Pesquise no Google

domingo, 24 de fevereiro de 2019

Alpha Testes: Honda CR-V tem tudo o que você precisa




Modelo conta com versão única, motor turbo e preço a partir de R$189 mil 

Há algum tempo os SUVs vêm ganhando mais e mais mercado aqui no Brasil - e no mundo. São diversas opções de compra em todas as faixas de preço e de diversos fabricantes. E um dos destaques nesse segmento é o Honda CR-V, quem tem preço a partir de R$189 mil (não é "barato") e que tivemos a oportunidade de conhecer e avaliar. O modelo tem tudo o que você precisa na verão única Touring: bonito, interior espaçoso, motor turbo e bem econômico. 


O Honda CR-V conta com faróis full LED, luzes de neblina também em LED, um sistema que reduz o arrasto aerodinâmico, rodas de alumínio de 18 polegadas, colunas A mais estreitas para melhor visibilidade e escapamento duplo esportivo. 


Para maior praticidade, vem com o sistema Hands Free Access Power Tailgate (porta traseira acessível sem uso das mãos), que permite abrir e fechar o porta-malas com um simples movimento do pé para ativar um sensor sob a traseira do veículo. 

Seu interior apresenta materiais de alta qualidade, incluindo um novo painel de instrumentos de toque macio e bancos com costuras mais intrincadas. O painel de instrumentos digital disponibiliza importantes informações sobre o veículo através da Driver Information Interface (DII) posicionada no centro do painel. 

Controles posicionados do lado esquerdo do volante permitem ao motorista percorrer o mostrador DII através de múltiplas telas de informação. O sistema Maintenance Minder (alerta de manutenção) avisa o motorista sobre necessidades de manutenção através do DII e, caso ocorra um problema no veículo, mostra informações específicas. O display mostra quando trocar o óleo, filtro de ar, fluído da transmissão, velas ou líquido de arrefecimento, assim como quando fazer o rodízio dos pneus. 


Informações fundamentais de condução, como velocidade, rotação e marcha adotada, bem como alertas, podem ser visualizados no inédito Head Up Display, que projeta informações coloridas em um elegante visor transparente que se eleva no momento da partida, ajustável de acordo com a altura do condutor, evitando distrações na condução. 

O Honda CR-V também disponibiliza uma nova geração de avançadas tecnologias. O sistema Display Audio do modelo é compatível com as plataformas Apple CarPlay e Android Auto, proporcionando integração contínua dos principais itens e funções dos telefones, incluindo a navegação por GPS através dos smartphones e capacidade de consultas através da voz. O sistema conta ainda com GPS nativo, com busca de pontos de interesse e fácil operação. 

Com uma tela multitouchscreen de alta resolução é possível acessar as funções do sistema de áudio, bem como ajustes do veículo e do sistema de climatização. A qualidade de áudio é assegurada pela adoção de oito alto falantes distribuídos pelo interior do SUV. 


Para mais conforto e praticidade, o Honda CR-V inclue a partida elétrica remota do motor, ar-condicionado digital com duas zonas, com saídas de ar traseiras, freio de estacionamento elétrico com sistema Brake Hold, tomadas USB para recarga na traseira, banco do passageiro com regulagem elétrica de quatro funções e banco do motorista com oito ajustes elétricos e memória, além do teto solar elétrico. 

O sistema Walk Away Auto Lock se tranca automaticamente quando o motorista deixa o veículo, quando a distância do chaveiro até o veículo for maior que 2 metros por 2 segundos e quando nenhuma outra chave for detectada no interior do veículo. Para confirmar que o carro está trancado, é emitido um sinal sonoro e as luzes de emergência piscam. 

Já a Partida Remota do Motor permite que o motorista ligue o CR-V à distância através do controle da chave, acionando assim o sistema de climatização para uma temperatura desejada de 22º C. O sistema irá acionar automaticamente o aquecedor, os desembaçadores dianteiro e traseiro, o aquecimento dos espelhos laterais e o ar-condicionado, conforme necessário. 


Para dar a partida no motor remotamente, o proprietário pressiona o botão LOCK e, em seguida, aperta o botão ENGINE por um segundo. Para indicar que o sinal foi recebido, as luzes de emergência irão piscar. Quando o motor é ligado remotamente, os limpadores de para-brisa, luzes e sistema de áudio permanecem desligados, enquanto o sistema de segurança continua acionado. O motor funciona por até 10 minutos após o acionamento remoto. O período poderá ser estendido por mais 10 minutos usando o mesmo procedimento inicial. 

Em versão única, o modelo é equipado com motor turbo de 1,5 litro DOHC, com potência máxima de 190 cavalos e 5.600 rpm. O torque máximo é de 24,7 kgf.m, entre 2.000 e 5.000 rpm. Sua transmissão continuamente variável (CVT) oferece baixo consumo de combustível. 

O Honda CR-V conta com sistema de tração nas quatro rodas Real Time AWD. Ele oferece um equilíbrio otimizado entre capacidade, utilização amigável e conjunto leve e eficiente em consumo. O motorista pode simplesmente pisar no acelerador e deixar que a tração maximize o uso da aderência e capacidade de subida disponíveis. A operação é completamente automática. 


