segunda-feira, 12 de março de 2018

Alpha Pesados: Caminhão leve Hyundai HD 80 chega com preço a partir de R$118.800,00




Modelo traz evoluções mecânicas com facilidade de manutenção 

A Hyundai CAOA apresentou o novo caminhão leve HD 80, desenvolvido para substituir o HD 78. Com preço a partir de R$118.800,00, a versatilidade é um dos diferenciais do modelo, quando comparado com os principais concorrentes do seu segmento. 

Disponível em versão única de acabamento, o caminhão leve foi desenvolvido sobre um chassi bastante resistente e que possibilita a configuração de acordo com as necessidades do ramo de atividade. Entre as diversas opções de implementos que podem ser instalados estão baú carga seca, baú isotérmico, baú frigorífico, carroceria aberta, plataforma de guincho, cesto aéreo e truck food. 

Para a fabricação do HD 80, a fábrica da CAOA Montadora passou por algumas evoluções. Foram instaladas novas linhas de rebitagem e de pintura, ambas para atender às especificidades desse modelo. Além disso, para assegurar os elevados padrões de qualidade e proporcionar ainda mais ergonomia para os Colaboradores, foram adquiridos novos equipamentos para a realização de torque nos parafusos de itens de segurança, como, por exemplo, aperto de rodas e dos eixos. 

Já no Trim Shop, local onde a carroceria acolhe as peças mecânicas e itens de acabamento, vários processos foram readequados para serem compartilhados pelos modelos comerciais HD 80 e HR, como, por exemplo, a montagem final da carroceria. Ainda no Trim Shop, os equipamentos para a verificação do funcionamento do sistema de freio e do ABS foram reposicionados, visando a otimização do tempo desse processo. 

Externamente, a cabine do Hyundai HD 80 conta com uma nova grade frontal, que confere modernidade ao design funcional já consagrado pelo seu antecessor. No interior, o modelo traz mais evoluções, como, por exemplo, quadro de instrumentos e console central redesenhados, manopla de acionamento do freio de estacionamento, que passou a ser pneumático, além da inclusão do computador de bordo. 

Dirigir o Hyundai HD 80 no dia a dia dos grandes centros urbanos ou em trajetos que incluem estradas e rodovias ficou ainda mais confortável, prazeroso e seguro. O modelo sai de fábrica equipado com motor biturbo quatro cilindros, diesel 3.0 litros, com intercooler e sistema EGR – que dispensa o uso do ARLA -, fornecido pela FPT Industrial. 

Esse propulsor tem a potência máxima de 170 cv a 3.500 rpm e torque de 40,8 kgf.m (400 N.m), entre 1.500 e 2.200 rpm, ou seja, potência e desenvoltura já podem ser observados a partir das faixas de rotações mais baixas, o que confere ao HD 80 força e agilidade para encarar o anda e para das cidades. 

O Hyundai HD 80 virá equipado de série com sistema de freios pneumático, em substituição ao hidráulico utilizado até então pelo seu antecessor, e tecnologia antitravamento das rodas (ABS). Com essa evolução, as frenagens ficaram ainda mais seguras, independentemente da situação. 

Para que essas mudanças mecânicas fossem implementadas, o desenvolvimento do modelo HD 80 envolveu profissionais das áreas de Engenharia de Desenvolvimento da CAOA Montadora, Hyundai Motor Company e dos diversos fornecedores, como por exemplo: FPT Industrial, Magneti Marelli, Modine, DANA, Master, Suspensys, Wabco, entre outros. Em todas as etapas desse projeto foram realizadas avaliações nas mais variadas e exigentes condições de clima e rodagem brasileiras. Durante os testes, as equipes técnicas comprovaram a durabilidade e a confiabilidade desse lançamento. 

A primeira evolução percebida é o aumento do Peso Bruto Total (PBT), que é o resultado da soma do peso total do modelo e a sua capacidade de carga. Ele passou de 7.800 kg, no HD 78, para 8.000 kg, no HD 80. O que representa dizer que este lançamento da Hyundai CAOA tem 5.263 kg de capacidade de carga, contando com o implemento (baú, carroceria – aberta ou fechada, entre outras), que normalmente pesa 800 kg, ou seja, ele é capaz de transportar como carga líquida - considerando o peso do implemento - em torno de 4.463 kg. 

Novo motor diesel biturbo 3.0 litros com sistema EGR 

O Hyundai HD 80 fabricado pela CAOA Montadora está equipado com o motor diesel 3.0 litros FPT F1C 2ST, fornecido pela FPT Industrial, com quatro cilindros em linha, sistema EGR, dois turbos, intercooler e injeção eletrônica de combustível Commom Rail. 

Esse propulsor tem a potência máxima de 170 cv a 3.500 rpm, ou seja, um ganho de quase 10% em relação ao seu antecessor. Já o torque máximo é de 40,8 kgf.m (400 N.m), sendo que ele está disponível a partir de 1.500 rpm, permanecendo constante até 2.200 rpm. Isso se traduz, por exemplo, em força e agilidade no momento de tirar o veículo da inércia, tornando o HD 80 o veículo ideal para o anda e para dos grandes centros urbanos. 

O funcionamento do motor que equipa esse lançamento da Hyundai CAOA ocorre em uma faixa de rotação bastante elástica devido à utilização de dois turbos de dimensões diferentes e que trabalham em série, assegurando que o seu torque permaneça na faixa máxima de rotação, garantindo elevado desempenho, economia de combustível e baixa emissão de poluentes. 

Entre os principais diferenciais do motor do Hyundai HD 80 está a tecnologia EGR (Exhaust Gas Recirculation, em português: Recirculação de Gases do Escape), que elimina a necessidade da utilização de ARLA e reduz a emissão de poluentes, atendendo, assim, as exigentes normas da sétima fase (P-7) do Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores (PROCONVE). 

A tecnologia EGR realiza a incorporação (recirculação) de uma parte dos gases decorrentes da queima à mistura ar/combustível que será injetada na fase de admissão dos cilindros. Com isso, há um aumento da temperatura na câmara de combustão, aumentando a eficiência da mistura e diminuindo a formação de gases poluentes, como o Óxido de Hidrogênio (NOx). 

Outra vantagem do motor do HD 80, quando comparado aos motores utilizados pela maioria de seus concorrentes no segmento, é o fato do sistema EGR eliminar a necessidade de utilização de ARLA 32, que é uma solução de ureia usada para reduzir a emissão de gases poluentes NOx. Com isso, há uma diminuição nos custos de operação do veículo para condutor ou frotista, além da simplificação da manutenção que deve ser realizada pelo motorista. 

O HD 80 conta com um moderno sistema de escapamento. Os gases oriundos da exaustão do motor são tratados por um pré-catalisador, um catalizador DOC (Diesel Oxidation Catalyst), que reduz a quantidade de fuligem presente nele, para, em seguida passar pelo filtro DPF (Diesel Particulate Filter), responsável por filtrar os gases e remover as partículas de diesel que ainda estão presentes. 

Outra novidade do HD 80 que facilitará a realização das manutenções rotineiras é o novo sistema de arrefecimento, responsável por manter a temperatura ideal de funcionamento do motor. Totalmente redesenhado para atender às especificações de transferência de calor do propulsor FPT F1C 2ST, o reservatório de expansão do liquido de resfriamento passou a ser instalado externamente, logo atrás da cabine do modelo, o que torna a verificação do nível simples e rápida. 

Complementando o conjunto motopropulsor, o HD 80 está equipado com uma moderna transmissão manual de cinco marchas, com sistema de embreagem servo-assistido, item que torna o acionamento do pedal mais leve para o condutor. O câmbio utilizado por esse lançamento possui um escalonamento de marchas projetado para proporcionar o melhor aproveitamento do torque e da potência gerados pelo motor. 

A caixa de câmbio é ligada ao diferencial traseiro por um novo eixo cardan, do tipo monotron, ou seja, os dois segmentos que compõem o eixo (frontal e posterior) são balanceados em conjunto. O diferencial traseiro conta com uma nova relação entre pinhão e cremalheira (6,50:1), mais curta quando comparada ao do seu antecessor, contribuindo, assim, para uma melhora no desempenho. 

Tanto para motoristas, assim como frotistas, a economia de combustível está entre as características mais importantes de um veículo comercial. Afinal, percorrer uma grande quantidade de trajetos sem a necessidade de reabastecimento. E o HD 80 vai ao encontro dessa necessidade. O conjunto motor/câmbio foi desenvolvido com as mais modernas tecnologias, que ampliaram os já reduzidos níveis de consumo de combustível e emissões de poluentes. E, para aumentar a autonomia do HD 80 nas operações do dia-a-dia, o novo modelo passou a ser equipado com um tanque de combustível, confeccionado em material plástico, com capacidade para 150 litros de diesel. 

Novo sistema de freios pneumático 

O sistema de freios do HD 80 é inteiramente novo. Todas as unidades desse lançamento serão equipadas com sistema de freios pneumáticos, em substituição ao hidráulico utilizado até então pelo seu antecessor, e tecnologia antitravamento das rodas (ABS). Com essa evolução, as frenagens ficaram ainda mais confiáveis, independentemente da situação, além de aumentar a robustez do conjunto e contribuir para a redução nos custos de manutenção. 

O HD 80 também contará com sistema de ajuste automático da folga das lonas de freios, o que elimina a realização manual dessa regulagem. Outra novidade está no acionamento do freio de estacionamento, que passou a ser realizado por uma alavanca situada no console central, entre os bancos do motorista e passageiros. 

Com essa nova configuração, o HD 80 oferece um sistema de frenagem seguro e durável, tanto em rodagem em ruas asfaltadas quanto em estradas de terra, assim, como, também, em condições de intensa presença de poeira e cascalho. 

Chassi: robustez e confiabilidade 

O chassi do novo HD 80 é produzido em aço e conta com um sistema de travessas parafusadas e rebitadas, o que confere excelente resistência às forças de flexão e torção, de modo a assegurar um baixo nível de deformação durante toda a vida útil do veículo. 

O quadro do chassi do HD 80 foi desenvolvido para oferecer elevada flexibilidade para a instalação de uma ampla gama de implementos. Além disso, ele proporciona um ótimo desempenho dinâmico nas mais variadas e exigentes condições de operações do dia-a-dia. 

Eixos e suspensões 

Com o objetivo de proporcionar ainda mais conforto aos ocupantes do habitáculo, além de adequar o conjunto para receber os sistemas de freios pneumáticos e de antitravamento das rodas, o modelo HD 80 está equipado com novos eixos e suspensões dianteira e traseira. 

Entre os itens que passaram por evoluções nas suspensões estão, por exemplo, os novos feixes de molas, amortecedores e barras estabilizadoras dianteira e traseira, redimensionados para garantir conforto e estabilidade em qualquer condição de operação. Já, nos eixos dianteiro e traseiro, os destaques das mudanças são: ponta de eixo, braço de direção, carcaça do diferencial traseiro, entre outros. 

Conforto para motorista e dois passageiros 

A cabine do HD 80 conta com design consagrado no mercado nacional por transmitir força e versatilidade, mas com algumas evoluções. Na sua parte frontal, o HD 80 traz uma nova grade central de entrada de ar, que forma um conjunto harmônico com os grandes conjuntos ópticos, confeccionados em plástico translúcido. O para-choque dianteiro, no tom cinza e que incorpora os faróis de neblina, protege o modelo contribui para a criação de um amplo ângulo de entrada. 

Nas portas, o modelo recebeu adesivos laterais, com o logotipo “HD 80’, na cor azul e detalhes em verde, em uma referência ao fato desse modelo ser produzido no Brasil, na fábrica da CAOA Montadora, situada em Anápolis (GO). 

A cabine do HD 80 está montada sobre coxins hidráulicos e conta com uma barra de torção, proporcionando, desta forma, uma melhor absorção dos impactos e torções provenientes das irregularidades do solo, aumentando, consequentemente, o conforto para os ocupantes do habitáculo. Os serviços de manutenção e verificações de rotina são realizados facilmente, graça ao basculamento da cabine com inclinação de 45°, o que garante acesso rápido ao motor e demais itens mecânicos. 

O interior foi desenvolvido com base em pesquisas com profissionais de transporte, que passam diversas horas ao volante. Por isso, a cabine do HD 80 privilegia ergonomia, conforto e funcionalidade. O acesso é feito por degrau extralargo e a presença de um corrimão nas portas, facilitando a entrada e saída dos ocupantes. 

Também merece destaque a facilidade que o motorista tem para encontrar a melhor posição para dirigir. O assento é reclinável e corrediço, e em conjunto com a coluna de direção com ajuste de inclinação, permitem ao condutor um ajuste ideal conforme a sua estatura física. 

O motorista tem a sua disposição um novo quadro de instrumentos. Com layout funcional, ele traz velocímetro, tacômetro e medidores de temperatura do liquido de arrefecimento do motor e do nível de combustível. Possui ainda um computador de bordo digital, que apresenta informações importantes ao motorista sobre o veículo e a sua condução, tais como: pressão do sistema de freios pneumático, consumo de combustível (médio e instantâneo), autonomia, velocidade média, tempo de rodagem, hodômetro (parcial e total) e relógio. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!