sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Alpha Pesados: Colheitadeiras Case IH estão mais robustas e com mais torque




Axial-Flow Série 150 conta com nova transmissão de quatro velocidades 

A Case IH apresentou as novas colheitadeiras de grãos Axial-Flow Série 150, que estão são mais robustas e com mais torque que a versão anterior. 

“Tivemos diversas melhorias nessas máquinas, começando pelo novo redutor final com mais capacidade de carga. Além disso, o equipamento conta com a nova transmissão de 4 velocidades com seletor elétrico de troca de marchas, que garante mais conforto e agilidade operacional. A colheitadeira também tem um novo pacote hidráulico que resulta em maior gradabilidade”, afirma Eduardo Junior, gerente de Marketing de Produto da Case IH.

Disponível nos modelos 4150, 5150, 6150 e 7150, atende às demandas do campo e algumas dessas melhorias são oriundas de tecnologias disponíveis nos modelos de colheitadeiras maiores da Case IH. Essa nova linha de máquinas é indicada para todo perfil de produtores, que dia-a-dia busca aumentar o profissionalismo em seus negócios. 

Com mais conforto e simplicidade, a nova cabine melhora a interface entre operador e máquina com a nova disposição dos comandos no novo console e manche joystick – controle que facilita toda a operação da máquina. Já a nova ponteira pivotante do tubo elimina perdas de grãos durante o processo de descarga com melhor direcionamento dos grãos, mais segurança e maior agilidade.

A qualidade da colheita e dos grãos está em nosso DNA da Case IH. Por isso, a marca manteve itens fundamentais para esta entrega, entre eles: o consagrado sistema de debulha e separação com os rotores AFS e Small Tube; o exclusivo cone de transição, que faz a transferência dos grãos de forma suave, sem necessidade de uso do batedor e sem demanda adicional de potência. A montadora inovou com o novo ventilador Cross-Flow que reduz perdas de grãos nas diversas situações de colheita, devido ao novo sistema de ajuste automático da velocidade do ventilador e podendo variar em até 35%. 

"Essas novidades geram mais agilidade, controle e qualidade na operação, menos perdas de grãos no inclinado com ajuste automático. Além disso, a máquina recebeu melhorias no sistema de gerenciamento da palhada, que são responsáveis por uma maior amplitude e uniformidade na distribuição do palhiço com mais potência, assegurando, assim, maior performance no plantio”, comenta Eduardo Junior. 

Proteção aos raios UV e resistência a riscos 

As novas colheitadeiras também ganharam uma identidade visual única. Mais do que isso, agora as máquinas estão revestidas com a mais alta tecnologia de pintura 4W, que garante o dobro de resistência às ações do ambiente externo, minimizando impactos de riscos e marcas de abrasão, proporcionando duas vezes mais proteção e durabilidade da cor e brilho. 

Disponibilidade e robustez

A Série 150 ganha mais força com menos custos de propriedade. O eixo traseiro com tração auxiliar, popularmente conhecido como 4x4, junto com o novo pacote hidrostático permitem melhor performance em condições severas de terreno. 

A colheitadeira também apresenta menos componentes, fato que reduz o número de intervenções na máquina, aumentando a eficiência mecânica com menos consumo. “De uma forma simples e eficaz, utilizamos algumas das tecnologias já disponíveis nos nossos modelos de colheitadeiras de grande porte, que somando todos esses fatores aumentam a robustez e a disponibilidade máquina, fazendo com ela fique mais horas disponível para o trabalho no campo, mesmo nas condições mais adversas de solo e clima”, finaliza Eduardo Junior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana