domingo, 10 de maio de 2020

Alpha Serviços: Insurtech oferece seguro para automóveis com preço abaixo do mercado tradicional




Veículos que custam em torno de R$30 mil contarão com seguros de cerca de R$50,00 mensais 

A insurtech Pier anunciou a cobertura de seguros para automóveis com a uma interface nos mesmos moldes de seguro para smartphones: os consumidores poderão consultar os valores e contratar a proteção pelo site ou aplicativo, informando apenas o modelo do carro, placa, CEP e CPF.

"Resolvemos olhar para esse mercado para otimizar os processos e democratizar o acesso, por isso, estamos oferecendo uma solução mais justa e flexível para os consumidores", explica Lucas Prado, cofundador da Pier. 

Modelo de cobertura 

A cobertura do seguro para automóveis será mensal e sem carência, ou seja, o cliente terá o carro protegido assim que ativar seu contrato pelo App da Pier. Além disso, o consumidor tem a liberdade de cancelar após a primeira mensalidade, sem nenhum custo. 

A proteção cobre roubos e furtos de carros de passeio,de até R$50 mil e com até 15 anos de fabricação e também oferece serviço de assistência 24 horas."Um veículo que custa em torno de R$30 mil, terá um seguro de cerca de R$50,00 mensais", conta Lucas. 

Em caso de roubo ou furto, o pedido de reembolso é feito pelo site ou aplicativo, assim como no seguro para celular. Utilizando a mesma tecnologia, a Pier quer repetir os feitos de pagamentos rápidos também para o seguro de carros. "A ideia é evoluir nosso modelo de cobrança até o ponto em que a pessoa pague exatamente pelo seu perfil de risco. Com isso, pretendemos analisar o comportamento dos condutores e ver ser eles transitam em regiões onde o índice de assalto é maior ou se o veículo fica muito tempo estacionado na rua, e aí conseguimos ajustar o preço da mensalidade de acordo com o perfil" explica Prado. 

Além disso, a startup trabalha para oferecer personalização na precificação conforme os hábitos de cada membro. 

Área de cobertura 

A Pier começou a atuação com automóveis em Belo Horizonte e já expandiu para capital paulista e regiões como Osasco, Barueri e ABC. "Decidimos começar testando o piloto na capital mineira, pois BH têm 1,4 milhões de veículos circulando e apenas 26% são segurados - cenário ideal para entender melhor esse novo produto que estamos lançando e então, expandir a proteção para São Paulo". destaca Prado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana