quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Alpha Notícias: Mercedes-Benz atinge marco histórico de produção do Classe G




Modelo chegou ao número de 400 mil unidades produzidas desde 1979

O Classe G é produzido desde 1979 e é o maior representante do universo off-road da Mercedes-Benz e, neste mês, atingiu a marca de 400 mil unidades produzidas. Comercializado no Brasil desde 1990, mais de 200 unidades circulam pelas estradas brasileiras e atualmente é oferecido na versão única Mercedes-AMG G 63 por encomenda com preço público sugerido de R$1.543.900,00


“Estamos muito orgulhosos de termos produzido 400 mil desses veículos off-road. Gostaríamos de agradecer nossos clientes e fãs leais, além de nossos funcionários. No momento, a demanda excede muito a capacidade de produção disponível”, enfatiza o Dr. Emmerich Schiller, responsável pela divisão de veículos off-road e CEO da Mercedes-Benz G GmbH em Graz, na Áustria.


Dentro ou fora da estrada e independente das condições de operação, o veículo off-road impressiona com seu desempenho, sistemas de assistência de ponta, manuseio excepcional e segurança. Ao mesmo tempo, o sistema de suspensão, os programas de direção DYNAMIC SELECT, o “G-Mode” e os três bloqueios de diferencial 100% mecânicos aumentam não apenas o conforto de direção, mas também a agilidade em qualquer superfície.


A história da Classe G

O Classe G é o modelo top de linha entre os veículos off-road premium. Não é apenas a série de modelos de automóveis em produção mais longeva da história da Mercedes-Benz, mas também o antepassado de todos os SUVs com a estrela de três pontas - é por isso que todos os modelos off-road da marca possuem a letra “G” em seu nome.

Desde 1979, data de seu lançamento ao mercado, os modelos da Classe G não se limitam a acompanhar o progresso técnico, eles estão em evolução continua.

Concebido originalmente como um veículo para o uso militar (ainda hoje comercializado e em serviço em vários países como Alemanha, Canadá e Austrália), o modelo criou uma verdadeira legião de fãs no mundo e que estão também em constante expansão, enfatizando ainda mais seu caráter como veículo exclusivo para qualquer ocasião.


Um grande exemplo, são os modelos da Classe G usados como “Papa Móvel”. O primeiro desses automóveis foi o veículo off-road Mercedes-Benz 230 G, com acabamento em madrepérola e construção em vidro especial, que acompanhou o Papa João Paulo II em todos os tipos de viagens a partir de 1980.

Outro grande exemplo de sua longevidade e capacidade de adaptação é um feito que entrou para o Guinness Book: a bordo do “OTTO”, apelido carinhoso para o modelo 300 GD, o casal Gunther e Christine Holtorf, ao longo de quase 26 anos (1989 a 2014) viajaram por todos os continentes, visitando 215 países e percorrendo mais de 900 mil quilômetros, sendo cerca de um terço das rotas em condições fora de estrada. Hoje, “OTTO” faz parte do acervo do museu da marca em Stuttgart.

Suas caraterísticas únicas de design “Two Box” e altíssima capacidade off-road passaram por pequenas modificações ao longo desses mais de 40 anos, sendo que as maiores atualizações técnicas foram introduzidas apenas em 2018, elevando ainda mais sua lista de predicados, mas sem abrir mão de seu design icônico e estilo único.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana