terça-feira, 5 de janeiro de 2021

Alpha Notícias: Chevrolet lidera vendas da indústria automotiva em 2020




Marca teve participação de mercado de 17,4% com 338,6 mil unidades comercializadas

A Chevrolet liderou as vendas da indústria automotiva no segmento de automóveis e comerciais leves ao longo de 2020. Com uma participação de mercado de 17,4% e 338,6 mil unidades vendidas, este foi o quinto ano consecutivo de liderança da marca no Brasil. 


"Num ano em que a sustentabilidade do negócio foi o grande desafio, também pela forte desvalorização do real frente ao dólar que está impactando no aumento generalizado dos preços dos carros, a liderança da Chevrolet é consequência de uma estratégia vencedora. Intensificamos o foco no varejo, onde a marca ampliou sua liderança para quase 6 pp em relação ao concorrente mais próximo", destaca Carlos Zarlenga, presidente da GM América do Sul.

O portifólio Chevrolet renovado e a expansão de tecnologias inovadoras de segurança, eficiência energética e conectividade, tudo alinhado com os novos anseios do consumidor, foram fundamentais para essa conquista, assim como uma rede de concessionárias forte e digitalizada. 

O Chevrolet Onix foi mais uma vez o carro preferido do consumidor brasileiro, terminando 2020 com 135,3 mil unidades emplacadas. Este é o sexto ano consecutivo de liderança, mas o primeiro cheio desde a chegada da nova geração do hatch, lançada no fim do ano retrasado. Vale destacar que o modelo ganhou recentemente novidades, como a inédita versão RS, de design esportivo. 

A Chevrolet liderou também entre os sedãs, com o Onix Plus. No ano, foram 83,4 mil unidades emplacadas, fazendo dele o modelo com maior crescimento em volume de vendas em relação a 2019. O Onix Plus também se destacou no ranking geral, terminando 2020 como o terceiro na classificação - é a primeira vez que as versões hatch e sedã de um mesmo modelo de passeio ocupam o pódio de emplacamentos. 

Outro produto de sucesso da marca foi o Tracker, cuja nova geração começou a ser comercializada nacionalmente a partir de março. Com 49,3 mil unidades emplacadas no ano, o modelo foi o SUV com maior crescimento em volume de vendas, fato relevante principalmente se considerarmos que o segmento é hoje o mais competitivo da indústria. Aliás, o Tracker bateu em dezembro seu recorde histórico de vendas ao alcançar a marca de 6,7 mil unidades negociadas. 

Apresentada no início do segundo semestre com atualizações visuais, mecânicas e tecnológicas para acompanhar a evolução do pujante setor do agronegócio, a S10 somou 26,6 mil unidades emplacadas no ano. Desde a chegada do novo modelo, ofertado com o sistema Wi-Fi nativo, a picape da Chevrolet vem apresentando um forte crescimento justamente quando celebra seus 25 anos de trajetória no mercado brasileiro e o marco de 1 milhão de unidades produzidas no país. 

O ano vai ficar marcado para a Chevrolet também pelo ingresso da marca no segmento dos veículos elétricos, com o Bolt EV, que começou a ser entregue aos clientes em fevereiro de 2020. Mais de 100 unidades do modelo já foram emplacadas no país e, devido a boa aceitação, um novo lote foi importado dos Estados Unidos com previsão para ser consumido ao longo deste ano. O Bolt EV se diferencia pelo conjunto formado pelo design inteligente, elevada autonomia das baterias e performance do motor de zero emissão. 

Apesar dos desafios, 2020 também foi de conquistas para outros produtos do portfólio. Enquanto o Spin ganhou controle eletrônico de estabilidade de série, os SUVs Equinox e Trailblazer registraram recordes mensais de vendas no decorrer do ano. Já o Camaro, além de atualizações visuais, entrou para o time dos carros conectados com a adoção do Wi-Fi nativo e do sistema OnStar, que completou cinco anos de existência no país com mais 215 mil veículos ativos - 80% de crescimento em comparação ao ano anterior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens da semana