sábado, 18 de julho de 2020

Alpha Motos: Honda CBR 650R 2020 é opção para quem quer evoluir na pilotagem esportiva




Disponível nas cores vermelho e cinza metálico, modelo tem preço a partir de R$41.080,00 

Com o objetivo de oferecer novos conceitos, mais modernos e com alta tecnologia, em sintonia com o mercado, a Honda apresentou a CBR 650R 2020, que é oferecida nas cores vermelho e cinza metálico com preço a partir de R$41.080,00.


A Honda CBR 650R 2020 tem nas formas de sua carenagem uma clara identidade com a superesportiva Honda Fireblade. Além disso, a versão esportiva também segue o conceito "Total Control", sendo acessível para usuários de diferentes níveis, satisfazendo desde os mais experientes a novatos que desejam evoluir na pilotagem.


O modelo exala a agressividade que se espera de uma genuína herdeira da tradição CBR. A carenagem tem como destaque a parte frontal, composta pelo novo grupo ótico duplo e tomadas de ar, elementos que evidenciam a forte esportividade do modelo. 

O novo banco em dois níveis, a rabeta essencial e os semi-guidões fixados sob a mesa superior, que oferecem posicionamento ideal para pilotagem esportiva, são outros detalhes que deixam clara a intenção de ampliar as capacidades esportivas do modelo. 


Iluminação Full-LED, painel Black out, indicador de marchas também estão presentes na CBR 650R, assim como a inédita suspensão invertida, a frenagem com cálipers radiais e as rodas aliviadas. 

Os faróis duplos com extremidades voltadas para o alto remetem imediatamente à fonte de inspiração de seu design, a superesportiva Fireblade. O tanque se apresenta com formas estudadas para o necessário contato físico que requer a pilotagem esportiva, enquanto o conjunto formado pelo assento em dois níveis e rabeta compacta complementa a silhueta, que valoriza a centralização de massas, qualidade intrínseca de todas motocicletas esportivas. 


Seu motor é o tetracilíndro DOHC de 16 válvulas e exatos 649 cm3, com potência máxima é de 88,4 cavalos à 11.500 rpm o torque é de 6,13 kgm.f a 8.000 rpm e um câmbio de seis marchas com embreagem assistida, deslizante e sistema HSTC - Honda Selectable Torque Control. 

O chassi tubular de aço segue a arquitetura tipo Diamond, com a zona da fixação do eixo da balança realizada em aço estampado e não mais em aço forjado, o que resultou em uma economia de peso de 1,9 kg se comparado com o chassi da "F. 


A frenagem também evoluiu: o sistema ABS antitravamento atua no par de discos dianteiros tipo flutuante através de cálipers de quatro pistões fixados radialmente. O disco traseiro se vale de cáliper de pinça simples. Novas também são as rodas, mais leves, com cinco raios duplos que calçam pneus de medidas 120/70-ZR17 na dianteira e 180/55-ZR17 na traseira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana