terça-feira, 6 de novembro de 2018

#SDA2018: Dodge apresenta novidades no Salão do Automóvel de São Paulo




Challenger SRT Hellcat ainda mais potente é um dos destaques do estande

A Dodge está presente no Salão do Automóvel de São Paulo e destaca um modelo atual que já virou um clássico: o Dodge Challenger SRT Hellcat, que está ainda mais potente com o seu motor V8 HEMI Hellcat de 6,2 litros e 727 cavalos.


Números capazes de fazer o muscle car acelerar o quarto de milha (de 0 a 402 metros), a distância tradicional de uma pista de arrancada, em apenas 11,2 segundos, chegando a 201 km/h. A velocidade máxima é de 320 km/h.


Outro veículo da marca no São Paulo Expo é o Dodge Durango, exposto na versão GT. Com sete lugares e tração integral, o modelo fabricado em Detroit (EUA) está sendo avaliado para voltar a ser oferecido oficialmente no país, como entre 2013 e 2016.


O propulsor do é o mesmo que equipa o Dodge Journey vendido aqui no Brasil, o eficiente e versátil Pentastar V6 de 3,6 litros com 292 cv (8 cv a mais do que no “irmão menor”). Ele faz par com o câmbio automático de 8 marchas com alavanca em “T”, de empunhadura mais esportiva e com opção de comandos sequenciais.

Novidade para o Journey

Importado do México na bem equipada versão R/T, o Dodge Journey acumula mais de 17 mil unidades vendidas no país e acaba de ganhar para o pacote visual Blacktop, que reforça a esportividade inerente à marca.

Com ele, todas as peças externas que normalmente são cromadas ou prateadas passam a ter acabamento preto brilhante (black piano). São elas: as rodas (de 19 polegadas), os contornos da grade, a moldura da entrada de ar no para-choque dianteiro, as barras de teto e até as capas dos retrovisores – via de regra, elas são pintadas na cor da carroceria.

A novidade acresce R$ 2 mil ao preço sugerido do Dodge Journey R/T, de R$149.990,00. Valor que traz à tona o ótimo custo-benefício do crossover, quando se considera tudo o que ele oferece. Como a praticidade da cabine para até sete pessoas, a dirigibilidade de automóvel, o desempenho do motor V6 e a longa lista de equipamentos, que inclui uma tela de LCD de 9” para a segunda fileira e som premium de 368 Watts de potência e subwoofer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!