quarta-feira, 21 de novembro de 2018

Alpha Pesados: Scania e AMAGGI fecham venda recorde de caminhões da Nova Geração




Lote de 300  R 500 6x4 acontece apenas três semanas após o lançamento realizado pela marca sueca 

A Scania comercializou para a AMAGGI 300 unidades do R 500 6x4, a maior venda para um embarcador feita pela marca no Brasil e que acontece apenas três semanas de vendas da Nova Geração de caminhões no país.


“Em pouco tempo de abertura das vendas e já termos o volume recorde de um cliente do tamanho da AMAGGI é motivo de certeza do avanço tecnológico que estamos trazendo com a Nova Geração. Estamos confiantes com a promessa de economia de até 12% do lançamento em relação à linha atual”, afirma Roberto Barral, vice-presidente das Operações Comerciais da Scania no Brasil. 

“A aquisição destes veículos atende a uma necessidade estratégica na estrutura logística da AMAGGI, que já possui um longo histórico na administração de sua própria frota fluvial”, comenta o presidente executivo da AMAGGI, Judiney Carvalho. 

Com os 300 caminhões da Nova Geração Scania, a AMAGGI passa a contar com frota própria para transportar parte dos seus produtos. As unidades deverão operar nas rotas logísticas mais estratégicas para a empresa, a fim de escoar a produção agrícola até os portos para exportação. As entregas dos veículos serão a partir de fevereiro de 2019. 

“A ‘Máquina dos Sonhos’, como chamamos a Nova Geração, somada às demais soluções da marca em Serviços, estão prontas para surpreender e apoiar os clientes a diminuirem os custos operacionais e aumentarem sua rentabilidade”, completa Barral. Além da AMAGGI, a Scania já tem outras 400 encomendas de clientes variados. 


Os caminhões adquiridos são do modelo R 500 6x4, ideais para atuar em longas distâncias, e rodarão com implementos rodotrens graneleiros de 25 metros, com capacidade para transportar até 49,5 toneladas de grãos cada um. Todos os veículos serão cobertos pela Manutenção Scania com Planos Flexíveis, que, por meio da conectividade, possiblita melhor gestão das manutenções, aumentando a disponibilidade da frota. 

A oferta do combo de soluções de caminhões e serviços ocorreu após um amplo estudo da concessionária Scania Rota Oeste para entender as necessidades da operação da AMAGGI e, a partir das informações colhidas, implementar a que traria mais rentabilidade. 

De caráter intermodal, a rede logística da AMAGGI combina transporte rodoviário, fluvial e ferroviário. Toda essa estrutura está em total conexão com as plataformas de negócios da AMAGGI, permitindo que a companhia transporte seu produto de forma mais eficiente e com o menor impacto possível ao meio ambiente. A frota Scania ajudará o cliente nesse objetivo, pois seus motores chegam com nova tecnologia, que emite menos gases poluentes. 

As operações da AMAGGI com vistas à exportação estão distribuídas entre sete grandes corredores/portos: Corredor Tapajós (Barcarena-PA), com modais rodoviário e hidroviário; Corredor São Luís do Maranhão (Tegram), modais rodoviário e ferroviário; Corredor Madeira (Itacoatiara-AM), com modais rodoviário e hidroviário; Porto Aratu-BA, com modal rodoviário; Porto de São Francisco-SC, modais ferroviário e rodoviário; porto de Guarujá-SP (TGG), modais rodoviário e ferroviário; e Porto Termasa/Tergrasa-RS, com modais hidroviário, ferroviário e rodoviário. 

Confiante no desempenho de sua Nova Geração e na continuidade do aquecimento da economia nacional, a Scania, parceira líder na transição para um sistema de transporte mais sustentável, acredita que em 2019 o mercado de caminhões em que atua, acima de 16 t (semipesados e pesados), deverá crescer entre 10% e 20% na comparação com 2018. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!