem térmica é um dos sistemas de assistência* mais importantes, juntamente com o Lane Change Assist* (assistente de troca de faixa), Lane Keeping Assist* (assistente de manutenção na faixa), ParkAssist (assistente de estacionamento) incluindo Surround View* (vista do entorno).

Ao mesmo tempo, o novo PCM leva a um novo nível de individualização. A tela inicial e o menu principal não são os únicos parâmetros que podem ser adequados às necessidades do motorista. Também é possível configurar até seis perfis individuais. Assim como um grande número de regulagens internas, os perfis são usados para guardar especificações para a iluminação, programas de condução e sistemas de assistência. Dependendo da configuração, o motorista também pode criar sua própria regulagem para os novos sistemas de som da Bose e Burmester. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!