segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Coluna "Mecânica Online": Os números dos pneus mais rápidos na história da Fórmula 1




Tarcisio Dias*

A temporada 2017 da Fórmula 1 chegou ao final com um tetracampeão: Lewis Hamilton. O piloto inglês realmente fez história, mas não apenas ele. Os pneus utilizados na competição estão sempre passando por desafios. Com a introdução dos novos elementos radicais no regulamente técnico deste ano, passamos a ter os carros mais rápidos na história desse esporte, o mesmo podemos dizer dos pneus.

O desafio da Pirelli era construir os pneus mais rápidos já feitos, 25% mais largos que seus predecessores, para lidarem com as amplas velocidades nas curvas e cargas de energia, permitindo que os pilotos exigissem ao máximo desde o início até o final de cada período da disputa. 

O desenvolvimento aconteceu ao longo de 2016, mas eles só foram usados em um carro de 2017 a partir do primeiro teste de pré-temporada em Barcelona, na Espanha. No decorrer deste ano, a pole foi em média 2,450 segundos mais rápida do que em 2016, e a volta da corrida mais veloz foi, em média, 2,968 segundos mais rápida do que no ano passado. 

Apesar das forças que às vezes eram até 35-40% maiores do que 2016 nas curvas mais rápidas, os pneus de 2017 alcançaram todos os alvos estabelecidos no início da temporada, com um ótimo nível de confiabilidade e consistência. 

Total de pneus fornecidos em 2017: 38.788

Destes, 33.520 foram usados em fins de semana de corrida e 5.268 em testes

Dos 38.788, 25.572 foram para uso em pista seca e 13.016 intermediários ou com chuva

Número total de pneus usados em fins de semana de corrida: 12.920, sendo 11.532 para pista seca e 1.388 para pista molhada.

Número total de pneus que foram recolhidos: todos.

Número máximo de quilômetros pilotados por cada composto (excluindo testes):

• Duro: 74 km (Esteban Ocon, Force India)

• Médio: 587 km (Lance Stroll, Williams)

• Macio: 4.696 (Lewis Hamilton, Mercedes)

• Supermacio: 6.261 km (Sergio Perez, Force India)

• Ultramacio: 4.674 km (Stoffel Vandoorne, McLaren)

• Intermediário: 433 km (Lance Stroll, Williams)

• Chuva: 242 km (Felipe Massa, Williams)

• Quilômetros rodados por todos os compostos ao longo de 2017 (incluindo testes, treinos livres, qualificação e corridas): 329.170 km (excluindo pneus protótipos)

• Por composto, funciona como:

o Duro 1.549 km
o Médio 20.259
o Macio 94.893
o Supermacio 118.729
o Ultramacio 83.465
o Intermediário 7.089
o Molhado 3.186

• Distância coberta em corridas em 2017: 102.856 km

• Distância coberta durante os testes de desenvolvimento: 14.285 km

• Número de voltas mais rápidas (em qualificação e corridas) estabelecidas pelo campeão mundial em 2017: 18 (7 em corridas e 11 na qualificação)

• Velocidade média mais baixa na qual uma corrida com pista seca foi vencida em 2017: 148.176 km (Daniel Ricciardo, Grande Prêmio do Azerbaijão)

• Menores temperaturas no asfalto registradas durante uma corrida (no domingo): 14° na China

• Menores temperaturas no asfalto registradas durante um fim de semana de corrida: 14° na China

• Maiores temperaturas no asfalto registradas durante uma corrida (no domingo): 55° na Hungria

• Maiores temperaturas no asfalto registradas durante um fim de semana de corrida: 56° em Bahrain

• Temperatura ambiente mais baixa registrada durante uma corrida (no domingo): 13° na China

• Temperatura ambiente mais baixa registrada durante um fim de semana de corrida: 13° na China

• Maior temperatura ambiente registrada durante uma corrida (no domingo): 33° na Hungria

• Maior temperatura ambiente registrada durante um fim de semana de corrida: 43° no Bahrain

*Tarcisio Dias é profissional e técnico em Mecânica, além de Engenheiro Mecânico com habilitação em Mecatrônica e Radialista, desenvolve o site Mecânica Online® (www.mecanicaonline.com.br) que apresenta o único centro de treinamento online sobre mecânica na internet (www.cursosmecanicaonline.com.br), uma oportunidade para entender como as novas tecnologias são úteis para os automóveis cada vez mais eficientes.

Coluna Mecânica Online® - Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuída gratuitamente todos os dias 10, 20 e 30 do mês. http://mecanicaonline.com.br/wordpress/category/colunistas/tarcisio_dias/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!