Acionando as rodas dianteiras quando necessário, o sistema Real Time AWD passa força instantaneamente para as rodas traseiras nas arrancadas, mesmo em piso seco, trabalhando em cooperação com os sistemas Vehicle Stability Assist (VSA - sistema de estabilidade do veículo) e Motion-Adaptive Electric Power Steering (EPS - direção elétrica adaptada ao movimento). Quando a transferência de torque para as rodas traseiras não é necessária, como em velocidade constante, o eixo traseiro é desacoplado para reduzir o arrasto. 

O sistema também pode detectar quando o CR-V está numa subida, enviando então uma maior dose de força para as rodas traseiras, em colaboração com o sistema Brake Hold. O Brake Hold mantém a pressão do freio depois que o pedal é liberado, dando tempo ao motorista para acelerar e retomar o movimento com suavidade. 

O Sistema de Controle Inteligente verifica o ângulo de inclinação da via instantaneamente utilizando um sensor e o nível de aderência detectado pelo VSA, permitindo um maior direcionamento do torque para as rodas traseiras, para arrancadas mais suaves. 

O modelo é equipado com modernas tecnologias de segurança ativa e passiva. Dentre elas, destaque para os sistemas Agile Handling Assist (AHA), o Driver Attention Monitor (Monitoramento de Atenção do Condutor), o Honda LaneWatch, e o Head Up Display. Além disso, a segurança é complementada pela oferta de seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois de cortina), sistema ISOFIX de fixação de cadeirinhas, freios ABS com EBD, além do sistema VSA de controle de tração e estabilidade e o TPMS de monitoramento da pressão dos pneus. 

O Agile Handling Assist aplica ativamente e de maneira seletiva os freios do veículo para melhorar a resposta inicial e a capacidade geral de percorrer curvas. Este sistema utiliza a vetorização de torque através dos freios para melhorar o traçado nas curvas e proporcionar maior confiança ao dirigir. O sistema cria uma força de direcionamento através da aplicação de frenagem às rodas internas em curvas que provocam alta aceleração lateral, equilibrando a diferença de velocidade entre as rodas para diminuir a tendência do veículo a sair de frente. Dessa maneira, seu principal benefício está em proporcionar uma dirigibilidade precisa e ao mesmo tempo prazerosa para o condutor. 

O sistema VSA analisa constantemente os dados dos sensores que monitoram a velocidade de cada roda, o ângulo do volante, as forças de aceleração lateral e longitudinal e o grau de desvio. Ele compara os comandos executados pelo motorista com a resposta real do veículo e sempre que a resposta ficar fora de uma margem aceitável pré-determinada, intervém com uma ação corretiva. Se for detectada uma tendência a sair de traseira, por exemplo, o sistema poderá aplicar força às rodas externas dianteiras e traseiras para contrariar o efeito de desvio indesejado. No caso de uma saída de frente, o sistema pode frear a roda traseira interna e reduzir a força do motor para ajudar o veículo a voltar à trajetória desejada. 

O VSA também proporciona um efeito de diferencial com deslizamento limitado pela frenagem da roda que estiver escorregando, redirecionando assim a força do motor para a roda com maior tração. O VSA é calibrado para funcionar de uma forma quase imperceptível e, em muitos casos, o motorista não chega a notar que está em operação. De qualquer forma, sempre que o sistema trabalha melhorando a estabilidade do veículo, uma luz indicadora pisca no painel de instrumentos. 

O sistema Honda LaneWatch, lançado no Brasil no Accord, e também presente no Civic Touring, utiliza uma câmera localizada na parte inferior do espelho retrovisor interno do lado do passageiro para mostrar uma imagem em ângulo aberto da via na tela de sete polegadas multitouchscren. A imagem aparece quando o pisca da direita é acionado ou quando um botão localizado na ponta da alavanca do pisca for pressionado. 

Enquanto o campo de visão típico dos espelhos do lado do passageiro fica aproximadamente entre 18 e 22 graus, o ângulo de visão do display LaneWatch é aproximadamente quatro vezes maior, cobrindo cerca de 80 graus. O sistema ajuda o motorista a enxergar o tráfego, pedestres ou objetos nem sempre visíveis apenas pelo espelho. Para ajudar a calcular a distância mais facilmente, são mostradas três linhas de referência. O motorista deve confirmar as condições da via visualmente antes de mudar de faixa de rolamento. 

O LaneWatch pode ser personalizado para se adequar às preferências do motorista. A ativação do sistema pelo pisca pode ser ligada ou desligada, assim como as três linhas de referência na tela. Também são ajustáveis o brilho, contraste e nível de preto. 

O CR-V traz um indicador indireto de pressão dos pneus, que usa a velocidade das rodas coletada pelo sistema de ABS para descobrir se a pressão de um dos pneus caiu abaixo dos valores recomendados. Quando isso ocorre, um alerta é exibido no painel para avisar ao condutor da situação. 

Outro sistema que monitora a condução de forma ativa é o Driver Attention Monitor, que avalia constantemente a atuação do motorista nos comandos e na direção elétrica, para determinar se ele se encontra desatento. No caso de o sistema detectar essa condição, ele alerta o condutor para uma pausa, por meio de um ícone no painel - uma xícara de café. 

Uma barra gráfica é exibida no painel indicando o nível de alerta do condutor. Caso esse indicador se reduza a um nível crítico, um aviso sonoro é ativado, bem como a direção vibra, para auxiliar na retomada da atenção por parte do motorista. 

Veja mais fotos















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!