terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Alpha Notícias: Jeep bate recorde de vendas na América Latina em 2017




Modelo Compass foi o SUV mais vendido no Brasil

A marca Jeep encerrou o ano de 2017 com a conquista de recordes na América Latina e consolidou o Jeep Compass como o SUV mais vendido no Brasil.

“É muito gratificante poder comemorar ao mesmo tempo o recorde de vendas da Jeep em toda a América Latina e a liderança do Compass entre os SUVs no Brasil”, afirma Sérgio Ferreira, diretor da Jeep para a América Latina. “Alcançamos nossa meta de liderar o mercado brasileiro de SUVs e vamos continuar trabalhando com muito foco na expansão do segmento e de presença de nossa marca”, acrescenta.

As vendas da marca no Brasil somaram 88,2 mil unidades no ano, crescendo 49,3% em relação a 2016, completando o terceiro ano consecutivo de forte alta. O Jeep Compass foi destaque com 49,2 mil unidades vendidas de janeiro a dezembro, consolidando-se como o SUV mais vendido no Brasil, ao liderar a categoria de veículos que mais cresce no país. Além disto, o modelo responde por 51,7% das vendas em seu segmento (C-SUV ou SUV médio).

O sucesso se repetiu também na Argentina, onde a marca comercializou 8.920 veículos em 2017, com um crescimento de 164% em relação ao ano anterior. A soma destes resultados levaram ao recorde de vendas na América Latina, com um total de 105,5 mil unidades vendidas e um crescimento de 50% sobre o ano de 2016.

A marca Jeep tem vantagens competitivas no segmento de SUVs, ao contar com uma gama completa e atraente. Os dois modelos produzidos no Brasil são destaques de vendas. O Jeep Renegade encerrou o ano com 38,4 mil unidades vendidas no mercado. Os importados Wrangler, Cherokee e Grand Cherokee complementam a gama disponível e fazem da Jeep o único fabricante a contar com modelos em todos os segmentos.

“Estamos preparados e confiantes nas perspectivas do ano que começa. Será um ano de crescimento”, prevê Ferreira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!