Pesquise no Google

sábado, 20 de abril de 2019

Coluna "Mecânica Online": Simulação é a grande aliada da segurança veicular




Tarcisio Dias*

Amigos, os números de vítimas no trânsito mundial são assustadores. Em 2018 ocorreram 1,35 milhões de mortes em acidentes no trânsito a nível mundial, com 50 milhões de pessoas feridas, é o que alerta relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS). 


Segundo a entidade, as lesões causadas pelo trânsito são a principal causa de morte entre crianças e jovens com idade entre 5 e 29 anos. 

Globalmente, 29% das vítimas são ocupantes de carros, 28% são usuários de veículos motorizados (duas ou três rodas), 26% são pedestres e ciclistas, e os 17% restantes são usuários de estradas não identificados. A triste estatística mostra que 60% dos leitos do SUS são ocupados por vítimas de acidentes de trânsito. 

Precisamos melhorar a segurança de todos para evitar tantas vítimas. Para a segurança no trânsito temos três pilares básicos: 

- Segurança veicular – Produção de veículos com alta performance para oferecer mais segurança para ocupantes e pedestres; 

- Educação no trânsito – Incentivo para ampliação da educação sobre o trânsito; 

- Infraestrutura viária – Melhoria nas condições de estradas e de circulação. 

Estamos na década da segurança veicular, campanha desenvolvida pela ONU que conta com a participação do Brasil e tem por objetivo a redução de 50% nos acidentes de trânsito até 2020. 

Na busca por veículos mais seguros, a indústria automotiva brasileira vem buscando soluções há bastante tempo. Desde 1971, quando aconteceu o primeiro teste de impacto na América Latina, realizado pela Volkswagen do Brasil, já tínhamos essa preocupação. 

Por isso é cada vez maior a utilização de simulações em testes veiculares observando características como aerodinâmica, comportamento da estrutura e seu desempenho em acidentes, desenvolvimento e atuação do airbag, proteção do pedestre e durabilidade. 

No desenvolvimento do Volkswagen T-Cross, por exemplo, novo SUV produzido no Brasil pela Volkswagen, foram mais de 25 mil horas de cálculos estruturais e 4.600 testes de simulações antes de construir o primeiro carro para verificar se tudo estava certo. E os dados das simulações estão cada vez mais reais quando comparados com os testes práticos. 

Entre as simulações observamos testes de impacto frontal, lateral e contra poste, analisando detalhes como o movimento do banco e comportamento da estrutura do carro, por exemplo. 

Desde o Up! (PQ12) são utilizados materiais de ultra alta e alta resistência através do processo normal de estampagem de uma peça metálica, sendo o estampo através de impacto e a deformação cria a forma do veículo. 

Atualmente esses materiais (chapa de metal) são aquecidos – Processo de estampagem a quente - próximo de 1.000 graus centígrados, para então acontecer a modelagem da peça, aumentando em 10 vezes a resistência do material, principalmente na área dos ocupantes do carro, mantendo áreas específicas para deformação do material e absorção da energia no caso de uma colisão. 

Então, fique atento aos materiais que são aplicados em seu veículo. Muitas vezes um veículo um pouco mais caro pode resultar em mais segurança para você e sua família. Não economize na segurança que pode salvar vidas. 

Depreciação

Na análise de automóveis menos depreciados, o Volkswagen Gol City 1.0 4 portas Flex ganha destaque pelo aumento de 1,5% de seu valor inicial ao longo do primeiro ano de uso. Uma forte alta do veículo, variação do câmbio - implicando diretamente em importados – e um bom posicionamento no mercado explicam essa ocorrência. 

Já o Citroën C3 Origine Puretech 1.2 apresentou o maior índice de depreciação, com queda de 21,38% de seu valor original em seu primeiro ano de uso. O estudo foi realizado pela KBB Brasil. 

Agrishow 2019

A partir do dia 29 de abril, toda a cadeia produtiva do agronegócio nacional estará reunida em Ribeirão Preto, SP, para conhecer os principais lançamentos de mais de 800 marcas brasileiras e internacionais, que atendem as diversas demandas dos produtores rurais e profissionais do campo. 

J.D. Power Engineering Award

Depois de inaugurar uma nova era para a Kia Motors, o fastback esportivo Stinger GT recebeu o primeiro “J.D. Power Engineering Award” pela melhor avaliação de um veículo totalmente novo nos Estados Unidos. 

Primeiro veículo híbrido flex do mundo

A Toyota confirmou que a 12ª geração do Corolla será o único veículo no mundo a contar com um motor elétrico e outro de tecnologia bicombustível (etanol e gasolina), tornando-se, com essa motorização, o automóvel movido a etanol mais eficiente do Brasil e o híbrido mais limpo do mundo. 

Em alta

O segmento de motocicletas começou 2019 com o pé direito. Após 10 anos sofrendo com quedas nas vendas, o setor apresentou um crescimento de mais de 10% nas vendas no varejo em 2018. A estimativa para este ano, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional Distribuição Veículos Automotores), sinaliza alta para o mercado de motos. 

Copa Truck

Os caminhões de corrida passam por uma preparação muito específica para as disputas na pista, com modificações no trem de força, chassi e cabina. 

Nos veículos da AM Motorsport, por exemplo, o motor eletrônico Mercedes-Benz alcança a elevada potência de 1.250 cv a 3.500 rpm, quase três vezes mais em relação aos 460 cv a 1.900 rpm de fábrica. 

O torque máximo chega a 5.500 Nm a 2.000 rpm nas competições, mais que o dobro dos 2.300 Nm a 1.100 rpm da aplicação no transporte. O Actros alcança velocidade máxima de até 240 km/h na Copa Truck, conforme o circuito. 

Rápidas 

# Na última semana cheia do mês de maio teremos posse na ANFAVEA, nova versão do Fiat Argo e vamos testar a performance do Ford Edge ST. 

# Se você está em São Paulo não pode perder a exposição dos manuais dos proprietários que acontece no Museu da Imprensa Automotiva - MIAU. 

# Com votação unânime dos associados, o jornalista Antônio Fraga, no comando da Chapa Continuidade, foi reeleito presidente da Associação Brasileira da Imprensa Automotiva – Abiauto - para o biênio 2019/2020. 

* Coluna Mecânica Online® - Aborda aspectos de manutenção, tecnologias e inovações mecânicas nos transportes em geral. Menção honrosa na categoria internet do 7º Prêmio SAE Brasil de Jornalismo, promovido pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade. Distribuída gratuitamente todos os dias 10, 20 e 30 do mês. http://mecanicaonline.com.br/wordpress/category/colunistas/tarcisio_dias/.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana

Coisa Velha

Jornal BLEH!