terça-feira, 8 de setembro de 2020

Alpha Serviços: Manutenção aumenta a vida útil da bateria de caminhões




É preciso fazer revisões periódicas para checar o sistema elétrico

Hoje os caminhoneiros contam com aparelhos de som que ajudam a tornar as longas viagens menos solitárias e os sistemas de GPS que auxiliam para evitar erros no trajeto. Como consomem energia da bateria, se instalada de forma incorreta pode ser que ela fique sobrecarregada.

As atitudes de cada motorista influenciam diretamente na vida útil da bateria. “Por isso cuidados simples devem fazer parte da rotina dos caminhoneiros”, destaca Adelmo Leite, coordenador de Assistência Técnica da Clarios.

Confira a seguir seis dicas que ajudarão os caminhoneiros a manter os seus veículos com tudo funcionando corretamente. 

Realizar revisões regulares 

Fazer uma checagem periódica dos sistemas elétrico e mecânico é o primeiro passo para evitar sobrecargas na bateria. É indicado procurar um especialista que possa verificar se tudo está funcionando corretamente e se existem fugas de corrente elétrica, ou seja, se não há nenhum componente que está sugando energia mesmo quando desligado. Uma revisão elétrica deve envolver a análise do alternador quanto à tensão e corrente e todos os consumidores de energia do veículo. Isso irá garantir que a bateria não seja drenada, garantindo a vida útil da mesma. 

Dar partida com todos os componentes desligados

Caso esteja com o aparelho de som ligado e luzes acesas antes de dar a partida, a bateria poderá ter uma demanda muito grande e apresentar falhas. Portanto, é necessário desligar tudo antes de girar a chave para acionar o motor, pois é um momento que exige bastante da bateria. Assim, ela conseguirá oferecer a energia correta para dar partida. 

Não utilizar equipamentos eletrônicos com o motor desligado 

Se o motor está desligado, o alternador não exerce sua função de enviar energia para o funcionamento dos equipamentos do caminhão. Por isso, toda essa demanda elétrica recairá sobre a bateria, provocando uma descarga profunda e reduzindo a sua vida útil. 

Evitar desligar o motor em congestionamentos

Durante o trajeto, o caminhoneiro poderá encontrar congestionamentos e a vontade de ligar e desligar o motor a cada parada poderá ser grande. Porém, isso exigirá muito mais da bateria, pois cada vez que o motorista gira a chave haverá uma demanda grande de energia para acionar o motor. Se isso for feito diversas vezes durante o trajeto, a bateria poderá apresentar falhas. 

Instalar somente equipamentos originais

Hoje o mercado oferece diversos equipamentos eletrônicos para equipar a cabine. Para evitar problemas, é preciso instalar somente equipamentos que sejam originais das montadoras ou que possuam o selo de certificação do Inmetro. Conte com a ajuda de um especialista elétrico para fazer a adequação do sistema, para que a demanda dos equipamentos não interfira no bom funcionamento da bateria. 

Se ficar parado por muito tempo, desconectar a bateria 

Existem equipamentos que estão sempre exigindo energia da bateria, mesmo com o caminhão desligado, como o sistema de alarme, por exemplo. Portanto, se tiver um período em que o veículo ficará sem uso, é indicado desconectar o polo negativo da bateria, para que ela consiga funcionar corretamente no momento que o motor for acionado novamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana