domingo, 3 de junho de 2018

Alpha Notícias: Maior parte das vendas da FCA em 2022 será de produtos novos ou renovados



Esse e outros importantes anúncios aconteceram durante o Capital Markets Day

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) realizou o Capital Markets Day, um encontro comandado pelo CEO Sergio Marchionne para apresentar seus planos estratégicos globais para o quinquênio 2018-2022.

No total, 80% do volume de vendas da FCA em 2022 será derivado de produtos novos ou renovados. Para gerar essa estratégia de crescimento, a FCA investirá aproximadamente € 45 bilhões nos próximos cinco anos. A empresa definiu uma meta ambiciosa de duplicar o EBIT ajustado de 2017 a 2022, para ficar entre € 13 bilhões e € 16 bilhões, com margens entre 9% e 11% em linha com os melhores desempenhos do setor.

E para garantir que a FCA esteja na vanguarda de tecnologias inovadoras emergentes, a empresa continuará a colaborar e fazer parceria com líderes do setor de tecnologia e automotivo, como Google, Aptiv e BMW. São iniciativas que fornecem oportunidades de aproveitar os recursos uns dos outros e alcançar sinergia e economia em escala necessárias para desenvolver tecnologias de direção autônoma. 

Em relação à parceira com a Waymo, que é o projeto de condução autônoma do Google, a FCA anunciou a entrega de 62 mil minivans Pacifica Hybrid e uma colaboração mais próxima para fornecer o primeiro sistema totalmente autônomo no mercado para clientes de frota e privados.

Outra tendência abordada no plano de negócios foi a eletrificação. De acordo com Marchionne, a FCA continuará a investir em um conjunto de soluções técnicas para acompanhar os requisitos regulatórios em evolução em cada região enquanto, ao mesmo tempo, irá melhorar a força específica de suas marcas. Até 2022, serão oferecidos mais de 30 veículos com soluções eletrificadas, incluindo todos os modelos Jeep e premium.

Foi anunciada também a redefinição da estratégia de produtos para a marca Fiat na Europa, com planos de eliminar todos os motores a diesel nos veículos de passageiros até 2021. Mas continuará a oferecer a tecnologia do diesel na linha de comerciais leves de suas marcas. Durante a apresentação, também teve destaque a estratégia para as marcas com potencial significativo de maior desenvolvimento. A Jeep entrará em três novos segmentos de veículos e traz como meta que a cada cinco veículos utilitários vendidos no mundo, um será Jeep. Para a marca Ram, que já tem o maior desempenho de fidelidade do cliente em seu grupo, o objetivo é ser o segundo maior no segmento de veículos comerciais na América do Norte.

De acordo com Marchionne, as marcas premium, Maserati e Alfa Romeo, serão ampliadas com novos modelos, opções e recursos de conjunto propulsor. A Maserati introduzirá uma nova família Maserati Blue, oferecendo um grupo completo de veículos elétricos com bateria, e também planeja lançar o Alfieri, um superesportivo totalmente elétrico capaz de ir de a 0 a 100 km/h em cerca de dois segundos, e um veículo utilitário médio. A Alfa Romeo oferecerá soluções elétricas em todos os veículos de seu portfólio até 2022, incluindo quatro novos modelos, e personalizará suas ofertas no mercado chinês para incluir versões alongadas do Giulia e Stelvio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!