sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Alpha Notícias: Volkswagen leva a picape Amarok de 0 a 100 km/h em apenas 7,4 segundos




Marca apresentou as versões Highline por R$243.290,00 e Extreme por R$256.390,00 com motor 3.0 V6 TDI

A Volkswagen apresentou as versões Highline e Extreme da Amarok equipada com motor 3.0 V6 TDI com 258 cavalos, que leva a picape de 0 a 100 km/h em apenas 7,4 segundos e velocidade máxima de 190 km/h - limitada eletronicamente.


Para conseguir extrair potência extra, a Volkswagen realizou um trabalho sobre o motor 3.0 V6 TDI (turbodiesel), que já equipava a picape. Com uma nova calibração da ECU (central eletrônica), o propulsor passou dos 225 cavalos para 258 cavalos - um ganho significativo de 33 cavalos entregues entre 3.250 rpm e 4.000 rpm.


Juntamente com este ganho de potência, o torque foi elevado de 56,1 kgfm (550 Nm) para 59,1 kfgm (580 Nm), o que representa um incremento de 5%.

Outra importante novidade em termos de performance é a função ‘Overboost’, que permite, durante dez segundos, que o motorista tenha um incremento de 14 cavalos, elevando a potência total da Amarok para 272 cavalos. 

Esta função está disponível quando a picape roda entre 50 km/h e 120 km/h. Este recurso é ideal para uma ultrapassagem em subida com a caçamba lotada, por exemplo. Depois de utilizada, a função ‘Overboost’ volta a estar disponível após apenas cinco segundos de intervalo. 

Atrelado a este motor continua a transmissão automática de oito marchas, que também passou por uma recalibração, para adequação aos novos padrões de potência e torque. Este câmbio permite ainda trocas manuais pela alavanca ou pela aletas Shift Paddles atrás do volante. 

Assim como a transmissão automática, a tração integral 4MOTION foi mantida, garantindo capacidade e segurança máxima, especialmente em situações fora de estrada, como em pisos de terra, cascalho ou muito acidentados. 


Outros recursos eletrônicos de série na picape Volkswagen são o Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida), HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida), BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), ASR (Controle de Tração), EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial), freios ABS off-road, RBS (sistema de frenagem na chuva), freios com discos ventilados nas rodas traseiras, airbags frontais e laterais para motorista e passageiro, e Post Collision Brake (sistema que para o veículo após uma batida frontal). 

Na configuração topo de linha Extreme a Amarok oferece ar-condicionado digital Climatronic de duas zonas, bancos dianteiros (motorista e passageiros) com ajustes elétricos, câmera de ré, chave e chave reserva tipo canivete com comando remoto, função Coming & Leaving Home, Piloto Automático (controle automático de velocidade), display multifuncional com computador de bordo ‘Premium Color’, faróis bixênon com luz de condução diurna (DRL) em LED e regulagem de altura, faróis de neblina com luz de conversão estática, indicação de pressão dos pneus, retrovisor interno eletrocrômico, retrovisores externos elétricos, aquecíveis e rebatíveis eletricamente, sensores de chuva e crepuscular, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, travas e vidros (nas quatro portas) elétricos, sistema de alarme com comando remoto ‘keyless’, volante com regulagens de altura e profundidade, e bancos, volante multifuncional, alavancas de câmbio e estacionamento revestidos parcialmente em couro. 

Em termos de conectividade, as configurações Highline e Extreme trazem de série a intuitiva central de infotainment Discover Media com App-Connect, CD-player/MP3, conexão Bluetooth, entradas USB, SD-card (2) e aux-in , sistema de navegação nativo e tecnologia de espelhamento de smartphone via Apple CarPlay e Android Autro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana