quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Alpha Serviços: Saiba a importância de manter a troca do óleo de motor em dia




Manutenção evita o contato direto entre duas superfícies metálicas, além de refrigerar o motor

Dizem que o motor é o coração de um veículo e, assim sendo, o óleo de motor pode ser considerado o sangue do motor, pois é um dos principais componentes que garante o funcionamento de forma eficiente e segura. 

Na prática, o óleo do motor faz mais do que diminuir o atrito e o desgaste das peças. Além de evitar o contato direto entre duas superfícies metálicas, ele refrigera o motor evitando o superaquecimento. 

O que poucos imaginam é que o lubrificante também faz a limpeza de impurezas resultantes do funcionamento do motor, evitando a corrosão e executa a função de vedação para impedir a passagem de gases da combustão para o cárter. Por isso, os lubrificantes escurecem, principalmente os que trabalharam com gasolina ou diesel, pois estão executando a função de manter tudo limpo e funcionando conforme o planejado. 

Óleo com prazo vencido é perigoso

Manter a troca do óleo de motor em dia e utilizar o lubrificante correto são dois pontos tão básicos quanto fundamentais para o bom funcionamento do motor do veículo. Contudo, há quem negligencie essa prática sem saber o alto preço a pagar por este descuido. 

Rodar com óleo de motor vencido pode trazer grandes prejuízos que além de elevar a temperatura de trabalho e prejudicar a performance do veículo, aumenta o consumo de combustível. Insistir nesse tipo de descuido encurta a vida útil dos componentes do motor. Em muitas situações, acarreta em falhas pelo entupimento nos canais de lubrificação, similar a um “infarto”, e, em casos drásticos, o motor pode fundir. 

Fique atento aos períodos de troca do óleo de motor

O motorista não deve esperar o carro dar sinais dos problemas, por exemplo acender a luz de óleo no painel, aumentar o consumo de combustível, ruídos de peças metálicas e aumento de temperatura para realizar a troca. Antes que o lubrificante perca suas propriedades fique atento quanto ao período de troca – indicado pelo manual do proprietário – pois este é um cuidado básico e simples, mas essencial. 

Também é preciso seguir sempre a recomendação do manual do fabricante em relação à escolha de qual óleo de motor usar no carro. Existem os lubrificantes sintéticos, semissintéticos e os minerais, com variações de viscosidade. Os de origem sintética são desenvolvidos para resistir mais à oxidação, para oferecer maior durabilidade e proteção ao motor. Por outro lado, os minerais são mais suscetíveis à oxidação e, por este motivo, não são mais recomendados pelos fabricantes para veículos novos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana