quinta-feira, 21 de maio de 2020

Alpha Serviços: Saiba como higienizar corretamente seu carro em casa




Confira quais são as melhores práticas, incluindo o que não deve ser feito 

Você sabe quais são as melhores práticas para a higienização caseira dos carros, incluindo o que não deve ser feito? 


Preparamos com a Volkswagen um passo a passo de como fazer a higienização correta do veículo em casa.

Higienizando o veículo em casa

Assim como para as mãos, uma solução de água e sabão é a melhor combinação para higienizar o carro. O dono do veículo precisa de dois panos de microfibra limpos e uma solução com a concentração de 1:30 de água em relação ao sabão ou detergente neutro incolor, conforme previsto no manual de bordo do carro. Isso significa que a cada 600 mililitros de água, deve-se dissolver 20 mililitros de sabão. 

Basta umedecer um dos panos na solução e esfregar nas áreas que se deseja limpar; o outro pano, seco, deve ser utilizado para remover os resquícios do sabão. É aconselhado deixar as janelas abertas por um tempo para ajudar na secagem completa do interior do veículo. 

Principais áreas de atenção

Maçanetas internas e externas, abertura do porta-malas, chave, volante, freio de mão, manopla do câmbio, painel, porta-luvas, e qualquer outro lugar com que se tenha contato, precisam de atenção redobrada. 

Para quem trabalha com o carro, como motoristas de aplicativo, a higienização do banco traseiro e das costas dos bancos dianteiros também é indispensável. Em caso de bancos de tecido, o ideal é cobri-los com capas protetoras que possam ser lavadas e trocadas regularmente ou levar o veículo ao concessionário para uma higienização técnica. 

No caso dos motoristas, é importante lembrar que, durante o trajeto, o rosto, tanto de quem está ao volante quanto dos passageiros, deve estar sempre protegido por uma máscara. É igualmente recomendado manter as janelas do carro abertas para gerar circulação de ar. 

O que não utilizar na limpeza do carro

Produtos como agentes de limpeza domésticos e álcool (etanol, isopropanol, isopropílico ou higienizador de mãos) não são apropriados para a higienização do veículo. Se utilizados, eles podem causar danos severos, como ressecamentos, manchas, desplacamentos de pintura e degradação de material. 

Dicas gerais para quem não está utilizando o próprio veículo

Manter o tanque cheio e a bateria ligada são imprescindíveis para a conservação do motor. Além disso, é importante ligar o carro semanalmente, por pelo menos 15 minutos, em um local arejado, e andar um pouco com ele sempre que possível. 

Outra dica para quem não está rodando, é a manutenção da pressão dos pneus, que devem ser calibrados no valor mais alto nesse período, conforme indicação do fabricante para o carro com carga máxima. A limpeza do veículo é outro fator relevante: limpo por fora, ajuda na preservação da pintura, e, por dentro, diminui a proliferação de fungos e ácaros. 

De qualquer forma, para uma limpeza mais técnica, como a oxi-sanitização, a recomendação é procurar um concessionário. Na Volkswagen, todos os funcionários da rede receberam treinamentos e adotaram novas medidas para garantir a segurança dos clientes e de si mesmos, como a constante higienização das mãos e do local de trabalho, o distanciamento social - de no mínimo dois metros durante o atendimento -, e limpeza reforçada dos carros antes da entrega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana